A exibição do player de áudio desta página depende de javascript. Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 16 de Abril de 2015, 18h05
  • Última atualização 16/04/15
  • 18h16

O preocupante cenário da obesidade infantil

Crédito: Malyshev Oleg

A máxima antiga que dizia que criança gordinha é criança saudável já não é mais uma verdade. Enquanto os índices mostram a redução da desnutrição no Brasil, o número de crianças acima do peso vem aumentando. Segundo a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, o último material realizado pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde, uma em cada três crianças de 5 a 9 anos está acima do peso recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Já o déficit de altura (importante indicador de desnutrição) caiu de 29,3% (1974-75) em para 7,2% (2008-09).

O quadro atual de excesso de peso em todo o país preocupa. Mais de 50% da população adulta que vive no Brasil está com excesso de peso, de acordo com a pesquisa Vigitel, Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, realizada pelo Ministério da Saúde em 2014.

Para combater esta preocupante situação, o SUS dispõe de grupos multidisciplinares para incentivar a mudanças de hábitos alimentares e, por consequência, a perda de peso. Confira a matéria do Blog da Saúde.

Comentário (0) Hits: 19155
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 16 de Abril de 2015, 11h50
  • Última atualização 16/04/15
  • 18h10

Obesidade estabiliza, mas excesso de peso aumenta entre as pessoas que vivem no Brasil

Crédito: Lisa S.O índice de obesidade está estável no país. Porém, mais de 50% da população adulta que vive no Brasil está com excesso de peso. É o que aponta a pesquisa Vigitel, Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, realizada pelo Ministério da Saúde em 2014.

No entanto, o levantamento mostra também que o brasileiro passou a praticar mais atividade física e a se alimentar melhor nos últimos anos. Segundo o ministro da Saúde, Arthur Chioro, se não fosse pelo aumento desses hábitos saudáveis no país, o percentual de pessoas com peso acima do ideal poderia ser ainda maior no Brasil.“Se não tivéssemos esse aumento importante na atividade física e ao mesmo tempo impactos significativos em uma alimentação mais saudável. Com aumento da ingestão das hortaliças, das frutas. Diminuição do refrigerante, da carne vermelha, junto com essa impacto da atividade física. Nós provavelmente teríamos uma carga de obesidade e sobrepeso muito significativa, seguindo a tendência mundial. Nós temos muito que comemorar, mas, ao mesmo tempo conclamar a sociedade brasileira, a continuar enfrentando o tema da alimentação saudável e das práticas as atividades físicas, como uma necessidade, uma vida mais saudável para cada um dos brasileiros. Mas, acima de tudo para a própria saúde do Brasil”.

A pesquisa Vigitel 2014 aponta também que as pessoas com mais tempo de estudo são as que conseguem melhor combater a obesidade e o excesso de peso. É o que explica a diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis do Ministério da Saúde, Deborah Malta. “A escolaridade como fator de proteção para o excesso de peso e obesidade. Possivelmente porque tem mais informação, mais acesso a alimentação saudável, mais prática de atividade física. Escolhas mais saudáveis. Isso é bastante descrito na literatura. Nós, já observamos isso em outros países, especialmente nos EUA. E agora o Vigitel mostra isso, com muita clareza. Isso pode ser também para o futuro, um fator muito importante no sentido de deter a obesidade, o excesso de peso”.

Comentário (0) Hits: 3260
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 16 de Abril de 2015, 11h16
  • Última atualização 16/04/15
  • 11h16

UNODC leva exposição " Liberdade de Olhar" ao 13º Congresso da ONU sobre Prevenção ao Crime e Justiça Criminal em Doha

A exposição "A Liberdade de Olhar", que revela o cotidiano de dois presídios brasileiros através dos olhares de detentos, detentas, funcionários e funcionárias do sistema penitenciário, foi lançada hoje no 13º Congresso das Nações Unidas sobre Prevenção ao Crime e Justiça Criminal em Doha. A exposição foi levada pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e estará aberta entre os dias 13 e 15 de abril.

A exposição "A Liberdade de Olhar" é resultado de duas oficinas de fotografia realizadas em agosto de 2013 com 17 internos e 18 profissionais da Penitenciária Feminina Madre Pelletier e do Presídio Central de Porto Alegre. No total, mais de 100 imagens que retratam o cotidiano dos dois presídios, clicadas nas oficinas por quem vive essa realidade todos os dias, serão exibidas em impressões e numa projeção junto a relatos dos participantes.

As atividades fazem parte de um projeto do UNODC no Brasil, em parceria com o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais e com o apoio da União Europeia no Brasil, que tem como objetivo desenvolver uma metodologia de capacitação e sensibilização sobre direitos humanos no sistema penitenciário. A proposta é utilizar imagens que retratem situações de vulnerabilidade relacionadas à promoção e/ou à violação de direitos humanos no cotidiano das prisões para promover uma discussão sobre o assunto, com foco em questões de gênero, violência e saúde, mais especificamente na prevenção da aids, das hepatites virais e da tuberculose.

Comentário (0) Hits: 1961
Registrado em:

Ministro da Saúde inaugura Unidade Básica de Saúde em Curitiba

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, inaugura nesta quinta-feira (16) em Curitiba/PR a da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Coqueiros. A nova UBS ajudará na expansão da assistência em...

  • publicado
  • 15/04/15
  • 17h55
Comentário (0) Hits: 2610

Obesidade estabiliza no Brasil, mas excesso de peso aumenta

O índice de obesidade está estável no país, mas o número de brasileiros acima do peso é cada vez maior. Pesquisa do Ministério da Saúde, Vigitel 2014, alerta que o excesso de peso...

  • publicado
  • 15/04/15
  • 13h50
Comentário (0) Hits: 31918

Saiba por que carne com gordura faz mal para a saúde

O garçom Alan Almeida adora comer carne vermelha gordurosa. Ele acredita que quanto mais gordura a carne tiver, mais saborosa a carne vai ficar. “Eu prefiro gorda, geralmente, se for...

  • publicado
  • 15/04/15
  • 12h50
Comentário (0) Hits: 17082

Facebook

Twitter

Instagram

TV Saúde

Web Rádio Saúde

TUBERCULOSE: Ministério da Saúde lança Plano Nacional para enfrentar a doença 

Flickr Saúde

Central de Arquivos

Setembro 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1
Fim do conteúdo da página