Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 21 de Novembro de 2018, 16h20
  • Última atualização: 23/11/18 15h24

Vídeo descreve os 100 anos do Instituto Nacional de Infectologia

ini raquelportugal interna 4INI 100 anos é o título do vídeo lançado pela Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) em razão das comemorações do centenário do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz). Apresentado no dia 6 de novembro, na manhã de abertura do Simpósio INI 100 anos: Integrando saberes na construção do conhecimento em doenças infecciosas, a obra resgata a história centenária de pesquisa e atendimento em doenças infecciosas desde o momento em que o então presidente do Brasil, Hermes da Fonseca, libera recursos para a construção de um hospital em Manguinhos, no ano de 1912. A produção do vídeo foi coordenada pela pesquisadora da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), Dilene Raimundo do Nascimento.

O diretor da Casa de Oswaldo Cruz, Paulo Roberto Elian, que participou da mesa de abertura no dia 6/11, ressaltou que quando recebeu o convite da diretora Valdiléa Veloso para que a COC integrasse a Comissão dos 100 do Hospital Evandro Chagas ficou muito feliz. “Era um reconhecimento, mas sobretudo um enorme desafio em tão pouco tempo realizar uma pesquisa sobre a trajetória do instituto. Entrevistas e pesquisas em arquivos foram o centro da nossa atenção. Ao assistir a palestra da Dra. Keila Marzochi, em novembro de 2017, sobre a recuperação do Hospital na década de 1980 no contexto da epidemia de HIV/Aids, durante o evento que marcou o lançamento das comemorações em 2017, tive a certeza que era fundamental realizar um trabalho nesta direção. Portanto, foi muito importante o trabalho da casa associada ao INI para a celebração desta efeméride que aciona elementos da memória e lança luz sobre aspectos da história mais recente do hospital. A identificação de documentos e a realização de entrevistas foram fundamentais para a exposição e, principalmente, na edição do vídeo que produzimos e continuarão a ser fontes importantes para futuros estudos sobre o Instituto”, afirmou.

Confira o vídeo:



Fonte: Fiocruz

 

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página