Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Promoção da Saúde > Dia Nacional de Luta contra o Reumatismo
Início do conteúdo da página
Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 31 de Outubro de 2018, 16h09
  • Última atualização: 01/11/18 11h49

Dia Nacional de Luta contra o Reumatismo

 Comemoração alerta sobre a necessidade do diagnóstico precoce e tratamento adequado das doenças reumáticas

44977625 2279200138765256 6525704637310304256 n

Celebrado no dia 30 de outubro, o Dia Nacional de Luta contra o Reumatismo chama atenção da população sobre prevenção e tratamento das doenças reumáticas, também conhecidas como reumatismo. A data é de extrema importância, já que, se não forem tratadas, essas doenças podem impactar de forma significativa a qualidade de vida dos pacientes.

É importante lembrar que reumatismo não é uma doença em si, mas sim um termo que reúne um grupo de mais de 100 doenças que acometem o aparelho locomotor. Normalmente, essas enfermidades afetam as articulações, ossos, tendões e músculos. Mas, algumas doenças reumáticas também podem comprometer outras partes e funções do corpo humano, como rins, coração, pulmões, olhos, intestino e até a pele. Entre elas, as mais comuns são artrite reumatoide, artrose, osteoporose, gota, tendinites e bursites, febre reumática e fibromialgia.

 

Dores incapacitantes

Eliane Almeida, 49 anos, convive há 8 anos com um desses males, a bursite. “Há um tempo minha família e eu optamos por morar em chácara e ter uma vida mais natural. A gente fazia muitos queijos em casa, eu pegava muito peso, levantava galões de leite e fazia muitos exercícios repetitivos. Com o tempo comecei a sentir dores muito intensas no braço, algumas vezes eu não conseguia nem dormir. Procurando um médico, fiz alguns exames e descobri que tinha bursite, que na época estava bem inflamada”, lembra.

Eliane conta ainda que por causa da bursite começou a sofrer com várias limitações, até para as funções mais simples do dia a dia. “Às vezes não consigo nem pentear o cabelo, hoje tenho bastante dificuldades ao utilizar o braço direito, principalmente porque as dores também se estenderam para a mão. Quando as dores pioram, não consigo lavar uma louça ou pegar alguma coisa com a mão direita”, lamenta.

Fique atento aos principais sintomas das doenças reumáticas:

8

- Dores nas articulações, principalmente por mais de seis semanas;
- Vermelhidão, calor e inchaço nas articulações;
- Dificuldade para movimentar as articulações ao acordar;
- Dores ao esticar os braços sobre a cabeça;
- Dores ao elevar os ombros até tocar o pescoço.

Tratamento

O tratamento às doenças reumáticas é garantido pelo Sistema Único de Saúde. Os cuidados dessas doenças incluem tratamentos diversos (com a utilização de práticas integrativas e complementares, exercícios, terapia física, entre outros) e também tratamento farmacológico (com o uso de medicamentos).

Alguns tratamentos específicos para determinadas doenças reumáticas e doenças osteomusculares seguem Protocolos Clínicos de Diretrizes Terapêuticas do Ministério da Saúde. São eles: Artrite Psoríaca, Artrite Reativa, Artrite Reumatoide, Dermatopoliomiosite e Polimiosite, Doença de Paget, Osteíte Deformante, Doença Falciforme, Dor Crônica, Espondilite Ancilosante, Espondilose, Hiporatireoidismo, Lúpus Eritematoso Sistêmico, Osteodistrofia Renal e Osteoporose. Esses protocolos trazem informações detalhadas sobre como se proceder quanto ao diagnóstico, tratamento, controle e acompanhamento dos pacientes.

 

Janaina Bolonezi, para o Blog da Saúde. 

 

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página