Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 12 de Fevereiro de 2015, 18h32
  • Última atualização: 13/02/15 10h18

35157-Famoso nas redes sociais, Federico Devito fala sobre HIV e aids

Com apenas 22 anos, Federico Devito foi eleito, em 2008, “colírio” de uma revista para o público adolescente, protagonizou um programa de televisão e realizou diversos trabalhos como modelo, ficando ainda mais conhecido nas redes sociais na internet, onde se conecta com fãs de todo o Brasil. Em novembro de 2014, o rapaz publicou em seu canal no Youtube um vídeo, que já possui quase 500 mil visualizações, contando aos fãs sobre sua homossexualidade.

Esta semana, Federico Devito publicou vídeo de apoio a campanha do Ministério da Saúde, #PartiuTeste, que incentiva a prevenção às DST e aids durante o Carnaval 2015. Sua linguagem jovem, descontraída e com um toque de humor já recebeu mais de 7 mil visualizações, além de diversos comentários de apoio ao tema.

Leandro Touret

“Gostei da iniciativa! Ainda mais vindo de alguém que é super popular nas redes sociais \o/”

Yuri Lopes

“Nossa isso é tão simples,..... Use #Camisinha! E o público Gay pelo amor de Deus, ouviram o #Pai Federico usem camisinha!!!#PartiuTeste. Te adoroo Fe bjuss"

 Taina Tanzi

“Fe, sensacional esse vídeo! Muito legal tu ter escolhido falar de uma coisa tão polêmica, porém necessária, justo nessa época do ano.“

Giovanni Moraes

“Obrigado pai Frederico , minhas aulas de biologia estão sendo sobre isso e VC só deu mais um reforço que temos que usar ! Obrigado por sempre estar nos aconselhando e ajudando".

Federico Devito conta que o vídeo ainda é recente, foi publicado na última quarta-feira, 11, mas que já está recebendo e-mails de seus fãs com dúvidas, como o uso correto do preservativo e índices de incidência da doença, além de jovens que parabenizam a causa e ressaltam a importância de utilizar as redes sociais para transmitir a mensagem da campanha. “É importante informar. Nunca é demais. Às vezes as pessoas sabem, mas não custa lembrar. E agora, no carnaval, época que precisa e mais se esquece de usar camisinha por causa da festividade. Alcançar certo número de pessoas nas redes deve ser visto também como uma forma de informação e conscientização. Ainda rola uma falta de conversa sobre esse assunto entre todo mundo, né? Sexo em si é pouco falado, sexualidade também e campanhas assim quebram essa barreira”, garante o rapaz.Federico Devito Foto: Reprodução Instagram/ @federico_devito

A mortalidade provocada pelo vírus da aids caiu 13% na última década no Brasil. No entanto, entre a população jovem, os índices de contaminação pelo HIV ainda continuam crescendo. De acordo com a Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas na População Brasileira (PCAP), 94% dos brasileiros sabem que a camisinha é melhor forma de prevenção a aids e DST. Apesar disso, 45% da população sexualmente ativa do país não usou preservativo em suas últimas relações sexuais casuais.

Para o carnaval deste ano, a campanha é direcionada ao público jovem e tem como slogan a expressão “#partiuteste”, linguagem das redes sociais na internet. A dica é focar na prevenção combinada, que alia o uso da camisinha, a conscientização dos jovens para realizarem de forma regular o teste de HIV e, caso dê positivo, o tratamento seja iniciado rapidamente. O tratamento é disponibilizado de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde.

 

Fonte: Ana Beatriz Magalhães/ Blog da Saúde

 

 

 

Registrado em:
Adicionar Comentário
Fim do conteúdo da página