Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > Inca lança vídeo com orientações para pacientes após mastectomia
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 13 de Junho de 2016, 11h47
  • Última atualização: 13/06/16 11h59

Inca lança vídeo com orientações para pacientes após mastectomia

Cuidados com o curativo, com o dreno, com o braço do lado da cirurgia para quem fez esvaziamento axilar, além de atenção aos sinais das possíveis complicações da cirurgia que precisam ser levados ao conhecimento da equipe de saúde. São muitas as informações que a paciente precisa absorver sobre os cuidados necessários em casa logo após a cirurgia de mastectomia (retirada de uma ou ambas as mamas). Para auxiliar nesse processo, o INCA acaba de lançar e disponibilizar on-line o vídeo “Orientações de alta para mulheres mastectomizadas".

O vídeo explica de forma didática os cuidados necessários após a realização de cirurgia de mastectomia. “Percebemos que as mulheres ficavam com várias dúvidas sobre as orientações que são dadas em grupo no dia em que a paciente recebe a alta hospitalar", explica o enfermeiro do INCA Felipe Bordallo, idealizador do vídeo. “A alta acontece um dia após a realização da cirurgia, então a paciente recebe muitas orientações (duram cerca de uma hora), em um momento de ansiedade", ressalta. Com o vídeo, as pacientes e seus familiares poderão consultar as informações em casa sempre que precisarem.

 O projeto foi construído durante o mestrado profissionalizante de Felipe, que fez entrevistas com vinte pacientes e observou dez grupos de orientações de alta para identificar necessidades. Algumas pacientes relataram que o tempo no grupo era longo e cansativo e que a quantidade de informação era muito grande. A partir do resultado das observações, surgiu a ideia da elaboração de um vídeo, como forma mais compacta de transmitir a informação.

A atriz Cissa Guimarães participou do projeto e gravou a abertura e o fechamento do vídeo: “Estou emocionada e honrada por ter participado deste projeto, foi um exercício de gratidão. Fico feliz em saber que vou poder ajudar as mulheres por meio da conscientização. É um trabalho humano, digno e bonito. Temos que continuar!".

 

Fonte: Inca

Registrado em:
Adicionar Comentário
Fim do conteúdo da página