A exibição do player de áudio desta página depende de javascript. Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 13 de Março de 2015, 16h01
  • Última atualização 13/03/15
  • 16h01

Ministério da Saúde e Anvisa lançam projeto para modernizar vigilância no Porto de Santos

Aprimorar o desempenho e dar celeridade às ações de vigilância sanitária no Porto de Santos, maior porto da América Latina, com a melhoria da infraestrutura e aumento da força de trabalho. Este é o objetivo do Projeto Piloto de Reestruturação Posto de Vigilância Sanitária de Portos, Aeroportos e Fronteiras que será lançado nesta sexta-feira (13), em Santos (SP). A iniciativa poderá, após a avaliação dos resultados do projeto, se estender para outros postos de fiscalização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) instalados em Portos, Aeroportos e Fronteiras. Participam do evento, os ministros da Saúde, Arthur Chioro, e da Secretaria dos Portos, Edinho Araújo, além do Diretor-Presidente da Anvisa, Jaime Oliveira.

Com as ações, a expectativa é de acelerar os processos realizados pela agência em Santos. Atualmente, o tempo de análise dos processos de importação é de, em média, 24 dias. Com a ampliação de servidores e melhoria de infraestrutura esse prazo deverá ser reduzido para sete dias, dando mais rapidez ao processo.

No Porto de Santos cabe à agência a emissão do certificado de livre prática, primeira autorização concedida e que permite que a embarcação atraque no porto. Além disso, é de responsabilidade da Anvisa a realização das ações de controle sanitário de cargas e embarcações, e a garantia da proteção à saúde dos viajantes nos portos, aeroportos e fronteiras do país. Para isso, o número de profissionais em atuação terá um acréscimo de 10 servidores, o que quase dobrará a força de trabalho que passará a contar com 26 profissionais.

Comentário (0) Hits: 3016
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 13 de Março de 2015, 12h29
  • Última atualização 13/03/15
  • 12h30

QUALIFAR-SUS | Saúde investe R$ 14 milhões na informatização de farmácias

O Ministério da Saúde iniciou a distribuição de 5.112 computadores para informatizar os serviços farmacêuticos dos municípios brasileiros. Também serão entregues posteriormente 1.704 impressoras. A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)QUALIFAR-SUS e vai beneficiar 485 cidades do país, além do Distrito Federal. Para isso, serão investidos R$ 14 milhões. Só nesta semana, os novos equipamentos já seguiram para os municípios do Grande ABC paulista, e as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Esse reforço representa mais agilidade no atendimento à população e uma melhor organização dos estoques de medicamentos.

A estratégia de modernizar os estabelecimentos farmacêuticos integra o Projeto de Formação e Melhoria da Qualidade de Rede de Atenção à Saúde - QualiSUS-Rede, que prevê ainda a realização de cursos de capacitação, com 4.860 vagas, para profissionais e gestores que desenvolvem serviços farmacêuticos no Sistema Único de Saúde (SUS). Também está em andamento uma pesquisa para avaliar a qualidade dos serviços farmacêuticos ofertados no SUS, desde a Atenção Básica até os serviços hospitalares, nas unidades próprias do Programa Farmácia Popular do Brasil, no sistema prisional e na saúde indígena.

“O objetivo geral do projeto é qualificar a gestão da Assistência Farmacêutica por meio da formação profissional e informatização dos serviços farmacêuticos e, assim, ampliar o acesso e a qualidade dos serviços de saúde prestados à população brasileira”, explica o Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa.

Comentário (0) Hits: 4723
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 13 de Março de 2015, 12h22
  • Última atualização 13/03/15
  • 12h30

Última semana de inscrições para o 1º Prêmio da rBLH

A Rede de Bancos de Leite Humano ( Rede BLH) decidiu descobrir jovens talentos que fazem do leite humano e da amamentação seus objetos de pesquisa. Daí surgiu o Prêmio Jovem Pesquisador da Rede de Bancos de Leite Humano, que encerra suas inscrições em dia 15 de março de 2015 (domingo).

O Prêmio visa a incentivar estudantes universitários, ou graduados com até 10 anos de formação, a apresentarem trabalhos que poderão contribuir, com excelência, para o fortalecimento das ações desenvolvidas em países da América Latina, Caribe, Península Ibérica e África, onde há centenas de bancos de leite humano em atuação.

O prêmio vai contemplar trabalhos em três linhas de investigação: “Processamento, controle de qualidade e utilização do leite humano”; “Assistência em amamentação na rBLH”; “Comunicação e informação na rBLH”. Os primeiros colocados de cada área temática – três do Brasil e três do exterior – serão premiados com intercâmbio técnico, no período de sete dias, em um dos Centros de Referência em Banco de Leite Humano da rBLH. Os ganhadores também receberão o financiamento de suas inscrições e a concessão de passagens e hospedagem para participarem do VI Congresso da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano e II Congresso Ibero-americano de Bancos de Leite Humano, que vão acontecer de 22 a 27 de setembro de 2015, em Brasília, onde ocorrerá a premiação.

Comentário (0) Hits: 1656
Registrado em:

CUIABÁ (MT) é a única capital brasileira com risco de epidemia de dengue

O município de Cuiabá, em Mato Grosso, é a única capital brasileira colocada em situação de risco para a ocorrência de epidemia de dengue. A informação é do Levantamento Rápido...

  • publicado
  • 13/03/15
  • 12h17
Comentário (0) Hits: 4006

Novo tratamento contra Hepatite C deve ser incorporado ao SUS ainda este ano

A Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou, nesta semana, o registro de um novo medicamento para o tratamento da hepatite C crônica, o simeprevir. Ele se junta ao...

  • publicado
  • 13/03/15
  • 12h13
Comentário (0) Hits: 2459

Quem sentir os sintomas da febre chikungunya deve procurar uma unidade de saúde imediatamente

A febre chikungunya é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, o Aedes Aegypti. E é nesta época do ano que as chances de contaminação aumentam, já que o clima quente e úmido...

  • publicado
  • 13/03/15
  • 11h49
Comentário (0) Hits: 2671

Facebook

Twitter

Instagram

TV Saúde

Web Rádio Saúde

TUBERCULOSE: Ministério da Saúde lança Plano Nacional para enfrentar a doença 

Flickr Saúde

Central de Arquivos

Julho 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6
Fim do conteúdo da página