Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 06 de Abril de 2017, 12h10
  • Última atualização 17/01/18
  • 17h06

#FAQMS | Saúde tira dúvidas sobre dose única para febre amarela

mudançavacinaA estratégia do Ministério da Saúde para a prevenção da febre amarela no país mudou. Seguindo a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), o esquema vacinal passa a ser de uma única dose. A medida é segura e garante proteção durante toda a vida.

Por causa da mudança no número de doses necessárias para a imunização, algumas dúvidas podem surgir entre a população, mas é importante buscar a fonte oficial para entender  o que permanece e o que muda nesse momento.   A vacina contra febre amarela é altamente eficaz e segura para o uso. Confira algumas respostas para a mudança no o esquema vacinal da febre amarela que passa a valer em todo o território nacional:

Comentário (0) Hits: 22688
Registrado em:
Perguntas e Respostas
  • publicado
  • Publicado: Terça, 14 de Março de 2017, 16h30
  • Última atualização 15/03/17
  • 17h10

#FAQMS | Perguntas e Respostas sobre tabagismo

pararcigarro2

SUS disponibiliza uma série de recursos para apoiar a pessoa que deseja sozinha parar de fumar. O tratamento é gratuito e está disponível nas Unidades Básicas de Saúde 

Desde 2002,  o tratamento gratuito para quem deseja parar de fumar está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). Nas unidades de saúde que oferecem este tratamento, o tabagista terá acompanhamento por meio de avaliação clínica, sessões de abordagem terapêutica individuais ou em grupo, e, caso haja indicação, apoio medicamentoso. Talvez você ainda não tenha decidido se quer ou não parar de fumar, mas tire suas dúvidas sobre o tabagismo aqui e pegue algumas algumas dicas para ajudar na  tomada da decisão. Confira:

Comentário (0) Hits: 22910
Registrado em:
Perguntas e Respostas
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 23 de Fevereiro de 2017, 10h00
  • Última atualização 10/09/18
  • 10h06

#FAQMS | Dúvidas sobre o câncer infanto-juvenil

câncer infanto juvO Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva (INCA), e o Ministério da Saúde (MS) lançaram na semana passada a publicação Incidência, Mortalidade e Morbidade Hospitalar por Câncer em Crianças, Adolescentes e Adultos jovens no Brasil: Informações dos registros de câncer e do sistema de mortalidade. É a primeira vez que um panorama do câncer em adolescentes e adultos jovens, na faixa etária entre 15 e 29 anos, é traçado no Brasil.

Os dados da publicação mostram que o câncer foi a principal causa de morte por doença entre 2009 e 2013, perdendo apenas para “causas externas”, como acidentes ou mortes violentas. Foram 17.527 mortes por câncer. O trabalho do INCA/MS indica que a taxa média de mortalidade por câncer de adolescentes e adultos jovens (15 a 29 anos) foi de 67 por 1 milhão, no período de 2009 a 2013. Uma boa notícia é que essa taxa está estável nos últimos anos.

Para ajudar a tirar dúvidas a respeito do tema, e orientar adolescentes e jovens a respeito dos mais diversos tipos de câncer, o Blog da Saúde conversou com o oncologista clínico do INCA, Dr. Gélcio Mendes. Confira a seguir:

Comentário (0) Hits: 6099
Registrado em:

Saiba quem deve se vacinar contra a febre amarela

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da saúde, explica sobre o número de doses necessário, como a vacina deve ser administrada, além da recomendação...

Tags: febre amarela , febre , vacinação , ministério da saúde , vacina
  • publicado
  • 19/01/17
  • 17h41
Comentário (0) Hits: 167101

#FAQMS | Perguntas e respostas sobre a Febre Amarela

O Ministério da Saúde recomenda que as pessoas que residem ou viajam para regiões silvestres, rurais ou de mata dos municípios que compõem a Área com Recomendação de Vacinação,...

  • publicado
  • 11/01/17
  • 15h04
Comentário (0) Hits: 316593

#FAQMS | Perguntas e respostas sobre a vacinação contra o #HPV para meninos

Foto: Rodrigo Nunes A vacina contra HPV, oferecida no Brasil, pode prevenir os cânceres do colo do útero, vulva, vagina, pênis, ânus e orofaringe, refletindo diretamente na redução...

  • publicado
  • 06/01/17
  • 12h16
Comentário (0) Hits: 11272

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página