Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Cursos e Eventos > 'Hip hop da saúde' e 'Pelos Caminhos do SUS' estão no Museu da Vida
Início do conteúdo da página
Cursos e Eventos
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 10 de Março de 2017, 09h30
  • Última atualização: 10/03/17 18h02

'Hip hop da saúde' e 'Pelos Caminhos do SUS' estão no Museu da Vida

trem da ciencia 533x300museudavida 2Planeje sua visita ao Museu da Vida. Em março, o espaço volta a receber grupos escolares e de instituições agendados de terça a sexta. Aos sábados, o museu também está aberto e não há necessidade de agendamento prévio. Todas as atividades oferecidas são gratuitas e há estacionamento no local. A organização pede aos visitantes que venham sempre com um documento com foto. O Museu da Vida está aberto de segunda a sexta, de 9h às 16h30 e aos sábados, de 10h às 16h.

Conheça a programação:

  • Visita à Biblioteca de Obras Raras no Castelo

De terça a sexta, de 9h às 16h30 | Aos sábados, das 10h às 16h
Local: Castelo

Em 1909, o livreiro holandês Assuerus H. Overmeer foi contratado por Oswaldo Cruz para organizar a Biblioteca de Manguinhos, atualmente Biblioteca de Ciências Biomédicas e uma das maiores bibliotecas especializadas da América Latina. Inspirada na linguagem neomourisca do Palácio de Alhambra, localizado na cidade de Granada, Espanha, a Biblioteca apresenta detalhes construtivos e decorativos que poderão ser conferidos pelos visitantes.

  • Exposição “Pelos Caminhos do Sus”

Até 31 de março
De terça a sexta, de 9h às 16h30 | Aos sábados, das 10h às 16h
Local: Salão Temporário

A exposição Pelos Caminhos do SUS apresenta o Sistema Único de Saúde, propondo reflexões e debates sobre a importância da saúde como direito do cidadão e dever do Estado. Através de imagens, vídeos e atividades educativas, o público terá a oportunidade de conhecer o SUS de forma crítica, lúdica e interativa, caminhando pelas conquistas, perspectivas e principalmente pelos desafios que ainda existem na luta pela saúde pública de qualidade. A visita à exposição é recomendada para público a partir de dez anos.

  • Apresentação musical "Hip hop com saúde"

hiphopcomsaude mv interna18/3, às 11h30, e 31/3, às 15h
Local: Salão de exposições temporárias

Os visitantes do Museu da Vida terão a oportunidade de conhecer (e cantar!) vários aspectos do Sistema Único de Saúde no ritmo do hip hop! Ao final da visita à exposição Pelos Caminhos do Sus, a apresentação musical trará uma discussão sobre o SUS de maneira divertida e consciente. Contaremos com a presença dos rappers Big Papo Reto, Tapre Poetiza, Xandy Mc e o DJ Cris Beats ZN. A produção desse encontro está sendo realizada pela Careca Arts e as Ações Territorializadas do Museu da Vida. A faixa etária é livre!

  • Exposição “A Biomimética e o Design de Produto”

Até 27 de maio
De terça a sexta, das 9h às 16h30 | Aos sábados, de 10h às 16h
Local: sala 307 do Castelo

“Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. A famosa frase de Antonio Lavoisier poderia ser o mote desta exposição que aborda a biomimética, ou seja, a natureza como inspiração inventiva. Uma parceria entre o Museu da Vida e a ESDI/Uerj.

  • Parque da Ciência e Pirâmide

De terça a sexta, de 9h às 16h30 | Aos sábados, das 10h às 16h
Faixa etária: livre

No Parque da Ciência, aproveite para explorar os equipamentos que abordam conceitos como comunicação, energia e organização da vida. Já a Pirâmide, parte interna do Parque da Ciência, conta com uma câmara escura onde os visitantes podem observar um modelo de olho humano gigante, além de sala de informática e salão de jogos e experimentos com diversas atividades sobre as vidas micro e macroscópica.

  • Visita ao Castelo da Fiocruz

De terça a sexta, das 9h às 16h30 - saídas do Centro de Recepção às 9h, 10h, 11h, 12h30, 13h30, 14h30 e 15h30
Aos sábados, de 10h às 16h - saídas do Centro de Recepção às 10h10, 11h, 11h50, 12h40, 13h30, 14h20 e 15h10

Joia da arquitetura eclética brasileira, o Castelo Mourisco é a principal edificação do núcleo histórico e arquitetônico de Manguinhos. Este senhor centenário é tombado como patrimônio histórico nacional! Ao visitá-lo, fatos, fotos e documentos históricos revelam curiosidades de sua construção. Neste espaço de visitação, o público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe.

  • Borboletário Fiocruz

borboletario peteriliciev internaDe terça a sexta, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30 | Aos sábados, das 10h às 16h
Local: área externa da Tenda da Ciência

O espaço é ornamentado por plantas e habitado por quatro espécies de borboletas do continente americano: olho-de-coruja (Caligo illioneus), ponto-de-laranja (Anteos menippe), borboleta-brancão (Ascia monuste) e Julia (Dryas iulia). Durante a visita, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares, o segredo por trás de suas variadas cores, táticas e estratégias de sobrevivência, entre outros fatos adoráveis! A atividade é para público a partir de cinco anos.

  • Laboratório de Percepção

De terça a sexta, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30 | Aos sábados, das 10h às 16h
Local: Epidauro, espaço próximo à Tenda da Ciência

Como a física pode auxiliar na explicação de fenômenos visuais? Como a vista nos engana e nos faz ver movimento onde não há? Como pode se ver cores onde só existe preto e branco? Como pode existir um espelho de imagens superpostas? Como é possível ter a impressão da mão estar furada? Como ocorre a projeção no cinema? Módulos interativos exploram os fenômenos de luz e som e sua percepção. A faixa etária é livre.

O Museu da Vida fica na avenida Brasil, nº 4365, no campus Manguinhos da Fiocruz. Para mais informações, ligue para (21) 2590-6747 ou envie um e-mail para recepcaomv@coc.fiocruz.br.

Fonte: Museu da Vida - Fotos: Peter Iliciev

 

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página