Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > TALASSEMIA: Manual do Ministério da Saúde vai orientar o tratamento
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Sábado, 21 de Maio de 2016, 10h30
  • Última atualização: 19/05/16 17h00

TALASSEMIA: Manual do Ministério da Saúde vai orientar o tratamento

Atualmente, cerca de mil brasileiros vivem com talassemia, uma doença hereditária caracterizada pela redução do nível de hemoglobina no sangue, que é uma substância responsável pelo transporte de oxigênio no organismo. O coordenador-geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, João Paulo Baccara, dá mais detalhes sobre a talassemia.

“É uma doença herdada dos pais e as pessoas que têm essa doença possuem uma vasta gama de sintomas, que vão desde uma anemia persistente ao aumento do baço, distúrbios cardíacos e endócrinos, atraso no crescimento e na maturação sexual, além de infecções recorrentes”.

O Ministério da Saúde lançou um manual para orientar o tratamento da doença, conforme destaca o coordenador-geral de Sangue e Hemoderivados, João Paulo Baccara.

Manual Talassemias Beta

 

“Esse manual, a importância dele é que ele é composto de vasto material que facilita muito a questão da orientação técnica da assistência multiprofissional aos pacientes, cuidado de enfermagem, qualidade de vida, adesão ao tratamento e, também a questão das redes de atenção à saúde. A talassemia não é uma doença tão frequente. Mas é uma doença que leva a alguns agravos e o Ministério se dedica a ela, com bastante cuidado, para que essas pessoas tenham minimizado todo o seu quadro clínico”.

Além do manual, o Ministério da Saúde também lançou a Caderneta da Pessoa com Talassemia, onde o profissional de saúde registra todo o histórico do paciente, o que traz mais qualidade ao atendimento. Para mais informações, acesse a página do Ministério da Saúde. O endereço é www.saude.gov.br.

Reportagem: Luiz Philipe Leite

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página