Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Entenda o SUS > Encontro debate formação em Saúde Pública na América Latina
Início do conteúdo da página
Entenda o SUS
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 17 de Março de 2017, 07h00
  • Última atualização: 17/03/17 17h06

Encontro debate formação em Saúde Pública na América Latina

cursoonlineDesde o ano de 2014, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz) desenvolve diferentes tipos de cooperações com instituições formadoras em Saúde Pública de Cuba, com vistas a fortalecer a capacidade de governança dos sistemas de saúde de ambos os países. Como fruto dessa relação, a Ensp realizou, em 2015, o I Colóquio Brasil-Cuba de Formação em Saúde Pública, considerado um sucesso. Sua segunda edição ocorreu no ano seguinte em Cuba. Para 2017, como não poderia ser diferente, a Escola está preparando novamente um grande encontro. No entanto, ele será mais abrangente e, portanto, intitulado I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública, cujo principal objetivo é possibilitar o intercâmbio de experiências exitosas de formação em saúde pública. A ideia é estreitar o diálogo e o crescimento conjunto de instituições-chave do Brasil e de Cuba, as quais, cotidianamente, enfrentam o desafio de qualificar recursos humanos para seus sistemas de saúde. O encontro acontecerá de 8 a 10 de maio na Ensp/Fiocruz.

O I Colóquio Latino-Americano e III Colóquio Brasil-Cuba de Formação em Saúde Pública tiveram suas bases definidas no encontro de 2016, quando ficou decidido que o atual encontro seria desenvolvido em uma perspectiva mais abrangente que pudesse não somente facilitar o diálogo entre instituições brasileiras e cubanas, como também incorporar as experiências e desafios de outras instituições latino-americanas, responsáveis pela formação e qualificação de quadros estratégicos para os sistemas de saúde da região.

Estarão presentes professores, dirigentes e alunos de instituições formadoras do Brasil, Cuba e diversos outros países latino-americanos discutindo experiências, oportunidades e desafios relacionados à formação em saúde pública e o papel das instituições formadoras no aprimoramento da governança e da gestão dos serviços, programas e sistemas de saúde regionais.

As inscrições são gratuitas, porém limitadas. Para se inscrever, basta acessar o link e preencher o formulário on-line.

Confira também a programação preliminar.

O Colóquio Brasil-Cuba de Formação em Saúde Pública

A primeira edição do Colóquio Brasil-Cuba aconteceu em dezembro de 2015 na Ensp e reuniu, além de alunos, dirigentes e integrantes das três instituições participantes: a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), a Escola Nacional de Saúde Pública de Cuba e o Instituto Nacional de Higiene Epidemiologia e Microbiologia. O encontro uniu centros formadores de saúde pública dos dois países como uma estratégia fundamental para reforçar a formação dos profissionais e dar passos concretos para elaboração de acordos que perpassam todas as áreas da Saúde Pública. As ações de cooperação entre os países tanto no campo da formação como na área de serviços ou no intercâmbio de profissionais também ficaram mais fortalecidas.

Já a segunda edição do encontro foi realizada em Havana, Cuba, em setembro de 2016, e reuniu escolas e institutos de saúde pública dos dois países para discutir os desafios e estratégias tendo em vista o aperfeiçoamento da formação em saúde. A novidade do segundo ano é que o colóquio foi associado ao Programa de Estágio Internacional dos alunos de Residência da Ensp, o que resultou na participação ativa dos alunos no encontro. Eles apresentaram seus respectivos programas de formação no Brasil; discutiram com alunos e professores de instituições cubanas os desafios da internacionalização, bem como as peculiaridades da formação em serviços, na perspectiva de Cuba e Brasil.

Fonte: Ensp/Fiocruz

 

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página