Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Entenda o SUS > Serviços > Médico do trabalho ajuda a reduzir número de acidentes nas empresas
Início do conteúdo da página
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 04 de Outubro de 2017, 12h30
  • Última atualização: 04/10/17 14h42

Médico do trabalho ajuda a reduzir número de acidentes nas empresas

Médico do Trabalho

O médico do trabalho é essencial para que as ações relacionadas à prevenção de doenças e acidentes relacionados ao ambiente de trabalho. Esse profissional é responsável por avaliar e acompanhar a saúde do trabalhador, tanto no ambiente da empresa (local de trabalho), quanto no serviço público, para garantir a qualidade de vida da força laboral.

Para se ter uma ideia da importância desse profissional, basta destacar que nos últimos 10 anos, de acordo com dados dos ministérios da Saúde e do Trabalho, houve mais de um milhão de acidentes de trabalho, seja por acidente grave ou por contaminação com material biológico. Esse número pode chegar a 3,4 milhões de acidentes nos últimos cinco anos, se considerados os de natureza leve.

“No Brasil, nós temos algo em torno de um acidente de trabalho a cada 47 segundos. A maioria desses acidentes pode ser evitada. E um dos papéis desse médico do trabalho, além de avaliar a saúde do trabalhador, é também verificar no espaço de trabalho como os procedimentos e os processos se dão e como está esse ambiente, a fim de minimizar riscos”, explica a coordenadora de Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde, Karla Baêta.

Saúde Mental
A pesar dos dados referentes a transtornos mentais decorrentes das atividades laborais ainda serem incipientes, até pela dificuldade de definir a relação entre a enfermidade e o trabalho, esse grupo de agravos é a terceira causa de afastamento do trabalho.

“Realmente é um agravo que tem crescido ao longo do tempo. Então o médico do trabalho pode ajudar tanto na detecção inicial dessas doenças quanto dos fatores estressores psicossociais para reduzir esses fatores, para que as doenças não venham a acontecer. Acontecendo, esse profissional pode identificar precocemente, para que tenha tratamento adequado e um desfecho favorável”, destaca Baêta.

O médico do trabalho, junto com o engenheiro de segurança, pode detectar os potenciais fatores de risco no ambiente de trabalho, de forma a minimizar os acidentes.

Dia do Médico do Trabalho
04 de outubro é o Dia da Medicina e do Médico do Trabalho. A data é importante para lembrar que esses profissionais fazem parte da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast).

“Independente de onde este médico esteja trabalhando, ele faz parte dessa rede. A gente pretende que ele chegue cada vez mais próximo da rede para ofertar ao trabalhador brasileiro qualidade de vida no trabalho, menos morte, menos adoecimento”, finaliza Baêta.

A Renast foi criada em 2002 com o objetivo de disseminar ações de saúde do trabalhador, articuladas às demais redes do Sistema Único de Saúde (SUS), com foco na promoção, assistência e vigilância para o desenvolvimento das ações de Saúde do Trabalhador. Fazem parte da Rede os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), que apoiam o desenvolvimento das ações de saúde do trabalhador em todos os níveis de atenção, bem como executar ações de fiscalização, investigação e análise de causalidade entre o trabalho e o adoecimento. No Brasil, atualmente existem 214 centros habilitados, sendo 27 estaduais e 187 regionais.

Luiz Philipe Leite para o Blog da Saúde

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página