Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > Paraná e Bahia trocam experiências sobre gerenciamento de antirretrovirais
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 08 de Dezembro de 2017, 10h04
  • Última atualização: 08/12/17 10h12

Paraná e Bahia trocam experiências sobre gerenciamento de antirretrovirais

 Encontro – que será realizado na capital baiana – integra série de encontros iniciada há dois meses

logistica1Há dois meses, o Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde vem promovendo uma intensa troca de experiências sobre o gerenciamento da cadeia de suprimentos de antirretrovirais (ARV), a fim de tonar mais homogênea a logística de distribuição desses medicamentos no país.

A proposta surgiu a partir de uma Capacitação no Processo de Ressuprimento e Distribuição de Medicamentos Antirretrovirais realizada nos últimos dias 25 e 26 de setembro, em Curitiba. Nesta quarta (6/12) e quinta-feira (7/12), é a vez da Coordenação Estadual de IST, HIV/Aids e Hepatites Virais do Estado da Bahia receber a visita, em Salvador (BA), de técnicos da Coordenação Estadual de IST, HIV/Aids e Hepatites Virais do Estado do Paraná.

 

Até agora – além de Bahia e Paraná –, os encontros sobre o fluxo logístico dos medicamentos reuniram Pará e Pernambuco; Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro (município); Rio Grande do Sul e Goiás; e Roraima e Rio de Janeiro (estado). Outros estados serão contemplados no ano que vem.

Entre os tópicos abordados nos encontros estão a identificação de aspectos positivos e dificuldades no processo de abastecimento dos antirretrovirais (incluindo questões estruturais, econômicas, políticas, de gestão da informação e do uso do Sistema de Controle Logístico de Medicamentos/Siclom) nos dois estados que protagonizam cada reunião; a apresentação do mecanismo de gerenciamento logístico do estado do facilitador (dos técnicos que estão visitando os estados); e a identificação e discussão de sugestões para os problemas identificados em ambos os estados envolvidos, com proposição de possíveis encaminhamentos.

Fonte: Assessoria de Comunicação
Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV

 

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página