Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > Novo ARES é lançado na 25ª Reunião da Rede UNA-SUS
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Terça, 19 de Novembro de 2019, 12h29
  • Última atualização: 19/11/19 13h19

Novo ARES é lançado na 25ª Reunião da Rede UNA-SUS

Acervo ganha novas funcionalidades, formas de acesso e navegação para melhorar a experiência do usuário e das instituições de ensino que produzem os conteúdos inseridos na plataforma

unasusaresO Acervo de Recursos Digitais em Saúde da UNA-SUS (ARES) mudou para melhor. Com mais de 13 mil materiais educacionais de livre acesso e reutilização, a nova versão do maior acervo online de recursos educacionais em saúde da América Latina foi lançada durante a 25ª Reunião da Rede UNA-SUS, que aconteceu de 6 a 8 de novembro, em Salvador.

Reformulado a partir de princípios mundiais para repositórios digitais desenvolvidos por entidades reconhecidas internacionalmente, o ARES foi redesenhado para melhorar a experiência dos usuários de recursos educacionais em saúde, proporcionando mais acesso e motivando na construção coletiva do conhecimento.

Para conferir, acesse: https://ares.unasus.gov.br/acervo/.

“As mudanças e melhorias foram feitas para atender os usuários e as instituições da Rede UNA-SUS, que são os grandes responsáveis pelo desenvolvimento do acervo. Consequentemente, favorecemos o seu principal propósito, que é o de beneficiar os trabalhadores da saúde em todo país, oferecendo recursos educacionais abertos de qualidade e ampliando as oportunidades de aprendizado” afirma a responsável técnica do ARES, Aline Jacob.

Todo o conteúdo produzido para os cursos da Rede UNA-SUS - como e-books, áudios, vídeos, jogos, recursos multimídia e aplicativos - fica disponível no ARES. Com interface mais moderna e intuitiva, o acervo ganha novas funcionalidades e formas de acesso e navegação para melhorar a experiência do usuário e das instituições de ensino que produzem os conteúdos. Além da característica de ser multimídia, o acervo agora também possibilita a visualização de recursos, sem a necessidade de download, permitindo maior acessibilidade aos conteúdos, mesmo em áreas remotas do país onde a qualidade da internet ainda é precária.

“O ARES foi constituído com base em quatro princípios: permitir o acesso aos recursos produzidos; compartilhar os recursos produzidos pelas universidades integrantes da Rede UNA-SUS; permitir que os recursos possam ser reutilizados tanto pelos profissionais leigos do SUS como pelas instituições na composição de ofertas de ensino e aprendizagem e preservar todo esse material para que, a qualquer momento, qualquer pessoa tenha acesso a tudo isso. E foi, justamente, com o objetivo de fortalecer ainda mais esses princípios que o acervo está de cara nova”, destaca.

Dentre as principais mudanças implementadas, cabe destacar a acessibilidade pelo computador e por qualquer dispositivo móvel; formas de navegação e ferramenta de busca aos recursos mais intuitivas; possibilidade de visualização do recurso antes de fazer o download; visualização das estatísticas sobre cada recurso disponibilizado e a publicação de recursos em lote para as IES.

De acordo com o coordenador de Monitoramento e Avaliação da SE/UNA-SUS, Alysson Lemos, desde seu estabelecimento o ARES vem se constituindo em um patrimônio não apenas para o Sistema UNA-SUS, mas para todos os que produzem e utilizam de recursos educacionais abertos na área da saúde. “Essa importância se dá em função da qualidade dos recursos disponibilizados que podem ser utilizados com versatilidade por trabalhadores, estudantes, pesquisadores, professores e gestores para estudos, pesquisas, elaboração de cursos etc”, ressalta.

“Tendo em vista a importância que a UNA-SUS tem na qualificação dos profissionais de saúde de todo o país e, consequentemente, no fortalecimento do SUS, a qualidade do recurso educacional é algo que prezamos com afinco. Somos validados pelo Ministério da Saúde e contamos com profissionais de reconhecida competência e as próprias instituições de ensino superior integrantes da Rede UNA-SUS. É isso que faz do ARES esse repositório robusto e de grande importância”, destaca Aline.

Para Alysson, em um contexto onde a disponibilidade de informação é amplamente disponível o problema passa a ser a confiabilidade da mesma, que diferencia e certifique o confiável, frente a possibilidade de haver comerciais ou de outra natureza distorcendo o que é publicado.

Aline destaca que, agora, que o sistema está redondo e chega trazendo novas possibilidades, o desafio é avaliar o impacto do acervo. “Temos visitas, temos buscas e temos acesso. O que está sendo feito com esses downloads? Estão utilizando para autoaprendizagem? Precisamos de mais pesquisas para avaliar a potência do ARES e encontrar novas respostas para o Sistema UNA-SUS”.

Sobre o ARES

O Acervo de Recursos Educacionais em Saúde (ARES) é uma plataforma digital que permite o acesso, o download e a reutilização de recursos educacionais digitais desenvolvidos pelas instituições da Rede UNA-SUS para o ensino-aprendizagem de trabalhadores da saúde.

É um acervo público, com recursos em diferentes formatos, nas mais diversas temáticas da saúde, produzidos por instituições de ensino e profissionais de reconhecida competência na área da saúde para compor as ofertas educacionais do Sistema UNA-SUS, e validados pelo Ministério da Saúde.

O ARES está alinhado aos princípios do Acesso Aberto, permitindo que qualquer pessoa possa acessar, baixar, copiar, distribuir e reutilizar os recursos educacionais livremente.

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página