Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Promoção da Saúde > Câncer: conhecer para combater
Início do conteúdo da página
Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 07 de Outubro de 2015, 10h05
  • Última atualização: 07/10/15 10h05

Câncer: conhecer para combater

FireShot Screen Capture 1510 - Câncer  conhecer para combater - Notícias - EBSERH - www ebserh gov br web portal-ebserh noticias - asset publisher FrE5lZC057TP content campanha-de-combate-ao-cancer-alerta-No combate aos diversos tipos de câncer, o comportamento preventivo mais seguro é afastar os principais fatores que podem ocasionar a doença. A avaliação é da oncologista Luciana Benevides, que atende no Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon) do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes da Universidade Federal de Alagoas (Hupaa-Ufal).

Segundo a médica, “não existe uma causa única para o surgimento do câncer, que é multifatorial. No entanto, viver de forma saudável reduz as chances de desenvolvê-lo”. A oncologista aponta como comportamento saudável evitar exposição ao fumo ou o próprio tabagismo, a ingestão de bebidas alcoólicas e o sedentarismo. Além disso, o cuidado com hábitos alimentares é considerado essencial na prevenção da doença.

 

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) informam que a cada ano mais de 12 milhões de pessoas no mundo são diagnosticadas com a doença, sendo que cerca de 8 milhões de pessoas morrem vítimas do mal. No Brasil, somente para este ano, são esperados mais de 500 mil novos casos da doença. O diagnóstico precoce ainda é o grande desafio dos profissionais da saúde para combater o câncer.

Tratamento na rede Ebserh - Em caso de diagnóstico de câncer, diversos tipos de tratamentos são disponibilizados nos hospitais filiados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). O almoxarife e fisiculturista Marcos Rodrigues de Paiva, de 35 anos, faz parte de uma extensa lista de pacientes beneficiados com a abordagem adequada. Após sofrer com uma dor um pouco acima da virilha, foi constatado que ele tinha carcinomatose peritoneal, um tipo de câncer no peritônio, membrana que recobre os órgãos localizados no abdômen.

Marcos realizou a cirurgia para tratamento no Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará (HUWC-UFC). Além da unidade, não há registro da realização desse tipo de procedimento como modalidade terapêutica regular nos hospitais públicos do Ceará. ”Os profissionais trabalham em conjunto para que esse paciente não só faça o tratamento como saia vivo desse procedimento de grande porte”, pontua Marcelo Leite, cirurgião e professor-adjunto do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da UFC.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social da Ebserh com Informações do Inca e dos HUFs da Rede Ebserh

Foto: Hupaa-Ufal.

Registrado em:
Assunto(s): câncer
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página