Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Promoção da Saúde > Lavar as mãos: ato simples previne doenças
Início do conteúdo da página
Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 13 de Outubro de 2017, 18h12
  • Última atualização: 02/04/18 16h18

Lavar as mãos: ato simples previne doenças

 Para a prevenção de doenças transmissíveis, água e sabão nunca são demais. O alerta ganha ainda mais força quando direcionado às pessoas que usam o transporte público.

lavar as mãos - caimacanul“A doença vai embora junto com a sujeira. Verme, bactéria, mando embora embaixo da torneira”. O compositor Arnaldo Antunes fez uma grande contribuição à saúde pública quando compôs “Lavar as Mãos”. A música, que foi sucesso nos anos 80 no programa infantil Castelo Ra-Tim-Bum, faz um alerta importante para as crianças e adultos: a higienização das mãos deve acontecer diariamente e com frequência.

Para a prevenção de doenças como herpes, gripe e outras viroses, água e sabão nunca são demais. Lavar as mãos é ato reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um dos principais instrumentos contra epidemias. Um estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostrou que 41% das mortes de recém-nascidos podem ser evitadas pelo simples ato de higienizar as mãos, jogando literalmente água a baixo a infecção trazida por vírus e bactérias.

“A transmissão de microrganismos pode acontecer de quatro formas, tanto pelo contato direto, contato indireto, as gotículas das secreções respiratórias ao espirrar ou tossir e mesmo pelo ar. E como nossas mãos estão sempre em contato com o meio ambiente constantemente, elas tornam-se mais vulneráveis à transmissão desses microrganismos”, explica o diretor substituto do Departamento de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Ricardo Gadelha.

Você sabe lavar as mãos? Olha aí um passo a passo

• Usar sabão ou detergente;
• Esfregar as palmas das mãos;
• Esfregar todos os dedos e os espaços entre os dedos;
• Esfregar as pontas dos dedos e as unhas;
• Retirar o sabão com água e enxugar bem, com um pano limpo.

 

Higiene contra doenças

O bibliotecário JeanLuiz Monteiro conta que lavar as mãos é uma prática que ele não abandona. “Como eu trabalho com biblioteca, já tive que manusear livros velhos, eu adquiri esse hábito. Eu prefiro lavar a mão com mais regularidade, no dia-a-dia mesmo e quando vou ao banheiro. É costume desde criança”, conta.

E se depender do Jean, as crianças que convivem com ele também vão aprender a higienizar as mãos com frequência. “Eu tenho muitos sobrinhos mais novos e quando saem comigo eu sempre cobro que eles lavem as mãos quando vão ao banheiro”.

Como e quando lavar as mãos

Para higienizar, o ideal é água e sabão, porque a água sozinha, neste caso, não é o suficiente para eliminar vírus e bactérias. A recomendação é de sempre lavar as mãos:

• Antes e após o preparo de alimentos;
• Antes de comer;
• Antes e após tratar qualquer machucado, principalmente em crianças;
• Antes e depois de entrar em contato com pessoas doentes e
• Sempre depois de usar o banheiro.

Lavar as mãos quando for ao banheiro também é muito importante, alerta Ricardo Gadelha. “O vaso sanitário contém uma quantidade enorme de microrganismos que a pessoa, quando não lava as mãos, além de transmitir para as demais, ainda pode também se auto contaminar”.

O alerta ganha ainda mais força quando direcionado às pessoas que usam o transporte público. “Elas estão lidando com um ambiente totalmente infectado. Elas pegam em dinheiro, pegam em corrimão, em assento. Tem que procurar higienizar as mãos logo ao descer [do transporte]”, explica.

Profissionais de saúde

Se no dia a dia este ato é extremamente importante para todo mundo, imagine para os profissionais de saúde? “Eles devem lavar as mãos antes e logo após o atendimento. Essas pessoas recebem pessoas doentes, depois utilizam o celular, pegam em equipamentos e instrumentos que outras pessoas compartilham e acabam também transmitindo ou então sendo contaminadas”. Neste caso não são apenas recomendações, mas regra de higiene quando o ambiente em questão é uma unidade de saúde.

A estudante de enfermagem Kênia Gongalves já na faculdade é cobrada para manter sempre as mãos limpas. “Não tem como esquecer né? É protocolo. Mãos limpas sempre pra minha segurança e de quem vou atender”, diz.

Dia Mundial de Lavar as Mãos

Ter as mãos limpas é tão importante para a saúde que tem uma data dedicada a isso: o Dia Mundial de Lavar as Mãos, lembrado sempre no dia 15 de outubro. A data é usada por governos e organizações sanitárias para incentivar a lavagem das mãos e fazer com que isso faça parte do cotidiano de todos.

Erika Braz, para o Blog da Saúde 

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página