Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > MS realiza ação para cuidar da saúde de indígenas no Alto Rio Negro (AM)
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 29 de Março de 2017, 19h48
  • Última atualização: 29/03/17 19h48

MS realiza ação para cuidar da saúde de indígenas no Alto Rio Negro (AM)

Mais de 300 procedimentos cirúrgicos devem ser realizados no período

WhatsApp Image 2017-03-29 at 17.26.43Chegar a locais onde normalmente os serviços de saúde não conseguem ir para tratar da população indígena é o objetivo da 38ª Expedição da Saúde, que está na região do Alto Rio Negro (AM) e será realizada até o dia 1º de abril.

A expedição começou na última sexta-feira (24), na região indígena de Yauaretê, localidade no norte da Amazônia, na fronteira com a Colômbia, onde os indígenas terão atendimento clínico, pediátrico e de média complexidade, como cirurgias oftalmológicas e clínica geral.

Para que a ação fosse realizada, foi necessária uma ação conjunta entre a Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde (SESAI/MS), e o Ministério da Defesa.

Nos primeiros três dias da ação foram realizados mais de 800 atendimentos e 153 cirurgias (91 oftalmológicas e 62 gerais). A previsão é que até o fim da Expedição sejam realizados mais de 300 procedimentos cirúrgicos.

O secretário especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Marco Antônio Toccolini, visitou as instalações da 38ª Expedição da Saúde, em Yauaretê (AM), no fim de semana passado. No local, ele conheceu a grande estrutura onde mais de 200 pessoas estão trabalhando no atendimento de aproximadamente três mil indígenas que vivem na região.

“É uma felicidade saber que uma ação dessa magnitude e com essa estrutura pode ser feita em prol dos povos indígenas do Alto Rio Negro. E isso só é possível com a parceria irrestrita junto ao Exército, FAB, EDS e, claro, nossas equipes do DSEI”, destacou Toccolini.

A visita do secretário à região amazônica segue esta semana pelo Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Alto Rio Negro, onde ele vai conhecer a estrutura do Distrito e a Casa de Saúde Indígena (CASAI), em São Gabriel da Cachoeira (AM). Por fim, ele segue para o DSEI Manaus, na capital amazonense.

O Ministério da Saúde investe recursos para o transporte logístico e de insumos para suporte aos 70 profissionais do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Alto Rio Negro envolvidos na ação, além de cinquenta voluntários e dos cerca de cem militares que vão atuar na segurança e transporte da expedição.

Janary Damacena para o Blog da Saúde

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página