Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > Pesquisa Nacional da Saúde avalia recepção dos pacientes ao SUS
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 22 de Novembro de 2019, 13h49
  • Última atualização: 22/11/19 15h52

Pesquisa Nacional da Saúde avalia recepção dos pacientes ao SUS

 Jornal Internacional de Equidade em Saúde registra o uso da ferramenta PCATool na PNS para avaliação da atenção primária

avaliacao

O Ministério da Saúde e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizam no Brasil a maior pesquisa de campo realizada em um único país, usando a Ferramenta de avaliação da Atenção Primária (PCATool - na sigla em inglês). Dentro da Pesquisa Nacional da Saúde (PNS), o módulo PCATool tem perguntas que ajudam a avaliar a qualidade dos serviços de atenção primária à saúde.

Até o final do ano, serão visitadas mais de 108 mil residências, em 2.167 dos municípios do Brasil. Com o PCATool, será possível comprar os resultados do Brasil com os de outros países.

 

Um relato dessa experiência brasileira foi publicado neste mês no Jornal Internacional de Equidade em Saúde publicou a experiência do Brasil. O texto é assinado pelo secretário de Atenção Primária à Saúde, Erno Harzheim, junto com Luiz Felipe Pinto, Otavio Pereira D’Avila e Lisiane Hauser.

Criado nos Estados Unidos, os módulos do PCATool também são usados por vários países da Europa e da Ásia. A inclusão desse instrumento na PNS coloca o Brasil numa posição de liderança e referência, principalmente para os países da América Latina. A melhoria da atenção primária é uma das prioridades do Governo do Brasil. Esse nível de cuidado  é a porta de entrada do SUS e consegue resolver 80% das demandas de saúde.

Confira o texto publicado no Jornal Internacional de Equidade em Saúde (Texto em inglês)

Veja também

IBGE investiga pela primeira vez recepção dos pacientes no sistema público de saúde

Blog da Saúde

*Com informações da Agência IBGE

 

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página