Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Sangue
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 30 de Julho de 2015, 11h00
  • Última atualização: 30/07/15 13h52

Doa-se

Todos nós já nos deparamos com apelos nas redes sociais de pedidos de doação de sangue. Acostumados a ver estes apelos, três amigos de São Paulo resolveram usar a criatividade para colaborar. Foi assim que Mateus Oliveira, Vinicius Sakamoto e Rafael Rodrigues criaram a campanha Doa-se.

Os cidadãos são convidados a fazer uma brincadeira: colar a conhecida placa de ‘VENDE-SE’ em seus carros, mas com a palavra ‘DOA-SE’. Claro que a placa vai chamar a atenção daqueles que passam. Ao se aproximar da mensagem, será possível entender que se trata de um incentivo à doação de sangue. O curioso lerá a frase “Doar sangue não chama tanto à atenção, mas ajuda muito mais. Entre nessa campanha. Ligue agora e agende sua doação”.

 

O publicitário Vinícius Sakamoto, um dos criadores da campanha, conta que a ideia surgiu da vontade de poder ajudar. “Víamos tantos pedidos de doação de sangue que nos juntamos para pensar uma forma diferente de ajudar quem precisa”. Com apenas um mês de lançamento já foram feitos mais de 6 mil downloads das plaquinhas. O grupo ainda imprime algumas unidades e distribui em locais movimentados de São Paulo.

A campanha foi abraçada por outras pessoas. Vinícius conta que já soube de duas histórias curiosas. “Um dos casos aconteceu no Rio de Grande de Sul. Um dono de uma farmácia passou a entregar as plaquinhas para os clientes. Ele também começou a fazer um sistema de carona solidária, no próprio carro, para doação de sangue incentivado pela ação. Outro fato interessante foi com um comerciante de carros, que coloca as placas nos veículos que estão à venda. O sucesso foi tanto que ele também começou a distribuir as placas para os clientes”.

Para participar da campanha, basta acessar o site e preencher o Código de Endereçamento Postal (CEP) da região. Automaticamente o site indica o hemocentro mais próximo e gera a placa para ser impressa.

Conheça mais sobre a doação de sangue no Brasil:

• No Brasil, a doação de sangue é 100% voluntária.
• Atualmente, 1,8% da população brasileira doa sangue. Embora o percentual esteja dentro dos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) – de que pelo menos 1% da população seja doadora – o Ministério da Saúde trabalha para aumentar este índice.
• O sangue é essencial para os atendimentos de urgência, realização de cirurgias eletivas de grande porte e tratamento de pessoas com doenças crônicas, como falciforme e a Talassemia, além de doenças oncológicas variadas que necessitam de transfusão frequentemente.
• Entre 2013 e 2014, houve aumento de 4,5% nas coletas de bolsa de sangue, passando de 3,5 milhões para 3,7 milhões. Já as transfusões de sangue aumentaram 6,8. Atualmente, existem 32 hemocentros coordenadores e 530 serviços de unidades coleta (hemocentros regionais e núcleos de hemoterapia) distribuídos por todo o País. Para doar, basta ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido antes dos 60 anos, pesar mais de 50 quilos e estar saudável. Saiba mais sobre como doar sangue.

Fonte: Gabriela Rocha/ Blog da Saúde

Registrado em:
Assunto(s): doação , sangue , doa-se
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página