Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 20 de Janeiro de 2020, 17h39
  • Última atualização: 20/01/20 17h39

20 de janeiro: Dia Nacional do Farmacêutico

 Profissional fundamental para o gerenciamento de ações na produção, acesso e uso racional de medicamentos.

farmaceutico bannerO maior sistema público de saúde do mundo, o Sistema Único de Saúde (SUS), não poderia deixar de contar com uma categoria profissional tão importante como o farmacêutico. A atuação dessa profissão é milenar e atende à necessidade social em relação aos medicamentos, que são importantes ferramentas para a promoção, proteção e recuperação da saúde das pessoas.

O trabalho do farmacêutico é fundamental para garantir a segurança em todas as fases do medicamento, que vai desde desenvolvimento, produção, controle de qualidade, armazenamento, distribuição, até o acompanhamento clínico e monitoramento do seu uso.

O uso irracional ou inadequado de medicamentos é um dos maiores desafios que o farmacêutico se depara, além de ser um problema mundial. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que mais da metade de todos os medicamentos são prescritos, dispensados ou vendidos de forma inadequada, e grande parte dos pacientes não os utiliza corretamente.

Segundo André Prado, farmacêutico do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina, uma das maiores responsabilidades deste profissional é auxiliar o paciente na busca pelo uso adequado do medicamento. “É grande o desafio de promover o uso racional de medicamentos para toda a população. Tanto no âmbito da saúde pública, quanto da saúde privada. É fundamental educar o paciente sobre o uso correto, indicação às condições clínicas, doses certas e necessidades individuais relacionadas aos medicamentos”, observa André.

Atuação do farmacêutico

Com o envelhecimento populacional, o uso de medicamentos tende a aumentar e, consequentemente, os problemas relacionados a eles. Por isso, sua atuação ganha cada vez mais importância, com destaque para o desenvolvimento de atividades gerenciais e assistenciais junto às equipes multiprofissionais em hospitais, ambulatórios, clínicas especializadas, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e nas Unidades Básica de Saúde do SUS (UBS).

Trabalhando dessa forma o farmacêutico diminui os problemas relacionados ao uso de medicamentos, e contribui para a garantir o acesso aos medicamentos de forma segura e racional, em todos os níveis de atenção à saúde.

Victor Almeida, para Blog da Saúde 

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página