Sgtes divulga edital para residência em enfermagem obstétrica

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

A Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) lançou nesta quinta-feira (06), edital para concessão de bolsas a Instituições de Educação Superior (IES) para formação de profissionais com especialidade em enfermagem obstétrica, a fim de atender o Programa Nacional de Residência em Enfermagem Obstétrica (PRONAENF).

O objetivo do Programa é incentivar a formação de especialistas na modalidade Residência em Enfermagem Obstétrica para atuar no cuidado à saúde da mulher, nos processos de saúde reprodutiva, pré-natal, parto e nascimento, ao puerpério e família.

Dentre os requisitos especificados no edital, as instituições devem aderir à Política da Rede Cegonha instituída pela Portaria nº 1.459/GM/MS, de 24 de junho de 2011 e ter concluído o cadastro do Projeto Pedagógico do Programa de Residência em Enfermagem Obstétrica no sistema de informação da Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde (Sis-CNRMS).

A portaria é destinada às IES localizadas em Estados, Municípios ou Distrito Federal. As entidades podem enviar os projetos, no período de 17 a 23 de setembro, pelo endereço eletrônico http://cnrms.mec.gov.br. O resultado final será publicado no dia 1º de outubro, no Diário Oficial da União (DOU).

Os Programas aprovados serão financiados pelo Ministério da Educação (MEC), em Instituições Federais de Ensino, e pelo Ministério da Saúde, nas demais. O papel do MS é garantir que os projetos de residência multiprofissional selecionados preconizem a política pública de saúde da mulher, com a adesão à Rede Cegonha.

Fonte: SGTES

Esse post faz parte de #profissionaldesaude e possui as seguintes tags: rede Cegonha,  Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde,  Programa Nacional de Residência em Enfermagem Obstétrica.

Mais artigos...