Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 07 de Janeiro de 2015, 16h39
  • Última atualização: 07/01/15 16h39

Crianças e adolescentes em fase de crescimento precisam fazer pequenas refeições diárias

Crédito: Dejan DundjerskiCrianças e adolescentes em fase de crescimento precisam fazer pequenas refeições ao longo do dia, além do café da manhã, almoço e jantar, que são as refeições principais. De acordo com o Novo Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, durante a fase de crescimento o corpo precisa de mais nutrientes para se desenvolver bem. O coordenador geral de nutrição e alimentação do Ministério da Saúde, Eduardo Fernandes, explica porque é importante que a criança e o adolescente lanche entre o café da manhã e o almoço, entre o almoço e o jantar e mesmo antes de dormir."No caso quando se está falando sobre as crianças em fase de crescimento é porque naturalmente aumenta a necessidade energética, dos nutrientes, e por isso precisa ter a dieta. Ai volta a discussão do guia alimentar tendo a composição certa, mas tendo a diversidade alimentar que supra as vitaminas, os minerais".

A aposentada de 69 anos, Maria Correntina Pereira, tem dois netos: um de 8 anos e outro de 11. Ela conta que os meninos gostam muito de verduras e frutas e sempre lancham na hora correta durante os intervalos das refeições principais do dia. "Já os meus aqui tomam café cedo, come verdura, come fruta, banana, maçã, são apaixonados por queijo, se alimenta bem. Durante o dia eles lancham de duas em duas e eles comem a quantidade certinha. É importante que eles se alimentem bem e saudável".

O coordenador geral de nutrição e alimentação do Ministério da Saúde, Eduardo Fernandes, destaca ainda como deve ser feito cada lanche nos intervalos das refeições. "Se deve educar a criança para ela acompanhar as refeições da família, mas também ter uma regularidade na alimentação já incluindo os lanches entre as refeições. Por exemplo, entre o café da manhã e o almoço, um lanche, entre o almoço e o jantar, outro lanche, uma ceia e um lanche depois do jantar também, totalizando normalmente até 6 a 7 refeições e até no espaçamento, gira em torno de 2 a 3 horas e na quantidade que seja adequada a ela também. Misturando inclusive as frutas com grãos, como você pode misturar, por exemplo, banana com aveia fazer composições diferentes. Inclusive juntar frutas secas, castanhas nozes. É muito de acordo também com o próprio hábito que existe da família e da própria região, do acesso àquelas frutas e àquelas verduras naquela época".

 

Substituir refeições saudáveis, pular as refeições ou comer muito numa única refeição prejudica a alimentação e também aumenta o risco de a criança e o adolescente engordarem e ficarem acima do peso. Para fazer refeições pequenas saudáveis, a recomendação do Ministério da Saúde é incluir nos lanches diários frutas e grãos, evitar excesso de doces e salgados, refrigerantes, balas, e nunca trocar o almoço ou o jantar por um lanche.

 

Fonte: Karina Chagas/ Agência Saúde

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página