Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Serviços

Serviços
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 01 de Junho de 2018, 15h01
  • Última atualização 01/06/18
  • 15h03

É possível devolver ou trocar um medicamento nas farmácias?

medicamentosONUA resposta é: depende!

A Lei 8.078/90, Artigo 18, do Código do Consumidor (CDC), assegura que em casos de medicamentos dispensados em que o paciente verifique posteriormente um desvio de qualidade – alterações de aspecto, cor, odor, sabor, número de comprimidos na embalagem, volume ou presença de corpo estranho ou validade do produto - o estabelecimento farmacêutico deverá obrigatoriamente aceitar a devolução e dar direito ao cliente de escolher entre: substituir o medicamento (por outro) da mesma espécie em perfeitas condições de uso; restituir de forma imediata a quantia paga ou realizar o abatimento proporcional do preço no momento da compra.

Comentário (0) Hits: 4857
Registrado em:
Doação de leite
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 16 de Maio de 2018, 19h39
  • Última atualização 17/05/18
  • 20h34

Os dois lados da doação de leite materno

 Duas mães contam para o Blog da Saúde suas experiências com a doação de leite materno: uma conta como o leite ajudou o filho prematuro; a outra expressa como ama poder doar

doação de leite arthurQuem tem um filho recém-nascido internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) sabe a importância de 1 ml de leite doado. Há quase dois anos, nascia Arthur Tadashi, 760 gramas, prematuro de 28 semanas. A mãe dele, Luciana Toshimi, lembra como o leite materno doado foi importante para a recuperação. “As doações eram muito importantes porque não era sempre que eu tinha quantidade de leite que ele precisava. Às vezes, 1 ml que fosse já ajudava”, conta.

É por isso que o Ministério da Saúde lança todos os anos uma campanha nacional de doação de leite materno. Qualquer quantidade de leite humano é importante para estes bebês. O leite doado é destinado a crianças prematuras, de baixo peso, que estão internadas e não podem ser alimentadas diretamente no seio da mãe. Dependendo do tamanho do prematuro, 1 ml de leite humano já é suficiente para nutri-lo cada vez que ele for alimentado, como destacou a mãe do Arthur.

Comentário (0) Hits: 1681
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 27 de Abril de 2018, 10h26
  • Última atualização 27/04/18
  • 10h40

Fiocruz investe em pesquisas de medicamentos para malária

farmacologia2017 materiaA Farmacologia Aplicada adota uma abordagem de combate diretamente no parasito (foto: Alexandre Matos)Na quarta-feira (25/4), foi celebrado o Dia Mundial de Luta contra a Malária, uma das principais doenças negligenciadas que, somente em 2016, levou cerca de 445 mil pessoas ao óbito em todo o mundo. No Brasil, os números são alarmantes: foram notificados 194 mil casos em 2017, crescimento de 50% em relação ao ano anterior. Diante deste cenário desafiador, o Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz) atua com uma série de iniciativas para enfrentamento da enfermidade: oferece um medicamento capaz de curar em até três dias, o artesunato+mefloquina (ASMQ); possui uma lista de produtos especificamente para a patologia; e conta com grupos de pesquisa que elaboram novos estudos sobre o tema.

Comentário (0) Hits: 1349
Registrado em:

Liberados R$ 68 milhões para os hospitais universitários federais

 Valores são oriundos do Rehuf e contemplam 48 unidades hospitalares Os hospitais universitários federais já podem contar com um reforço financeiro de mais R$ 68 milhões. Os...

  • publicado
  • 26/04/18
  • 10h42
Comentário (0) Hits: 858

Jogador de futebol Edinson Cavani se une à OPAS para promover vacinação

O jogador de futebol uruguaio Edinson Cavani se uniu à Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) em uma campanha que buscar gerar consciência sobre o poder das vacinas para...

  • publicado
  • 25/04/18
  • 10h56
Comentário (0) Hits: 883

Confira os novos genéricos aprovados para comercialização no Brasil

 Entre os produtos inéditos, estão novas opções terapêuticas para pacientes com HIV e hipertensão arterial. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de...

  • publicado
  • 24/04/18
  • 10h24
Comentário (0) Hits: 1526

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página