Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Promoção da Saúde > Nova campanha de combate à sífilis chama atenção para a prevenção e o tratamento da doença
Início do conteúdo da página
Promoção da Saúde
  • publicado
  • Publicado: Terça, 27 de Novembro de 2018, 14h56
  • Última atualização: 29/11/18 10h47

Nova campanha de combate à sífilis chama atenção para a prevenção e o tratamento da doença

Assinada pelo Projeto Sífilis Não, a campanha tem como alvo população sexualmente ativa, gestantes e profissionais de saúde

xx29542147 1804804299822997 7768233934399209472 nComeçou a ser veiculada nesta quarta-feira (22) a campanha “Teste, Trate e Cure” que tem como objetivo lembrar as pessoas sobre a importância da prevenção, do diagnóstico e do tratamento da sífilis. A ação tem como alvo as gestantes e suas parcerias sexuais, e a população sexualmente ativa em geral e profissionais de saúde.

A campanha é realizada no âmbito do projeto Sífilis Não, uma parceria entre o Ministério da Saúde e a Universidade do Rio Grande do Norte que tem como objetivo, entre outros, ampliar o acesso da população ao diagnóstico e ao tratamento na rede básica de saúde.

A campanha conta com cinco filmes criados para as populações prioritária (jovens, gestantes, população sexualmente ativas e profissionais de saúde) e um vídeo clipe protagonizados por Márcio Victor, percursionista e cantor do grupo baiano Psirico e Mc Rita, cantora mirim revelada no Youtube. Este material será veiculado no canal do Kondzilla: maior canal de vídeos da internet.

Além dos vídeos, a campanha conta com perfis em redes sociais que farão a interlocução das temáticas da sífilis, esclarecendo dúvidas e difundindo informações através de interação com os internautas. A página oficial da campanha é www.sifilisnao.com.br. Lá você encontra todo conteúdo, além de complementos como o curso educativo específico para depiladoras. Neste curso estas profissionais são capacitadas a identificar sinais de sífilis em suas clientes.

Fonte: Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

 

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página