Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Cursos e Eventos > Prazo prorrogado para estágio IST, HIV/Aids e Hepatites Virais na França
Início do conteúdo da página
Cursos e Eventos
  • publicado
  • Publicado: Terça, 14 de Fevereiro de 2017, 07h00
  • Última atualização: 14/02/17 09h48

Prazo prorrogado para estágio IST, HIV/Aids e Hepatites Virais na França

BrasilfrançaO Ministério da Saúde do Brasil, por meio do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids  e  das  Hepatites  Virais  da  Secretaria  de  Vigilância  em  Saúde  (DIAHV/SVS/MS) prorrogou até 05 de março o prazo para o envio de documentação para participar do processo seletivo de estágio na França.

Para participar da seleção, o candidato deverá ser servidor da administração pública direta ou indireta, ou ligado a instituições governamentais ou não governamentais que atuam no combate às epidemias de IST, aids e hepatites virais, exceto funcionário do DIAHV; ter idade mínima de 18 anos; fluência no idioma francês; haver concluído o ensino superior; e cumprir as determinações do edital.


Serão selecionados até 5 (cinco) candidatos brasileiros para estágio de curta duração em IST, HIV, aids e hepatites virais na França, nas seguintes áreas temáticas: prevenção combinada e direitos humanos, epidemiologia, tratamento e assistência, economia da saúde e laboratório.

Os candidatos classificados realizarão estágios em instituições francesas, identificadas e selecionadas pela coordenação da cooperação, por um período de até 60(sessenta) dias. Os estágios serão realizados entre os meses de maio e dezembro de 2017. No ato da inscrição, o candidato deverá indicar no anteprojeto o período de estágio do seu interesse. Caberá à coordenação da cooperação definir a data de início e fim do estágio.

O  Programa de estágio  é  fruto  de  um  acordo  bilateral  que  se  insere  no  âmbito  da  política  externa  brasileira,  visando  à qualificação e ao aprimoramento das políticas públicas de IST, HIV, aids e hepatites virais no Brasil e na França. Essa  cooperação  técnica  tem  por  objetivo  a  capacitação  de  profissionais  brasileiros  e  franceses,  ligados  a instituições   governamentais   e   não   governamentais   que   atuam   no   enfrentamento   dos   agravos supramencionados, além do desenvolvimento de projetos e o intercâmbio de conhecimento entre as principais instituições  ou  serviços  em  IST,  aids  e  hepatites  virais  de  ambos  os  países.

 

Mais Informações

Gabi Kopko, com informações do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids  e  das  Hepatites  Virais , para o Blog da Saúde

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página