Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > Opine na formulação do novo Protocolo Clínico para Dependência à Nicotina
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 27 de Março de 2017, 07h00
  • Última atualização: 27/03/17 10h14

Opine na formulação do novo Protocolo Clínico para Dependência à Nicotina

shutterstock 240942805Profissionais de saúde, gestores e a sociedade em geral têm até o dia 11 de abril para manifestar sua opinião, fazer críticas e dar sugestões para a Proposta de Escopo de Revisão e Atualização do Protocolo Clínico e Diretriz Terapêutica para Dependência à Nicotina. A participação deve ser feita por meio da enquete no site da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologia ao SUS (Conitec) ou pelo aplicativo nas versões disponíveis para download nas versões Android e IOS.

As ações para promover a cessação do tabagismo têm como objetivo motivar fumantes a deixarem de fumar e aumentar o acesso dos tabagistas a métodos eficazes para tratamento da dependência à nicotina. Essas ações são parte integrante do Programa Nacional de Controle do Tabagismo desde 1996.

Em 2016, o INCA assumiu o compromisso de elaboração de um novo protocolo que desse suporte ao tratamento do tabagismo no País, junto à Subcomissão Técnica de Avaliação de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas, da Conitec.

Foi constituído um Comitê para elaboração do Protocolo Clínico e Diretriz Terapêutica para Dependência à Nicotina, por representantes de diferentes órgãos governamentais e não-governamentais envolvidos diretamente com o controle do tabaco e mais especificamente com o tratamento do tabagismo.

Este grupo fez uma proposta de escopo do PCDT, a primeira etapa no processo de elaboração de um protocolo clínico baseado em evidências científicas. É esse escopo que está sendo submetido à enquete.

As enquetes da Conitec visam a dar maior publicidade e transparência ao trabalho de elaboração de PCDT desenvolvido pela Comissão.

Fonte: INCA

 

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página