Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Cursos e Eventos > UNA-SUS e Ministério da Saúde lançam aplicativo Saúde da Pessoa Idosa
Início do conteúdo da página
Cursos e Eventos
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 09 de Novembro de 2017, 07h00
  • Última atualização: 08/11/17 18h55

UNA-SUS e Ministério da Saúde lançam aplicativo Saúde da Pessoa Idosa

pessoaidosaO Ministério da Saúde lançou, nessa segunda-feira (6/11), a Estratégia Nacional para o Envelhecimento Saudável, que traz orientações aos profissionais de saúde e gestores para aumentar a qualidade de vida dos idosos.

Durante o evento, foi apresentado o aplicativo Saúde da Pessoa Idosa, desenvolvido pela Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS), em parceria com a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa (COSAPI) do Ministério da Saúde.

A ferramenta está disponível gratuitamente pelo Google Play para Android.

 

O aplicativo tem como objetivo apoiar os profissionais de saúde nas decisões relacionadas a esses pacientes. Para isso, são disponibilizadas ferramentas que possibilitam a identificação da escala de vulnerabilidade do idoso na comunidade e na família para definir o foco do acompanhamento, além de permitir a avaliação da massa corporal em relação à altura, detectando o estado nutricional dos idosos.

A coordenadora da COSAPI, Cristina Hoffman ressalta que a proposta integra um conjunto de ações que qualificarão o cuidado ofertado às pessoas idosas no Sistema Único de Saúde (SUS). “O aplicativo é importante por possibilitar maior agilidade no atendimento da população idosa por meio de suas funcionalidades, que trazem subsídios para os profissionais de saúde na avaliação das pessoas idosas”, avalia.

Para a consultora da Secretaria Executiva da UNA-SUS, Laura Gris, o aplicativo é uma forma de otimizar o dia a dia do profissional de saúde, sem que precise procurar folhas de papel ou dependa de um computador para utilizar uma escala. “Todas as informações que ele precisa estarão ao alcance de suas mãos, no seu próprio celular”, destaca.

Fonte: SE/UNA-SUS

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página