Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral

Matérias Especiais
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 18 de Março de 2019, 18h37
  • Última atualização 18/03/19
  • 18h44

Mês das mulheres: conheça profissionais que colaboram com a saúde do Brasil

 

Ação Dia da Mulher 2019Com as mais diversas trajetórias, seis mulheres contam sobre as dificuldades e as gratificações de atuar na saúde pública do país.
No mês em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher, conhecemos as histórias de seis trabalhadoras do Sistema Único de Saúde (SUS). Elas têm diferentes sotaques e trajetórias, conhecem bem as dificuldades de promover a saúde pública e compartilham do mesmo desejo de prestar a melhor assistência e se alegrar com cada paciente que ajudam.
Com comprometimento, dedicação e responsabilidade, elas sabem que podem fazer a diferença no sistema de saúde brasileiro, seja atuando na formação de outros profissionais, na parte administrativa ou no atendimento direto ao público. Conheça!

Registrado em:
Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 18 de Março de 2019, 17h53
  • Última atualização 18/03/19
  • 18h00

SAÚDE CRÔNICA: Descansar faz parte de viver bem

descanso 292307-P6RFAX-266Certa vez, o filósofo Heráclito falou que “nenhum homem pode banhar-se no mesmo rio por duas vezes, porque nem o homem, nem a água do rio serão os mesmos”. E assim também é a nossa vida. Colocamo-nos em uma eterna jornada pelas estradas à nossa frente, sempre provando um pouco da força de diferentes águas, medindo nossa resistência aos acontecimentos da vida.

Em diversas reportagens e algumas crônicas, eu abordei temas sobre os cuidados com a saúde mental e o reflexo que isso traz para o todo o nosso corpo, então vou considerar que passamos dessa parte, pois é bastante sabido que muitos hábitos saudáveis colaboram com essa melhoria na qualidade de vida, como fazer exercícios regularmente ou comer de forma equilibrada.

Comentário (0) Hits: 36
Registrado em:
Cursos e Eventos
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 18 de Março de 2019, 10h39
  • Última atualização 18/03/19
  • 10h47

Abertas inscrições para curso sobre antimicrobianos

Estão sendo oferecidas 100 vagas gratuitas para profissionais de saúde que trabalham em hospitais públicos, privados e militares de todo o país.

curso anvisaEstão abertas, a partir desta quinta-feira (14/3), as inscrições para o curso “Stewardship em hospitais: melhorando o gerenciamento dos antimicrobianos por meio da educação e da implementação de intervenções eficazes”. A capacitação será realizada na sede da Anvisa, em Brasília, nos dias 10 e 11 de junho.

Ao todo, estão sendo ofertadas 100 vagas gratuitas destinadas a profissionais de saúde – farmacêuticos, infectologistas, microbiologistas ou enfermeiros – de hospitais públicos, privados e militares de todo o país. Estes profissionais devem fazer parte do time operacional ou estar envolvidos na elaboração e na implementação do programa de gerenciamento de uso de antimicrobianos.

Comentário (0) Hits: 254
Registrado em:
Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 15 de Março de 2019, 18h54
  • Última atualização 15/03/19
  • 18h56

A importância da vacina dTpa para a mãe e o bebê

A dTpa protege contra difteria, tétano e coqueluche e está disponível no SUS para gestantes a partir da 20ª semana de gestação

VacinacaoUma única vacina é capaz de proteger mãe e bebê contra três doenças graves. Esta é a dTpa, ou tríplice bacteriana acelular do tipo adulto, que imuniza contra difteria, tétano e coqueluche.

A dTpa é uma das vacinas previstas no Calendário de Vacinação das Gestantes e deve ser aplicada nas futuras mães a partir da 20ª semana de gestação, com uma dose somente. A vacina acelular é segura para a grávida e o bebê.

Comentário (0) Hits: 423
Registrado em:
Cursos e Eventos
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 15 de Março de 2019, 11h05
  • Última atualização 15/03/19
  • 11h06

Nova oferta do curso de malária já está no ar

O objetivo é contribuir para a diminuição da morbimortalidade em áreas endêmicas e não endêmicas por meio do diagnóstico oportuno e tratamento adequado.

malariaCom 193.708 casos registrados em 2018, a malária ainda é um grande desafio enfrentado pela saúde brasileira. E, com o aparecimento de casos em áreas não endêmicas, tal quadro se complica ainda mais.

