Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Cursos e Eventos > Salvador recebe a Feira Soluções para a Saúde – Zika
Início do conteúdo da página
Cursos e Eventos
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 19 de Junho de 2017, 08h00
  • Última atualização: 16/06/17 18h45

Salvador recebe a Feira Soluções para a Saúde – Zika

Evento reúne, em agosto, pesquisadores e criadores de iniciativas de combate e prevenção às arboviroses

face 4

É por onde o Brasil começou que terá início, dia 8 de agosto, a Feira de Soluções para a Saúde – Zika. A Bahia de todos os santos receberá, até o dia 10, centenas de expositores que apresentarão um importante conjunto de soluções para as arboviroses que acometem o Brasil. Reunindo parceiros nacionais e internacionais, a Feira é coordenada pela Fiocruz Brasília e pelo Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde da Fiocruz Bahia (Cidacs).

Durante os três dias do evento, uma rica programação apresentará soluções de caráter social, industrial e de serviços que podem, em muitos casos, ser replicadas por diversas pessoas e instituições em todo o Brasil e até no exterior. E a criatividade é o traço comum entre essas iniciativas. Esse é o caso dos chamados “adequadores posturais de baixo custo”. Feitos em papelão, esses adequadores são cadeirinhas para crianças com síndromes ligadas às arboviroses e que têm dificuldades em se posicionar para se alimentar ou para receber estimulação motora apropriada. Para a produção dessas cadeirinhas, as crianças são medidas e recebem uma cadeirinha feita especificamente para cada uma delas.

Pais, profissionais e voluntários participarão de uma oficina, durante a Feira, em que aprenderão  a fazer os adequadores com a responsável por esta iniciativa, a fisioterapeuta e pesquisadora Dafne Herrero. Essa e outras soluções serão cadastradas em um site que, além de permitir a inscrição no evento, se transformará num grande banco de dados de soluções para a saúde.

Outra atração da Feira será o Hackathon, maratona tecnológica em que os participantes serão desafiados a propor o desenvolvimento de softwares ou aplicativos que facilitem a prevenção e o combate às arboviroses como zika, dengue e chikungunya.

A Feira de Salvador será a primeira de uma série de cinco – cada uma realizada em uma região do País. Todas elas reúnem pesquisadores, instituições dos setores público e privado e movimentos sociais interessados e comprometidos com o combate às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Da programação, constam atividades como rodas de conversa, apresentações orais, mesas redondas, oficinas, estandes, manifestações culturais e espaços de comunicação em saúde.

Nos dois primeiros dias da Feira, a programação contempla também o Seminário Internacional da resposta brasileira ao Zika vírus, organizado pelo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e parceiros. O evento é uma oportunidade de aprendizado sobre as melhores práticas de prevenção do mosquito Aedes aegypti e as estratégias de apoio às mulheres gestantes, famílias e cuidadores de crianças com a Síndrome Congênita do Zika vírus (SCZv) e outras deficiências em âmbito nacional e internacional. Durante o Seminário, experts nacionais e internacionais, gestores, pesquisadores, conselheiros de direitos, profissionais de saúde, educação e assistência social e mulheres mães e cuidadores de crianças compartilharão as lições aprendidas em relação a estimulação de crianças com alterações no desenvolvimento no ambiente domiciliar e escolar, ao apoio psicossocial e na garantia de direitos. As vagas neste seminário são limitadas e haverá inscrição prévia.

As feiras fazem parte do projeto Plataforma de Vigilância de Longo Prazo para Zika vírus e microcefalia no âmbito do SUS, financiado pelo Ministério da Saúde e Fiocruz. Em Salvador,  a Feira Soluções para a Saúde – Zika incorpora parceiros importantes como a Universidade de Brasília (UnB), o  Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Primeira Região (Crefito1), o Conselho Nacional das Secretarias Municipais da Saúde (Conasems), o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass),  o Fundo das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres (Onu Mulheres), o Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa), o Unicef, a Rede Nacional de Especialistas em Zika e Doenças Correlatas (Renezika),  o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/Cimatec) e Sistema Fieb.  

Esta iniciativa conta com o patrocínio da Organização Panamericana da Saúde, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, Agência Nacional de Vigilância Sanitária e os seguintes órgãos do Ministério da Saúde: Departamento de Ciência e Tecnologia, Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos e  Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde.  

A Feira Soluções para a Saúde – Zika será realizada no Cimatec (Av. Orlando Gomes, 1845 - Piatã, Salvador - BA).  Para mais informações sobre o evento, acesse o site: www.feirazika.unb.br ou entre em contato com a Assessoria de Comunicação da Fiocruz Brasília, pelos telefones: (61) 3329-4581/4752/4584. E-mail: ascombrasilia@fiocruz.br

Fonte: Núcleo de Comunicação da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde do Brasil

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página