Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 17 de Julho de 2017, 07h30
  • Última atualização: 17/07/17 09h44

Conasems e OPAS/OMS premiam experiências exitosas no SUS

Foto: Alejandro ZambranaO Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) premiaram nesta quinta-feira (13) cinco experiências bem-sucedidas de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. A homenagem foi feita durante a abertura do 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, em Brasília.

 “Não haverá um Brasil forte sem municípios fortes. Ao longo do dia, ocorreu a Mostra `Brasil Aqui Tem SUS’, na qual foram apresentadas mais de 300 experiências municipais, que representam o trabalho de profissionais de saúde que atuam como grandes artistas nas equipes de atenção básica, especializada, vigilância, regulação, gestão e em outros espaços, promovendo o cuidado, a qualidade de vida das pessoas e a participação da comunidade. Trata-se de um trabalho que merece ser reconhecido, valorizado e estimulado. São narrativas vivas de um SUS que está no caminho certo em todo o país”, afirmou a representante adjunta da OPAS/OMS no Brasil, Maria Dolores Pérez-Rosales.

Ao longo do evento, o Conasems e a OPAS/OMS vão premiar outros 48 trabalhos exitosos que foram apresentados nesta quinta-feira, sendo sete em parceria com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e 13 por voto popular.

Os cinco vencedores da Mostra “Brasil Aqui Tem SUS”, na categoria região, receberam R$ 10 mil. Além disso, um município de cada estado brasileiro terá sua experiência registrada em um minidocumentário. Os demais receberão medalhas, certificados e menções honrosas. Todos farão parte de um livro a ser organizado pela Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde e Conasems.

Durante o Congresso, que ocorre até sábado (15), a OPAS/OMS também lançará publicações sobre trabalhos bem-sucedidos nas áreas de atenção básica, rede de atenção à saúde, vigilância, participação social e cooperação internacional descentralizada, além de um estudo de caso a respeito do programa Mais Médicos em Pernambuco.

Fonte: OPAS/OMS

 

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página