Diante desse cenário, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), instituição integrante do Sistema Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS), lança a terceira oferta do curso Malária na Atenção Básica à Saúde.

O curso é livre, gratuito, autoinstrucional e tem início imediato. As matrículas podem ser realizadas até 20 de novembro de 2019.

Comentário (0) Hits: 510
Registrado em:
Cursos e Eventos
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 14 de Março de 2019, 11h36
  • Última atualização 14/03/19
  • 16h10

UNA-SUS abre curso Saúde das Populações do Campo, da Floresta e das Águas

O objetivo é qualificar profissionais de saúde que atuam destas áreas, melhorando o cuidado à saúde nessas populações.

campos florestasEstão abertas, até o dia 31 de julho, as matrículas para a nova oferta do curso online Atenção Integral à Saúde das Populações do Campo, da Floresta e das Águas, oferecido pela Fiocruz Mato Grosso do Sul, por meio da UNA-SUS.

O início é imediato e, como em todas as ofertas da UNA-SUS, o curso é totalmente gratuito, com direito à certificação.

A capacitação tem por objetivo adequar as competências dos profissionais de saúde que atuam nessas áreas, qualificando o cuidado à saúde dessas populações. O curso foi validado pela Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, por meio do Departamento de Apoio à Gestão Participativa e ao Controle Social (SGEP/DAGEP) e pela Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), ambas do Ministério da Saúde.

Comentário (0) Hits: 378
Registrado em:
Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 14 de Março de 2019, 11h26
  • Última atualização 14/03/19
  • 15h57

Saiba como se prevenir da gripe

Gripe Arman Zhenikeyev CorbisA Organização Mundial da Saúde (OMS) considera a gripe um dos grandes desafios da saúde, que afeta todos os países. Por isso, todas as medidas de prevenção e controle devem ser adotadas, sendo a vacinação, a maneira mais eficaz de prevenir a doença, aliada à estratégia de tratamento com antiviral e a adoção de etiqueta respiratória e hábitos saudáveis. 

Mas o que é etiqueta respiratória? São medidas simples que podem minimizar a transmissão de doenças infecciosas, como a frequente lavagem das mãos com água e sabão. A etiqueta respiratória ajuda a evitar que você transmita a doença para outra pessoa ou que você seja infectado.

Comentário (0) Hits: 1119
Registrado em:
Assunto(s): gripe , resfriado , prevenção
Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 13 de Março de 2019, 15h44
  • Última atualização 13/03/19
  • 15h45

Pausa para Saúde – Sífilis

 

sifilis GettyImagesSeis séculos! Isso mesmo. De acordo com registros históricos, desde o século XV a Sífilis circula no mundo. E segundo a Organização Mundial de Saúde, a doença atinge mais de 12 milhões de pessoas no planeta.

Em 2016, a Sífilis foi declarada epidemia no Brasil e conforme aponta o Ministério da Saúde, a maior parte dos casos notificados de Sífilis adquirida – aquela transmitida por meio do contato sexual ou do contato com sangue infectado – ocorreu entre jovens de 20 a 29 anos.

Comentário (0) Hits: 266
Registrado em:

Saiba como cuidar dos rins e ficar longe de doenças renais

Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, 850 milhões de pessoas têm doença renal em todo o mundo. “Saúde dos Rins para Todos” é o tema do Dia Mundial do Rim 2019. Mas, você...

  • publicado
  • 13/03/19
  • 10h59
Comentário (0) Hits: 1529

Curso a distância de detecção precoce do câncer

 Médicos, enfermeiros e dentistas podem se inscrever. Compreender as estratégias de detecção precoce do câncer e sua aplicação na Rede de Atenção à Saúde (RAS). Esse é o...

  • publicado
  • 13/03/19
  • 10h53
Comentário (0) Hits: 404

UNA-SUS/UFMG lança segunda oferta do curso Para Elas

Com carga horária de 60h, a qualificação tem como objetivo preparar os profissionais da atenção básica para o cuidado da mulher em situação de violência. Segundo estudo divulgado...

  • publicado
  • 12/03/19
  • 11h05
Comentário (0) Hits: 1248

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página