Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Cursos e Eventos > Matrículas abertas para nova oferta de cursos sobre Atenção Domiciliar
Início do conteúdo da página
Cursos e Eventos
  • publicado
  • Publicado: Terça, 23 de Abril de 2019, 10h15
  • Última atualização: 23/04/19 10h22

Matrículas abertas para nova oferta de cursos sobre Atenção Domiciliar

 Os cursos abordam os princípios do cuidado domiciliar, oxigenoterapia e ventilação mecânica e Atenção Domiciliar na Rede Básica de Saúde.

curso atencaofamiliarA Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por meio do Núcleo de Educação em Saúde Coletiva (UNA-SUS/UFMG-Nescon), está com matrículas para três novas turmas dos cursos sobre Atenção Domiciliar. Os módulos fazem parte do Programa Multicêntrico de Qualificação Profissional em Atenção Domiciliar a Distância. As inscrições podem ser realizadas até 20 de novembro de 2019.

O público-alvo são profissionais de saúde e gestores do SUS, com registro no Cadastro Nacional de Saúde (CNES). Demais interessados no tema também podem se matricular. Todos recebem a declaração de conclusão 3 dias após o término do curso.

Os cursos são autoinstrucionais e possuem início imediato. Confira!

Atenção Domiciliar na Rede de Atenção Básica à Saúde

O curso qualifica profissionais de saúde de nível superior e médio e gestores que atuam no SUS para a realização de procedimentos e cuidados do paciente em domicílio.
Com carga horária de 45 horas, a capacitação contextualiza a atenção domiciliar na Rede de Atenção de Saúde do Sistema Único de Saúde (RAS-SUS), no âmbito da Rede Básica à Saúde (RBS), considerando: a Política Nacional de Atenção Básica à Saúde e as diretrizes e normas da área.

São cinco unidades que abordam tópicos como território, redes de atenção e necessidades de saúde; gestão e organização da atenção domiciliar na rede básica de saúde; avaliação, monitoramento da Atenção Domiciliar - AD na rede básica de saúde; classificação, níveis de complexidade e riscos da AD na Rede Básica de Saúde e Plano de cuidado individual na AD.

Essa última unidade destaca ações de natureza complementar e compartilhada e ações assistenciais específicas da equipe de enfermagem, do enfermeiro, do médico, do agente comunitário de saúde e do Núcleo de Apoio a Saúde Família (NASF).

Princípios para o Cuidado Domiciliar por Profissionais de Nível Superior

Com carga horária de 60 horas, a oferta tem como objetivo preparar os profissionais de saúde para o atendimento domiciliar nos casos em que o paciente exige cuidados complexos e específicos, como o tratamento de feridas profundas, infecções, entre outros procedimentos do gênero.

Dividido em sete unidades, o curso aborda, dentre outros temas, estomas; lesões cutâneas crônicas; acesso venoso central; fecaloma: abordagem clínica, princípios e intervenções; diálise; paracentese abdominal terapêutica e os princípios para o cuidado à saúde bucal na Atenção Domiciliar.

Oxigenoterapia e Ventilação Mecânica em Atenção Domiciliar

Com carga horária é de 45 horas, o objetivo do curso é preparar profissionais de saúde que atuam no SUS para o exercício de práticas terapêuticas que melhorem a qualidade de vida de pessoas com insuficiência respiratória. O curso aborda temas como traqueostomia e avaliação e fisioterapia respiratória.

Atenção Domiciliar

A Atenção Domiciliar (AD) é uma forma de atenção à saúde, oferecida na moradia do paciente e caracterizada por um conjunto de ações de promoção à saúde, prevenção e tratamento de doenças e reabilitação, com garantia da continuidade do cuidado e integrada à Rede de Atenção à Saúde.

Com abordagens diferenciadas, esse tipo de serviço está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com a necessidade do paciente, esse cuidado em casa pode ser realizado por diferentes equipes. Quando o paciente precisa ser visitado com menos frequência, por exemplo, uma vez por mês, e já está mais estável, esse cuidado pode ser realizado pela equipe de Saúde da Família/Atenção Básica de sua referência. Já os casos de maior complexidade são acompanhados pelas equipes multiprofissional de atenção domiciliar (EMAD) e de apoio (EMAP), do Serviços de Atenção Domiciliar (SAD) – Melhor em Casa.

A Atenção Domiciliar proporciona ao paciente um cuidado ligado diretamente aos aspectos referentes à estrutura familiar, à infraestrutura do domicílio e à estrutura oferecida pelos serviços para esse tipo de assistência. Dessa forma, evita-se hospitalizações desnecessárias e diminui o risco de infecções. Além disso, melhora a gestão dos leitos hospitalares e o uso dos recursos, bem como diminui a superlotação de serviços de urgência e emergência.

Os pacientes que precisam de equipamentos e outros recursos de saúde e demandam maior frequência de cuidado, com acompanhamento contínuo, também podem ser assistidos pelo Melhor em Casa.
Como receber atendimento domiciliar

O Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), por meio do programa Melhor em Casa, é composto por diversos profissionais da saúde, que realizam atendimento no domicílio das pessoas que necessitam de cuidados de saúde mais intensivos. O acesso ao SAD é geralmente feito no hospital em que o usuário estiver internado ou ainda por solicitação da equipe de Saúde da Família/Atenção Básica ou da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Caso você precise desse serviço ou saiba de alguém que precise, faça contato com a Unidade Básica de Saúde mais próxima da sua casa ou com a Secretaria de Saúde do seu município para mais informações.

Saiba mais no site do Ministério da Saúde.

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página