Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 23 de Janeiro de 2015, 11h30
  • Última atualização: 23/01/15 11h41

Profissional brasileiro recomenda aos médicos a se inscreverem no programa

O médico brasileiro Leonildo Aparecido Júnior atua no programa Mais Médicos há um ano. Ele atende em média 32 pacientes por dia no município de Corumbá, em Mato Grosso do Sul. Segundo o médico, todos os profissionais deveriam atuar pelo programa e se inscrever nesta etapa de 2015.

Leonildo conta como tem sido a experiência de poder atender a população que antes não tinha acesso à saúde. "Eu acho muito válido que todos se inscrevam porque é uma experiência única. A gente tem contato com as famílias carentes, a gente vê o real problema da população onde a gente atua e sem contar que a gente tem bastante incentivo, também, do Ministério nesse programa. A gente tem o nosso salário que realmente é bom frente ao que pagavam antes, as prefeituras. A gente tem o tempo de estudo que eles dão, a especialização, a pós-graduação em Saúde da Família. Sem contar a ajuda de custo para ir morar nessas áreas mais carentes. Dão todo o auxílio que a gente precisa para o atendimento".

Este ano, o programa Mais Médicos vai garantir a incorporação de todas as vagas do Provab, Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica. Segundo o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Heider Pinto, uma das vantagens da incorporação é permitir que o médico inscrito no Provab possa continuar atendendo a mesma comunidade, mantendo o vínculo com os pacientes. "Dar oportunidade ao médico do Provab que deseja continuar na mesma unidade de saúde, no mesmo posto de saúde, cuidando da comunidade, dele seguir no programa. Não tem mais a situação de ao final daquele ano ele sair. Muitas vezes ele tem o vínculo já com a comunidade, ele está atendendo, tem uma relação boa com a equipe, ele tem interesse em ficar. Essa incorporação garante ele poder ficar mais um ano, mais dois anos, podendo ficar até mais três como é o normal do conjunto do programa Mais Médicos".

 

Os profissionais interessados em atuar pelo programa Mais Médicos em 2015 têm até o dia 29 de janeiro para confirmar a participação e fazer a inscrição no sistema do programa. O sistema está disponível na página. O edital com todas as informações e as regras para a adesão ao programa também estão disponíveis no endereço.

Fonte: Fábio Ruas/ Agência Saúde

Registrado em:
Adicionar Comentário

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página