Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > Faculdade de Medicina de Olinda tem consultas gratuitas
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 06 de Abril de 2017, 14h00
  • Última atualização: 06/04/17 14h11

Faculdade de Medicina de Olinda tem consultas gratuitas

Faculdade MedA população de Olinda passará a receber atendimento médico gratuito na clínica escola da Faculdade de Medicina de Olinda (PE), primeira instituição superior do curso na cidade. O Ministério da Educação inaugurou a unidade clínica nesta sexta-feira (24).

O ministro Mendonça Filho celebrou a iniciativa e destacou a importância do cuidado com a população mais carente. “O médico, para ser digno do nome, tem de ter uma característica marcante do cuidado social, a preocupação com o próximo, sobretudo com os mais pobres”, disse. “A população mais pobre também precisa de médicos qualificados e bem formados."

 

O conselheiro Gilberto Garcia, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE), também comemorou a inauguração da unidade de saúde. “O avanço que essa escola apresenta traduz o compromisso com a diretriz curricular de interação com a população mais carente, sobretudo, no que diz respeito às políticas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse.

 

Estrutura

A Faculdade de Medicina de Olinda conta com cerca de 2,8 mil m² de área construída, divididos em cinco pavimentos. “Pelas condições de ensino ofertadas e o corpo profissional reunido, eu tenho certeza de que nós teremos na FMO uma qualidade na formação médica, com profissionais dedicados, engajados e naturalmente sintonizados com essa mensagem de fazer com que as suas vidas sejam voltadas de fato para os mais pobres”, disse o ministro.

Atualmente, a instituição dispõe de sete salas de aula, laboratórios de medicina e informática, biblioteca, auditório e biotério. Um novo prédio está sendo construído em área anexa e abrigará outras dez salas de aulas.

O quadro docente conta com 52 professores, sendo 19 doutores, 12 mestres e 16 especialistas, que lecionam para 300 alunos matriculados no primeiro, segundo e terceiro períodos do curso de medicina.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Educação

 

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página