Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 22 de Janeiro de 2015, 11h02
  • Última atualização: 22/01/15 17h01

Anvisa registra cinco novos genéricos inéditos no mercado

Cinco novos genéricos, ainda inéditos no País, obtiveram registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Com isso, pacientes e médicos passam a contar com opções terapêuticas a um custo reduzido, já que os medicamentos entrarão no mercado com preço pelo menos 35% inferior ao valor da tabela de referência.

Os produtos são cloridrato de moxifloxacino, ciclesonida, baclofeno, dienogeste e pitavastatina. Genéricos inéditos são medicamentos que substituem os produtos de referência em um mercado onde até então não havia concorrentes deste tipo. O cloridrato de moxifloxacino é um antibiótico com ação bactericida em infecções respiratórias, pneumonia, sinusite, bronquite crônica e doença inflamatória pélvica. O ciclesonida é utilizado para o tratamento de sintomas de rinite alérgica, incluindo congestão ou entupimento do nariz, coriza, coceira e espirros.

O baclofeno é um relaxante muscular usado para reduzir e aliviar a rigidez excessiva e espasmos nos músculos que podem ocorrer em várias condições, tais como a esclerose múltipla, doenças ou lesões na medula óssea e certas doenças cerebrais. O dienogeste é indicado no tratamento dos sintomas dolorosos das lesões da endometriose (migração e crescimento do tecido da parede interna do útero fora da cavidade uterina). A ingestão de um comprimido por dia leva à redução do tecido afetado (endométrio) e diminui os sintomas associados, como por exemplo, dor pélvica.

 

Já a pitavastatina é utilizada como terapia adjunta à dieta para reduzir os níveis elevados de colesterol total, lipoproteína de baixa densidade (LDL-colesterol), apolipoproteína B (Apo B) e triglicérides, além de possuir indicação para aumentar os níveis de lipoproteína de alta densidade (HDL-colesterol) em pacientes adultos com hiperlipidemia primária ou dislipidemia mista. A Anvisa tem dado prioridade ao registro de genéricos inéditos, pois a entrada desses produtos no mercado significa um aumento real na oferta de opções e na queda de preços provocada pela concorrência.

Fonte: Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Registrado em:
Adicionar Comentário
  • Viviane Junqueira

    Denunciar Link Permanente

    Agradeço o retorno. Seguirei as orientações, pois os municípios não sabem informar nem o médico.

    cerca de 5 anos atrás
  • Olá Viviane. A liberação do remédio e prazo para sua comercialização cabe a Anvisa. Por favor, entre em contato diretamente com eles no site portal.anvisa.gov.br para saber mais sobre o andamento do processo. Quanto à sugestão, sugerimos contato com a Ouvidoria Geral do SUS no número 136 para registro. Continuamos á disposição

    cerca de 5 anos atrás
  • Viviane Junqueira

    Denunciar Link Permanente

    Qual a previsão destes medicamentos disponíveis para comprarmos? Faço uso do dienogeste, para amenizar a endometriose, e não posso utilizar os associados a ele, e o que temos disponível hoje - Allurene, tem um valor fora do poder aquisitivo da maioria das portadoras de endometriose.

    Gostaria de saber sobre a viabilidade dos estudos para liberação dos exames pelo SUS no caso de suspeita da endometriose necessita de ressonância e vários outros exames de maior custo, bem como da videolaparoscopia, pois é impossível ficarmos anos nas filas de espera, é uma doença grave e que nos impossibilita de de ter vida normal....

    Viviane Junqueira - MG
    vivijunqueira@terra.com.br

    cerca de 5 anos atrás

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página