Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Entenda o SUS > Enfermagem – a arte de cuidar
Início do conteúdo da página
Entenda o SUS
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 10 de Maio de 2018, 18h57
  • Última atualização: 15/06/18 10h33

Enfermagem – a arte de cuidar

 No mês da enfermagem, o Ministério da Saúde destaca os principais cursos voltados aos profissionais

diamundialdaenfermagemMaio é um mês de celebrações. No dia 12 de maio, comemoramos o dia mundial do enfermeiro e no dia 20 o dia do auxiliar e do técnico de enfermagem. Cuidado e atenção são palavras que descrevem esses profissionais, quem têm papel essencial no processo de recuperação e cuidado de pessoas com enfermidades.

Enfermagem é a arte de cuidar. O enfermeiro, auxiliares e técnicos se dedicam a colaborar com a saúde das pessoas, atuando em parceria com outros profissionais, como médicos, nutricionistas e psicólogos. Em hospitais, clínicas e atendimento domiciliar, atuam na higiene, alimentação, administração de medicamentos e curativos. Já no campo da saúde coletiva, atuam em comunidades, na prevenção de doenças ou no trabalho educativo.

Segundo o Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), só no Brasil são mais de 500 mil enfermeiros, além de técnicos e auxiliares de enfermagem, que ao todo somam mais de 2 milhões de profissionais em todo o país.

SUS

 

No Sistema Único de Saúde (SUS), são mais de 200 mil profissionais de enfermagem só na Atenção Básica compondo as equipes de Saúde da Família, de Consultório na Rua, equipes de Saúde Família Ribeirinhas e nas equipes de Unidades Básicas Fluviais.

Assessora do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Márcia Leal destaca que o enfermeiro tem um papel importante que se reflete na organização do processo de trabalho da equipe, assim como na atenção à saúde de cada pessoa. “É o profissional de enfermagem quem muitas vezes é responsável pela articulação do atendimento ao paciente com os outros pontos de serviços da rede de atenção à saúde como por exemplo o Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica, serviços de referência de média complexidade e também com os serviços da rede de assistencial social como por exemplos os Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e educação (como ações nas escolas) ”, explica.

O enfermeiro exerce um papel fundamental de prestar o cuidado, acolhendo, criando vínculo com os usuários dos serviços, atendendo suas demandas e tentando de melhor forma ser resolutivo no intuito de diminuir o sofrimento que muitas vezes acompanha estas pessoas que buscam acesso aos serviços de saúde. Outro aspecto importante do processo de trabalho do enfermeiro é mapear o território e a população para identificar as necessidades e vulnerabilidades e riscos presentes no território.
Equipes do Saúde da Família

Com uma ampla atuação dentro da equipe de saúde da família, geralmente esse profissional é responsável por realizar o gerenciamento das equipes, realizar consulta de enfermagem, atividades de prevenção e promoção da saúde.

De acordo com os dados do 2º ciclo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade (PMAQ), 99,3% das equipes que participaram do programa realizam consultas de enfermagem. “As atribuições específicas do enfermeiro são realizar atenção à saúde aos indivíduos e famílias cadastradas nas equipes e, quando indicado ou necessário, no domicílio ou nos demais espaços comunitários, como escolas e associações”, ressalta Márcia.

Com o objetivo de qualificar ainda mais esses profissionais, a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde disponibiliza mais de 150 cursos gratuitos em suas plataformas de Ensino à Distância (EaD), voltado para os profissionais da área, além das vagas em Residência Multiprofissional.

 

AVASUS

O Ambiente Virtual de Aprendizagem do Sistema Único de Saúde (AVASUS) é uma plataforma virtual desenvolvida para profissionais e alunos da área da saúde e também para a sociedade civil, com o objetivo principal de qualificar a formação, a gestão e a assistência no SUS.

O projeto do Ministério da Saúde em cooperação com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), oferece, atualmente, cerca de 113 cursos voltados para enfermeiros, técnicos e auxiliares, como a oferta educacional para Qualificação em Triagem Ocular - com Audiodescrição; Atenção Primária à Saúde: princípios e diretrizes; Autocuidado: como apoiar a pessoa com Diabetes, dentre outros. Todos os cursos são gratuitos.

Clique aqui e acesse os cursos do Avasus.

UNA-SUS

O Sistema Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) foi criado em 2010 para atender às necessidades de capacitação e educação permanente dos profissionais que atuam no SUS.
Coordenado pelo Ministério da Saúde, por meio da atuação conjunta da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES/MS) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o Sistema UNA-SUS conta com uma rede colaborativa formada atualmente por 36 instituições de ensino superior que oferecem cursos à distância.

O UNA-SUS disponibiliza, gratuitamente, cerca de 40 cursos, com inscrições abertas, para os profissionais da área de enfermagem. Temas como Zika: Abordagem clínica na atenção básica; Manejo Clínico de Chikungunya e Doenças infectocontagiosas na atenção básica à saúde estão disponíveis, seja como cursos abertos online, de extensão, aperfeiçoamento e especialização, abordando os mais diversos temas na área da saúde, desde assuntos específicos como diagnóstico e tratamento de doenças, até temáticas mais abrangentes como políticas públicas em saúde.
Clique aqui e acesse os cursos do UNA-SUS.

RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL

A Residência Multiprofissional em Saúde é uma pós-graduação (especialização) voltada para a educação em serviço e destinada às categorias que integram a área de saúde, como a enfermagem, com o objetivo de favorecer a inserção qualificada dos profissionais no mercado de trabalho, particularmente em áreas prioritárias do Sistema Único de Saúde (SUS).

Atualmente, são 143 vagas de residência específica para enfermagem obstétrica, além de 4.552 vagas de residência multiprofissional no 1º ano em outras áreas de concentração.
Saiba mais sobre a Residência Multiprofissional em Saúde.

Por Luiza Tiné e Natalia Pinheiro (NUCOM/SGTES), para o Blog da Saúde

Adicionar Comentário
Fim do conteúdo da página