Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Agenda MS
  • não publicado
  • Publicado: Quarta, 23 de Novembro de 2011, 10h39
  • Última atualização: 09/10/13 10h47

Brasília inaugura o Hospital do Câncer Infantil

Foto: SES- DF

Uma parceria entre a Secretaria de Saúde e a Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace) tornou possível a inauguração do Hospital da Criança de Brasília José Alencar, nesta quarta-feira (23), às 9h, no SAIN Lote 4-B (ao lado do Hospital de Apoio) . O termo de parceria, assinado em junho desse ano, prevê que o atendimento será totalmente gratuito e que caberá a uma comissão gestora – formada por profissionais de saúde, gestores e usuários – a coordenação técnica da assistência.

“O Hospital da Criança é a unidade mais moderna do país no atendimento às crianças com câncer. Receberá cerca de 2 mil crianças por mês e se dedicará ao atendimento de nível terciário, contemplando a média e alta complexidade”, explicou o secretário de Saúde, Rafael Barbosa.

O Hospital da Criança – que foi construído pela Abrace por meio de doações – será gerido pelo Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe), associação sem fins lucrativos criada especialmente para esse fim. Além do tratamento oncológico (câncer) e hematológico, o hospital também oferecerá diversas especialidades em pediatria. Para ter direito ao atendimento, será preciso que a criança seja encaminhada ao hospital por um médico da atenção básica, ou seja, dos centros de saúde ou das unidades do Programa Saúde da Família mantidos pela Secretaria de Saúde.

“Temos uma parceria de 25 anos com a Abrace – que sempre nos ajudou a driblar as dificuldades e esse é um momento muito especial, em que poderemos ampliar e melhorar o atendimento”, afirma a médica Isis Quezado Magalhães, coordenadora do Serviço de Hematologia Pediátrica, que até então funcionava no Hospital de Apoio e agora passa a atender no Hospital da Criança.
As mesmas equipes de especialistas em pediatria que atuavam no Hospital de Apoio e no Hospital de Base foram transferidas e agora passarão a trabalhar no Hospital da Criança. “São equipes formadas ao longo dos anos e conhecem a realidade de seus pacientes”, observa a coordenadora. Já as demais equipes de médicos pediatras de urgência e emergência, médico especialista em cuidados paliativos, farmacêuticos, psicólogos, técnicos administrativos  e outras categorias, foram contratadas pelo Instituto do Câncer Infantil, em regime de CLT.

Consultas reguladas – Após a inauguração, todas as consultas oferecidas pelo hospital  serão direcionadas pela Diretoria de Regulação da SES/DF, como ocorre com os leitos de UTI. Dessa forma, o paciente receberá um comunicado em casa para que se dirija à consulta, no dia e horários estipulados. Além da oncologia e hemoterapia, serão oferecidos ambulatórios de alergia, cirurgia pediátrica, nefrologia, neurologia, pneumologia, reumatologia e outras 10 especialidades.

No total, o Hospital da Criança terá 21 mil metros quadrados de área construída, em duas etapas. O bloco I, que está sendo inaugurado, tem 7 mil metros quadrados, vai abrigar todo o atendimento ambulatorial e receberá repasses mensais de 4,4 milhões mensais da Secretaria de Saúde para o seu funcionamento.

Homenagem a José Alencar – O termo de parceria entre a SES/DF e  Abrace, assinado em junho, contou com a presença do governador Agnelo Queiroz e foi firmado durante missa em homenagem ao ex-vice-presidente, José Alencar, que dá nome à instituição. Alencar e sua mulher, dona Marisa Campos Silva, que é madrinha da Abrace, tiveram participação importante na captação e doação de recursos para a construção do hospital.

Segundo Ilda Peliz, presidente da Abrace, batizar o hospital com o nome de José Alencar foi um reconhecimento por tudo que o ex-vice-presidente fez pela instituição. Ainda na ocasião da missa, foi inaugurado um busto do homenageado em frente à unidade.Para o secretário Rafael Barbosa, “o Hospital da Criança é um compromisso de governo que assumimos junto à população e que estamos concretizando. Estamos falando de um hospital 100% SUS, tendo como parceira a Fundação Abrace. É importante ressaltar a importância dessa parceria para o seu pleno funcionamento”, ressaltou o secretário.

A previsão é de que o hospital realize em torno de 27 mil atendimentos ambulatoriais mensais. O tratamento será exclusivo para crianças e adolescentes que necessitem de quimioterapia, diálise, raios x, exames clínicos e laboratoriais, fisioterapia e das consultas em especialidades.

O Bloco II do hospital será erguido pelo Governo do Distrito Federal, também em parceria com a Abrace,  e compreenderá toda a parte de internação, cirurgias, UTI e diagnóstico especializado. Quando totalmente concluído, o Hospital da Criança de Brasília terá capacidade para mais de 300 mil atendimentos por ano.

Fonte: Arielce Haine / Ascom SES/DF

Registrado em:
Adicionar Comentário
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Olá, Raquel.

    O Hospital da Criança de Brasília José Alencar fica na SAIN Lote 4-B, ao lado do Hospital de Apoio. Para mais informações acesse: http://www.hcb.org.br/contato.html

    Continuamos à disposição. Melhorar sua vida, nosso compromisso.

    Att,
    Equipe Blog da Saúde

    cerca de 6 anos atrás
  • Gostaria que me informasse o endereço e ponto de referência por favor.

    cerca de 6 anos atrás
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Olá, Luciano!

    Muito interessante a iniciativa. Sugerimos que você entre em contato diretamente com a ouvidoria do Hospital do Câncer Infantil José de Alencar, por telefone, para agendar reunião com os responsáveis pelo assunto. O telefone é o 3025-8350.

    Continuamos à disposição.

    Att.

    Equipe Blog da Saúde

    cerca de 7 anos atrás
  • Luciano Oliveira

    Denunciar Link Permanente

    Boa noite,

    Sou jogador de futebol americano do time Tubarões do Cerrado aqui de Brasília, lá estou desenvolvendo um projeto que seria o seguinte:
    Vários jogadores do time arrecadariam de forma coletiva brinquedos, livros infantis e passariam uma tarde de diversão com essas crianças, uma visita pra ser mais exato. En punho equipamentos utilizados para praticar este esporte pode atrair interesse e atenção das crianças, e deixarem se divertir.

    Gostaria se posso pessoalmente falar com alguém responsável para que possamos realizar este projeto.

    Aguardo breve contato,
    Atenciosamente

    Luciano Oliveira

    cerca de 7 anos atrás

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página