Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > Hospital em Uberaba participa de pesquisa nacional sobre o manejo de doenças cardiovasculares
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 07 de Outubro de 2016, 11h00
  • Última atualização: 06/10/16 20h06

Hospital em Uberaba participa de pesquisa nacional sobre o manejo de doenças cardiovasculares

uberabaO Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) vai participar de um estudo destinado a reunir informações sobre o tratamento ambulatorial de doenças cardiovasculares no país.

Trata-se do Registro Pinnacle Brasil, coordenado pela Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, como parte de uma estratégia internacional da American College of Cardiology Foundation.

A expectativa é de que sejam realizadas 20 mil consultas médicas, durante dois anos, em 500 centros de pesquisa brasileiros. Cada paciente inserido será acompanhado durante 12 meses. O objetivo principal é traduzir a melhor evidência disponível em tratamento clínico de rotina em quatro grandes áreas: doença arterial coronária, fibrilação atrial, insuficiência cardíaca e hipertensão arterial sistêmica.

Parâmetros

“O maior benefício dos resultados será conhecer melhor o manejo dessas doenças, em busca de melhorias nas políticas públicas de saúde. As descobertas poderão ser revertidas em mudanças futuras nos tratamentos, de modo a deixá-los mais adequados e eficientes para os pacientes”, explica a diretora científica do NEC HC-UFTM, Lívia Figueira Avezum Oliveira.

De acordo com a médica, a análise deve apontar como tem sido a terapêutica dessas enfermidades no Brasil, sua aplicabilidade a partir das taxas de adesão e se a prática assistencial está compatível com as diretrizes científicas vigentes.

Podem participar indivíduos com mais de 18 anos, diagnosticados com alguma doença cardiovascular e que realizem acompanhamento na rede pública ou particular de saúde. O NEC já está aberto à inserção de interessados, que podem entrar em contato pelo telefone (34) 3318-5505.

Com informações do HC-UFTM

 

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página