Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Entenda o SUS

Especial 62 anos do MS
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 27 de Julho de 2015, 10h28
  • Última atualização 27/07/15
  • 11h36

Fortalecimento das Redes de Atenção

Uma das prioridades do Ministério da Saúde é o fortalecimento das Redes de Atenção à Saúde (RAS). Um dos pilares das RAS é a Atenção Básica (AB). Ela possibilita resolver até 80% dos problemas de saúde, reduzindo a busca pelas emergências dos hospitais e fornecendo um atendimento com maior qualidade.

Eduardo Melo, diretor do departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde ressalta a importância desta rede de atendimento. “A Atenção Básica é a principal porta de entrada do usuário no SUS. É nas UBSs, que a atenção básica acontece. E este atendimento é muito capilarizado. Qualquer município, independente do tamanho pode ter sua unidade. Quase 100% dos municípios brasileiros possuem pelo menos uma”, conta.

Comentário (0) Hits: 4260
Registrado em:
Especial 62 anos do MS
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 27 de Julho de 2015, 10h25
  • Última atualização 27/07/15
  • 11h36

Tratamentos para Aids

Há 30 anos o Brasil se destaca na luta contra a Aids. O país foi um dos primeiros do mundo a adotar políticas públicas inclusivas e universais. Em 1985, o governo criou o Programa Nacional de DST e Aids para gerir a política de combate à então recente epidemia no país. Segundo o coordenador do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Fábio Mesquita, as ações iniciais foram baseadas na experimentação e no combate ao preconceito. “Os primeiros casos de aids registrados no mundo começaram em 1981. Naquela época, a doença gerou uma série de dúvidas e questionamentos. Percebia-se que ela acometia principalmente alguns grupos da população, como os homossexuais. Tinha uma evidência física muito grande que se manifestava em lesões na pele. Em 82 aparecem os primeiros casos no Brasil”, conta.

Em 1985, a doença já tinha dimensão nacional e uma caracterização de uma doença que acontecia em vários lugares do mundo. Naquele ano, o setor de dermatologia sanitária que existia no Ministério da Saúde organizou uma equipe para compilar os dados e começar a estruturar o que poderia ser feito. Isso deu início à resposta nacional contra a AIDS em maio de 1985.

Comentário (2) Hits: 8535
Registrado em:
Assunto(s): tratamento , AIDS , SUS
Especial 62 anos MS
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 27 de Julho de 2015, 10h18
  • Última atualização 27/07/15
  • 11h37

Programa Nacional de Imunizações (PNI)

O Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Brasil é uma referência internacional de política pública de saúde. O país já erradicou, por meio da vacinação, doenças de alcance mundial como a varíola e a poliomielite (paralisia infantil). A população brasileira tem acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
Desde que foi criado, em 1973, o programa busca a inclusão social, assistindo todas as pessoas, em todos o país, sem distinção de qualquer natureza. As vacinas do programa estão à disposição de todos nos postos de saúde ou com as equipes de vacinação, cujo empenho permite levar a imunização mesmo aos locais de difícil acesso.

Há mais de 100 anos foi realizada a primeira campanha de vacinação em massa feita no Brasil. Idealizada por Oswaldo Cruz, o fundador da saúde pública no país, a campanha tinha o objetivo de controlar a varíola, que então dizimava boa parte da população do Rio de Janeiro.

Comentário (2) Hits: 95453
Registrado em:
Assunto(s): PNI , imunização , vacina
Especial 62 anos MS

Sistema Nacional de Transplantes

O Brasil conta com o maior sistema público de transplantes do mundo: 95% das cirurgias do país são realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que oferece assistência integral ao...

Tags: Transplantes , especial , aniversário
  • publicado
  • 27/07/15
  • 10h13
Comentário (1) Hits: 4922

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página