A exibição do player de áudio desta página depende de javascript. Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral
  • não publicado
  • Publicado: Segunda, 10 de Novembro de 2014, 12h20
  • Última atualização: 10/11/14 12h20

SUS já ofereceu mais de 600 mil aparelhos auditivos nos últimos três anos

Nesta segunda-feira, 10 de novembro, data marcada pelo Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez, o Ministério da Saúde comemora avanços na Política de Atenção à Saúde Auditiva. De janeiro de 2012 a abril de 2014, o SUS ofertou mais de 600 mil aparelhos auditivos individuais. Além disso, o Teste da Orelhinha já tem 33% de cobertura. A coordenadora geral da Saúde da Pessoa com Deficiência do Ministério da Saúde, Vera Mendes, destaca os avanços na Triagem Neonatal Auditiva. "Estamos dobrando a cobertura a cada ano, o Ministério também tem feito junto com estados e municípios um esforço importante de transferência de recurso para que as maternidades possam adquirir esses equipamentos essenciais para se fazer a testagem. A gente já tem toda uma projeção, provavelmente, final de 2016, início de 2017, estejamos com maternidades equipadas, fluxos estabelecidos de cuidados e a gente ter uma cobertura de 100%." 

Outro destaque da Política de Atenção à Saúde Auditiva é o Sistema FM, incorporado ao SUS em 2013. Esse sistema já beneficiou cerca de seis mil e setecentas pessoas e funciona como um microfone remoto, sem fio, composto de duas partes: um transmissor, utilizado pela fonte sonora e o receptor, utilizado pela pessoa com deficiência auditiva, permitindo que ela entenda o que está sendo dito sem perder os sons do ambiente. Essa tecnologia está ajudando alunos e professores em sala de aula, conforme explica a coordenadora geral da Saúde da Pessoa com Deficiência do Ministério da Saúde, Vera Mendes."O Sistema de Frequência Modulada é um equipamento que acoplado ao aparelho auditivo qualifica melhor a informação do conteúdo escolar que tem que ser mais refinado e etc.. Portanto, a gente equipara , a mesma condição de igualdade das crianças que estão nas nossas escolas aprenderem o seu conteúdo que aquelas que não são deficientes auditivas."

Fonte: Ana Cláudia Amorim/ Agência Saúde

Registrado em:
Adicionar Comentário

Facebook

Twitter

Instagram

TV Saúde

Web Rádio Saúde

TUBERCULOSE: Ministério da Saúde lança Plano Nacional para enfrentar a doença 

Flickr Saúde

Central de Arquivos

Novembro 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3
Fim do conteúdo da página