Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 12 de Abril de 2019, 10h46
  • Última atualização: 24/04/19 10h01

Prefeitos acompanharão emendas parlamentares por meio de aplicativo

celularOs gestores municipais vão poder acompanhar por aplicativo em smartphones e tablets tudo sobre as emendas parlamentares que foram destinadas à saúde. A ferramenta trará o status e detalhes das análises técnicas do Ministério da Saúde.

Durante a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, antecipou o lançamento deste aplicativo. A plateia era formada por prefeitos e prefeitas de todo o Brasil, além de secretários municipais de saúde, que aplaudiram a criação deste recurso.

Mandetta explicou que esta ferramenta digital será oficialmente lançada em julho deste ano. “Para vocês acompanharem em tempo real todas as análises, todos os pareceres, todas as movimentações de todas as emendas parlamentares de seus respectivos parlamentares. Para vocês não precisarem fazer essa peregrinação para Brasília”, completou o ministro.

Segundo antecipou o ministro, o aplicativo manda mensagem ao prefeito toda vez que tiver movimentação sobre qualquer processo. “Ele também permite que você fale diretamente com o Ministério”, ensina. Luiz Henrique Mandetta afirma que “primeiro vamos fazer com as emendas e depois com os programas”.

Aplicativos para os parlamentares
Em março deste ano, o Ministério da Saúde colocou à disposição de deputados e senadores o aplicativo ‘Emendas Parlamentares’. Uma ferramenta que permite aos congressistas serem notificados sobre o empenho, pagamento e publicação de emendas parlamentares no Diário Oficial da União (DOU). Os parlamentares podem consultar emendas pelo telefone, simplificando o processo de pesquisa de dados, beneficiários e propostas.

Leia também:

 

Ministério da Saúde lança ferramenta inovadora destinada a parlamentares

 

 

Erika Braz, para o Blog da Saúde

 

 

 

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página