A exibição do player de áudio desta página depende de javascript. Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

banner-960x120

Início do conteúdo da página

Geral

Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 25 de Maio de 2018, 17h57
  • Última atualização 25/05/18
  • 17h58

Dicas para curtir a Copa do Mundo de forma saudável

copa2018 1O brasileiro sabe aproveitar muito bem as épocas festivas. E claro que não seria diferente na copa do mundo de futebol, com a expectativa do hexa. O negócio é que durante os jogos, os espectadores tendem a exagerar em pontos que vão além dos gritos de comemoração ou desaprovação. Por vezes, esse excesso tem consequências ruins na saúde do torcedor e pode até impedi-lo de acompanhar o restante do campeonato. Por isso, é preciso ter planejamento e estratégias para driblar possíveis incômodos.

Em São Paulo, a família da personal trainer Daiane Ruivo, de 26 anos, já começou os preparativos, que vão de enfeites a cuidados com o corpo. “Já fomos comprar decoração, começamos a pintar a rua e, claro, pegamos a tabela da Copa para saber quais são os dias e os horários, para a gente organizar certinho. (Em dia de jogo) Quando o pessoal vem assistir aqui em casa, eu tenho todo cuidado (com a saúde). Não ofereço bebida alcoólica. Ofereço alimentos mais leves. Uma pipoca, faço suco...Essas coisas assim. Mas quando os jogos são em outras casas, eu não posso administrar isso pelas pessoas, né? Então aí é onde começa a ter bebida e essas coisas. Só que aí é onde vem a consciência, né? Não é porque tem jogo que vamos exagerar. No outro dia todo mundo trabalha”, compartilha.

Comentário (0) Hits: 85
Entenda o SUS
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 24 de Maio de 2018, 19h44
  • Última atualização 24/05/18
  • 19h46

Transplantado destaca importância da doação de órgãos

 Alexandre Barroso, três vezes transplantado, viaja o Brasil com o projeto Jornada Asas do Bem, levando sua história de superação graças aos órgãos que recebeu.

asas do bem doação de órgãosJá teve a oportunidade de conhecer alguém que teve a vida salva graças a um órgão doado? E que tenha vivido isso por três vezes? Isso mesmo, três transplantes! Parece ficção ou campanha de doação, mas não é. Essa é a história de vida do publicitário Alexandre Barroso, 56 anos, que já recebeu dois fígados e um rim, órgãos que hoje o mantém vivo e possibilitam que ele, voluntariamente, trabalhe a importância de as famílias se “humanizarem” para dizerem sim à doação de órgãos e tecidos.

Alexandre Barroso cansou de sentir dores e foi investigar o que havia de errado. Em 2008, descobriu que tinha de Hepatite C e que a doença havia prejudicado vários de seus órgãos, especialmente o fígado, causando, inclusive, três nódulos de câncer. Dois anos depois, em 2010, ele passou pelo primeiro transplante. Frequentou hospitais da rede particular, porém, sempre usando o Sistema Nacional de Transplantes, criado e operado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Comentário (0) Hits: 3263
Entenda o SUS
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 23 de Maio de 2018, 18h48
  • Última atualização 23/05/18
  • 19h00

Brasil leva experiência em comunicação sobre o zika em fórum nos EUA

Assessora de Imprensa do Ministério da Saúde participou do Programa Missão Mosquito, que estabeleceu uma rede internacional de profissionais para tratar sobre doenças transmitidas por vetores

missão mosquito amandaA convite do governo dos Estados Unidos, representei a Assessoria de Imprensa do Ministério da Saúde no Programa Missão Mosquito, que teve como objetivo o compartilhamento de informações e experiências sobre o zika e outras doenças transmitidas por vetores. Focado na área de comunicação, o programa construiu uma rede internacional de profissionais especializados em saúde pública para debater os esforços inovadores de controle de vetores.

Foram selecionados 19 profissionais de diferentes países da Ásia, África e América que também registraram casos da doença ou estão sob risco de zika. Durante duas semanas, viajei para várias cidades dos Estados Unidos, incluindo Atlanta, na Geórgia; Fort Colins, no Colorado; Dania Beach, South Miami e Hollywood, na Flórida; e Washington, D.C. Conheci pesquisadores, cientistas, médicos e comunicadores dos Estados Unidos com larga experiência no controle de doenças transmitidas por mosquitos.

Comentário (0) Hits: 805
Registrado em:
Assunto(s): Zika , aedes , mosquito

Facebook lança ferramenta para incentivar doação de sangue no Brasil

 Nova ferramenta da rede social vai permitir que bancos de sangue acionem pessoas cadastradas para ajudar a reforçar estoque de sangue Doadores de sangue de todo o país poderão...

Tags: Facebook , ferramenta , doação de sangue , Ministério da Saúde , solidariedade , sangue , banco de sangue
  • publicado
  • 23/05/18
  • 14h00
Comentário (0) Hits: 5568

UFSC/Una-SUS lança curso sobre acolhimento de mulheres vítimas de violência

  Principal objetivo é trazer um olhar cauteloso e instrumentalizar os profissionais de saúde para que possam oferecer o devido acolhimento às vítimas. Em pesquisa realizada pelo...

Tags: UNA-SUS; UnaSUS , Capacitação , saúde da mulherviolência contra mulher
  • publicado
  • 22/05/18
  • 19h44
Comentário (0) Hits: 1204

Ministério da Saúde está no Linkedin

Presente nas principais redes sociais do mundo, o Ministério da Saúde anuncia oficialmente sua presença no Linkedin! A partir de hoje, você poderá conferir as principais...

  • publicado
  • 21/05/18
  • 18h53
Comentário (0) Hits: 203

Facebook

Twitter

Instagram

TV Saúde

Web Rádio Saúde

TUBERCULOSE: Ministério da Saúde lança Plano Nacional para enfrentar a doença 

Flickr Saúde

Fim do conteúdo da página