Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Promoção da Saúde > 22 de setembro – Dia Nacional da Saúde de Adolescentes e Jovens
Início do conteúdo da página
Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 22 de Setembro de 2017, 14h45
  • Última atualização: 22/09/17 16h13

22 de setembro – Dia Nacional da Saúde de Adolescentes e Jovens

Autonomia, o sigilo e privacidade. Esses são alguns direitos dos adolescentes e jovens durante o atendimento de saúde, além de serem atendidos desacompanhados dos pais e responsáveis, caso seja da vontade deles.

caderneta adolescente No dia 22 de setembro é comemorado o Dia Nacional da Saúde de Adolescentes e Jovens. A data chama a atenção para os direitos que as pessoas entre 10 e 24 anos possuem no Sistema Único de Saúde (SUS).

O papel de garantir a cada adolescente e jovem o direito à vida e à saúde é de todos: governos (federal, estadual e municipal), sociedade, comunidade e família. Todo adolescente e jovem tem o direito de ser atendido na rede de saúde. Caso prefira, ele pode ser atendido desacompanhado dos pais e responsáveis, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Durante o atendimento, o profissional de saúde deve preservar o direito à autonomia, ao sigilo e à privacidade de adolescentes e jovens, bem como de não discriminar em razão de alguma deficiência física, mental, sorológica (HIV/aids) ou por questões de sexo, cor, etnia, orientação sexual e estilo de vida.

Caderneta de Saúde de Adolescentes

A adolescência é uma fase rica em descobertas e mudanças. Para curtir a vida e desenvolver todas as suas capacidades é preciso de muita saúde. Aprender a cuidar do próprio bem-estar físico, emocional, psicológico, espiritual e social é um dos desafios mais importantes para uma vida saudável. A Caderneta de Saúde do Adolescente ajudará a acompanhar as transformações que ocorrem em seu corpo, a se informar sobre os seus direitos

Veja a caderneta: Menino e Menina

Adolescentes e jovens também têm o direito de participar de forma ativa das ações de saúde de sua comunidade, apresentando propostas e construindo junto com as equipes de saúde e gestão, iniciativas e estratégias que sejam eficazes para proteção, promoção e recuperação de sua saúde.

Mas ter saúde é muito mais do que ter acesso aos serviços do SUS. É também é estar na escola, ter acesso a bens culturais, fazer amizades, passear, divertir-se, namorar, fazer alguma atividade física, alimentar-se bem, enfim, ser feliz!

Conheça os serviços disponíveis nas unidades de saúde a adolescentes e jovens

  • Ser atendido mesmo se estiver desacompanhado dos pais ou responsáveis;
  • Receber orientações sobre cuidados à saúde e saúde bucal;
  • Receber orientações sobre saúde sexual e reprodutiva;
  • Realizar teste rápidos que identificam infecções sexualmente transmissíveis (IST's), como AIDS etc..
  • Receber tratamento de IST’s;
  • Receber todas as vacinas que necessita em sua faixa etária (hpv, meningocócica C, hepatite B, entre outras);
  • Realizar teste de gravidez;
  • Receber acompanhamento pré-natal, parto e pós parto.

E ainda, receber gratuitamente

  • Caderneta de Saúde de Adolescentes do menino e da menina;
  • Preservativos - camisinha masculina ou feminina;
  • Métodos contraceptivos - pílulas anticoncepcionais, anticoncepcionais injetáveis, DIU etc..
  • Contracepção de emergência - pílula do dia seguinte;
  • Outras medicações.

Fonte: Coordenação Geral de Saúde dos Adolescentes e Jovens 

Autonomia, o sigilo e privacidade. Esses são alguns direitos dos adolescentes e jovens durante o atendimento de saúde, além de serem atendidos desacompanhados dos pais e responsáveis, caso seja da vontade deles.

No dia 22 de setembro é comemorado o Dia Nacional da Saúde de Adolescentes e Jovens. A data chama a atenção para os direitos que as pessoas entre 10 e 24 anos possuem no Sistema Único de Saúde (SUS).

O papel de garantir a cada adolescente e jovem o direito à vida e à saúde é de todos: governos (federal, estadual e municipal), sociedade, comunidade e família. Todo adolescente e jovem tem o direito de ser atendido na rede de saúde. Caso prefira, ele pode ser atendido desacompanhado dos pais e responsáveis, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Durante o atendimento, o profissional de saúde deve preservar o direito à autonomia, ao sigilo e à privacidade de adolescentes e jovens, bem como de não discriminar em razão de alguma deficiência física, mental, sorológica (HIV/aids) ou por questões de sexo, cor, etnia, orientação sexual e estilo de vida.

Caderneta de Saúde de Adolescentes

A adolescência é uma fase rica em descobertas e mudanças. Para curtir a vida e desenvolver todas as suas capacidades é preciso de muita saúde. Aprender a cuidar do próprio bem-estar físico, emocional, psicológico, espiritual e social é um dos desafios mais importantes para uma vida saudável. A Caderneta de Saúde do Adolescente ajudará a acompanhar as transformações que ocorrem em seu corpo, a se informar sobre os seus direitos

 

Veja a caderneta MeninoMenina

 

Adolescentes e jovens também têm o direito de participar de forma ativa das ações de saúde de sua comunidade, apresentando propostas e construindo junto com as equipes de saúde e gestão, iniciativas e estratégias que sejam eficazes para proteção, promoção e recuperação de sua saúde.

Mas ter saúde é muito mais do que ter acesso aos serviços do SUS. É também é estar na escola, ter acesso a bens culturais, fazer amizades, passear, divertir-se, namorar, fazer alguma atividade física, alimentar-se bem, enfim, ser feliz!

 

Conheça os serviços disponíveis nas unidades de saúde a adolescentes e jovens

Ser atendido mesmo se estiver desacompanhado dos pais ou responsáveis;

Receber orientações sobre cuidados à saúde e saúde bucal;

Receber orientações sobre saúde sexual e reprodutiva;

Realizar teste rápidos que identificam infecções sexualmente transmissíveis (IST's), como AIDS etc..

Receber tratamento de IST’s;

Receber todas as vacinas que necessita em sua faixa etária (hpv, meningocócica C, hepatite B, entre outras);

Realizar teste de gravidez;

Receber acompanhamento pré-natal, parto e pós parto.

 

E ainda, receber gratuitamente:

 

- Caderneta de Saúde de Adolescentes do menino e da menina;

- Preservativos - camisinha masculina ou feminina;

- Métodos contraceptivos - pílulas anticoncepcionais, anticoncepcionais injetáveis, DIU etc..

- Contracepção de emergência - pílula do dia seguinte;

- Outras medicações.

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página