Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Combate ao Aedes > Pastoral da Saúde no combate ao Aedes
Início do conteúdo da página
Combate ao Aedes
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 22 de Janeiro de 2016, 12h22
  • Última atualização: 26/01/16 12h32

Pastoral da Saúde no combate ao Aedes

mutirao pastoralPara combater o mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, zika e chikungunya, é necessário a colaboração de todos. Cada setor da sociedade tem um papel importante nesta luta. Para mobilizar a população, a organização de voluntariado ligada a Igreja Católica, aderiu à causa e tem mobilizado grupos em todo o país.

Os voluntários atuam em diversas frentes, uma delas são os mutirões. Os grupos visitam comunidades carentes, explicam aos moradores como evitar a reprodução do mosquito, sobre os riscos das doenças e ajudam a recolher lixo e os possíveis criatórios. Vandson Holanda, coordenador da Pastoral da Saúde Regional Nordeste 2 — que abrange os estados Alagoas, Pernambuco, Rio Grande no Norte e Paraíba — explica como os grupos se organizam: “Buscamos, em parceria com as Prefeituras e Secretarias de Saúde, as regiões mais necessitadas. Organizamos um grupo e fornecemos o material como placas de sinalização e luvas. Estamos elaborando também um manual de mutirão voluntário para instruir a comunidade que também quer ser mobilizar, principalmente as de cidades do interior”.

O grupo ainda incentiva a criação de uma horta ou jardim comunitário nos locais de acúmulo de lixo. A proposta é implantar ideias inovadoras para transformar os criadouros em equipamentos úteis para a sociedade.

AuCRE 7NmcnGNJTgRyeA82Set5GoksugoOIIGGbuReYo

Além das ações de campo, a organização também lançou Prêmio Pastoral da Saúde 2016 – edição especial de combate ao mosquito – que vai reconhecer as melhores ações comunitárias mobilizadoras de combate ao Aedes aegypti. Podem se inscrever organizações comunitárias de qualquer natureza com condições de mobilizar atores sociais do bairro ou município (igrejas, ONGs, escolas, unidades de saúde, etc) localizadas nos estados de atuação da regional Nordeste 2 (AL, PE, PB e RN). A premiação, que conta com o apoio do Banco do Brasil, irá distribuir R$2 mil para os três primeiros colocados. As inscrições podem ser feitas até 29 de fevereiro de 2016 pelo email contato@pastoraldasaudene2.org.br. 

Fonte: Gabriela Rocha/ Blog da Saúde

 

Fim do conteúdo da página