Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Promoção da Saúde > Pessoas idosas também são beneficiadas pelas Academias da Saúde
Início do conteúdo da página
ATIVIDADE FÍSICA
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 27 de Agosto de 2015, 11h42
  • Última atualização: 27/08/15 13h43

Pessoas idosas também são beneficiadas pelas Academias da Saúde

Cuidar da saúde de forma integral é um hábito que todos devem ter desde a infância. Assim, será possível ter um envelhecimento saudável e com qualidade de vida. Uma das atitudes que pode ajudar a envelhecer com saúde é a prática de atividades físicas. Os parâmetros atuais recomendam 150 minutos de exercícios moderados por semana para manter a saúde e o condicionamento físico. Pode ser uma caminhada, uma volta de bicicleta ou exercícios em uma academia. Para incentivar essa prática saudável, o Sistema Único de Saúde conta com o Programa Academia da Saúde.

O programa desenvolve em todo o país ações de práticas corporais, atividades físicas, alimentação saudável, artes, educação em saúde, mobilização comunitária, entre outras, que complementam, apoiam e potencializam as ações desenvolvidas pelas equipes de saúde das Unidades Básica de Saúde.

 Ele engloba atividades para todas as faixar etárias e os idosos são grande parte do público que frequenta as Academias da Saúde de todo o país. Mas, como geralmente estão muito inseridos no cuidado, vários municípios desenvolvem atividades especiais para esta faixa etária. “Para o idoso a prevenção continua como eixo fundamental do cuidado, além de colaborar na manutenção de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão” explica Danielle Cruz, coordenadora técnica dos programas Academia da Saúde e Saúde na Escola.

João Pessoa (PB) é um dos municípios onde a participação dos idosos ganha destaque nas atividades diárias da Academia da Saúde. Ana Giovana Medeiros, que colabora na organização do programa no local, conta que a academia está sendo uma revolução na qualidade de vida das pessoas da região do bairro Geisel. “Atendemos a um público bem diversificado. Mas, os idosos tem uma participação especial em nossos aulões. Temos frequentadores que dizem que estavam sem fazer nada em casa e foram participar das atividades. Eles estão até, diante disso, participando de outras atividades, não só parte funcional, como a parte emotiva e nutricional que também está sendo trabalhada”, conta.

Antes de iniciar uma atividade física, é aconselhável que a pessoa idosa procure um profissional de saúde para que este prescreva o tipo de exercício físico adequado à sua idade, condições de saúde, hábitos de vida, limitações pessoais e objetivos. Além disso, o profissional vai poder orientar o idoso, esclarecer quaisquer dúvidas e apontar os recursos disponíveis na comunidade, como centros de convivência, polos de Academia da Saúde, espaços de lazer, entre outros, visando a melhoria da sua saúde e a manutenção da sua capacidade funcional. À pessoas idosas que não são acostumadas a praticar atividades físicas, no geral, indica-se que comecem com atividades mais leves, considerando o grau de esforço que conseguem realizar, incorporando aos poucos atividades segundo seus interesses, necessidades e limitações.

Desde 2011, o Ministério da Saúde vem promovendo a implantação e implementação de polos das Academias da Saúde nos municípios brasileiros. Os polos são espaços físicos dotados de equipamentos, estrutura e profissionais qualificados, com o objetivo de contribuir para a promoção da saúde e produção do cuidado e de modos de vida saudáveis da população. O Programa Academia da Saúde adota uma concepção ampliada de saúde e estabelece como ponto de partida o reconhecimento do impacto social, econômico, político e cultural sobre a saúde. Suas atividades priorizam o o desenvolvimento de autonomia, equidade, empoderamento, participação social, entre outros. Hoje, estão em funcionamento 4.240 polos do Programa Academia da Saúde no país. Para saber se o seu município possui um polo habilitado, entre na página e consulte as portarias.

Confira algumas vantagens da pratica regular de exercícios:
• Aumenta a força muscular e melhora a aptidão aeróbica.
• Estimula as faculdades físicas e intelectuais, reforça a independência e a autoconfiança.
• Os idosos que se exercitam dormem melhor, são menos vulneráveis a doenças virais e possuem melhor qualidade de vida.
• Manter-se ativo é um grande aliado para uma velhice autônoma.

Texto: Gabriela Rocha/ Blog da Saúde

Fotos: Divulgação Academia da Saúde João Pessoa

 

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página