Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Cursos e Eventos > Prêmio Jovem Cientista destaca estudos sobre Segurança Alimentar e Nutricional
Início do conteúdo da página
PESQUISA
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 17 de Setembro de 2015, 08h37
  • Última atualização: 16/09/15 17h38

Prêmio Jovem Cientista destaca estudos sobre Segurança Alimentar e Nutricional

Na terça-feira, 15 de setembro, aconteceu em Brasília a XXVIII edição do Prêmio Jovem Cientista. Instituída em 1981, a premiação é uma iniciativa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com o objetivo de revelar talentos, impulsionar a pesquisa no país e investir em estudantes e jovens pesquisadores.

O tema principal desta edição da premiação foi “Segurança Alimentar e Nutricional”. Pesquisadores do ensino médio ao doutorado, apresentaram suas teses e soluções inovadoras para o assunto. Em cada edição é indicado um tema importante para o desenvolvimento científico e tecnológico, com prioridade nacional, que atenda às políticas públicas do Governo Federal e seja de relevância para a sociedade brasileira.

 

Um dos trabalhos vencedores foi uma fita com funcionamento similar ao teste de gravidez, que permite que os consumidores verifiquem em casa a qualidade do leite consumido. Outro projeto contemplado na premiação foi um modelo inovador de agricultura urbana, que oferece um sistema sustentável de produção em terrenos abandonados, que aproxima os consumidores dos produtores. Foram agraciados projetos do Ceará, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

A pesquisadora Bárbara Rita Cardoso, vencedora da categoria mestre e doutor, elaborou uma pesquisa que mostra que
21452755601 e09c1a9bc1 h pacientes com Mal de Alzheimer apresentam deficiência de selênio, e que a castanha-do-Brasil é uma excelente fonte deste mineral e pode auxiliar na prevenção da doença. “Este reconhecimento coroa o empenho que tenho desde 2007, quando comecei a estudar o selênio. Nós sabemos que o Alzheimer é uma doença muito prevalente hoje em dia e a tendência é que a prevalência aumente, uma vez que a população está envelhecendo. Quando nós conseguimos perceber intervenções alimentares que são simples de serem feitas e podem reduzir o risco para a doença, toda a população se beneficia”, disse a pesquisadora.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, esteve presente na premiação. Participaram da cerimônia a presidenta Dilma Roussef, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, José Aldo Rebelo Figueiredo, e realizadores e patrocinadores da premiação: o presidente do CNPq, Hernan Chaimovich; o presidente da Fundação Roberto Marinho, José Roberto Marinho; a vice-presidente do Conselho do Instituto Gerdau, Beatriz Gerdau Johannpeter; e o vice-presidente para assuntos corporativos e sustentabilidade da BG Brasil, Paulo Macedo.

Confira a entrevista em vídeo que o Blog do Planalto fez com alguns dos vencedores.



VENCEDORES


CATEGORIA MESTRE E DOUTOR
1º LUGAR- BÁRBARA RITA CARDOSO
Instituição: Universidade de São Paulo (USP) - São Paulo, SP
Orientador: Silvia Maria Franciscato Cozzolino
Título da pesquisa: Efeitos do consumo de castanha-do-brasil (Bertholetia excelsa H.B.K.) sobre a cognição e o estresse oxidativo em pacientes com comprometimento cognitivo leve e a relação com variações em genes de selenoproteínas

CATEGORIA ESTUDANTE DO ENSINO SUPERIOR
1º LUGAR- DELOAN EDBERTO MATTOS PERINI
Instituição: Universidade Federal da Fronteira do Sul (UFFS) - Erechim, RS
Orientador: Marcela Alvares Maciel
Título da pesquisa: Modelo de agricultura urbana como inovação no processo de abastecimento de alimentos em cidades de pequeno porte

CATEGORIA ESTUDANTE DO ENSINO MÉDIO
1º LUGAR- JOANA MENEGUZZO PASQUALI
Instituição: Colégio Mutirão de São Marcos - São Marcos, RS
Orientador: Andréia Michelon Gobbi
Título da pesquisa: Detectox - Kit detector de substâncias tóxicas no leite UHT

CATEGORIA MÉRITO INSTITUCIONAL
Ensino Superior: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) - Florianópolis, SC
Ensino Médio: Escola Estadual de Educação Profissional Joaquim Nogueira - Fortaleza, CE

CATEGORIA MÉRITO CIENTÍFICO
FRANCO MARIA LAJOLO
Universidade de São Paulo (USP) - São Paulo, SP

Fonte: Blog da Saúde

Fotos: Rondon Velloso/ MS

 

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página