A exibição do player de áudio desta página depende de javascript. Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

banner-960x120

Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 28 de Janeiro de 2015, 13h44
  • Última atualização 28/01/15
  • 13h44

Carreta da Saúde promove ação contra a hanseníase no DF

Na Carreta da Saúde, as pessoas recebem orientação sobre a hanseníase. Elza Fiúza/Agência BrasilA Carreta da Saúde deu início hoje (26) a uma ação de prevenção e controle da hanseníase no Distrito Federal. O caminhão tem consultórios e laboratório para diagnóstico da doença. O atendimento gratuito é na Rodoviária do Plano Piloto e vai até a próxima sexta-feira (30).

De acordo com a dermatologista Diva Previtera, os sinais de maior atenção no caso de suspeita de hanseníase são manchas de tonalidades diversas – mais claras que o tom da pele ou avermelhadas – e com alteração de sensibilidade (a maioria fica dormente, mas pode haver formigamento no local).

A especialista lembrou que o Brasil ocupa a segunda colocação no ranking de casos da doença, perdendo apenas para a Índia. “É uma doença que está logo ali. Ela existe, mas, muitas vezes, o paciente não sente nada. Qualquer pessoa pode ter hanseníase”, disse. Diva destacou que a doença atinge a pele e nervos superficiais e, por isso, exige urgência no diagnóstico.

Comentário (0) Hits: 4183
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 28 de Janeiro de 2015, 13h39
  • Última atualização 28/01/15
  • 13h39

Anvisa terá palestrantes em curso internacional sobre Farmacovigilância

Um curso sobre noções básicas de Farmacovigilancia e Desafios, organizado pela Sociedade Internacional de Farmacovigilância (Internacional Society of Pharmacovigilance - ISoP), será ministrado de 26 a 28 de março de 2015 em São Paulo. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por meio da Gerência Geral de Monitoramento de Produtos Sujeitos à Vigilância Sanitária (GGMON)...

Comentário (0) Hits: 2606
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 28 de Janeiro de 2015, 13h35
  • Última atualização 28/01/15
  • 13h35

Mais de 1800 partos normais já foram realizados na Casa de parto de São Sebastião

Para realizar o parto normal, as unidades de saúde da rede pública precisam ter ambiente, espaço físico e equipamentos adequados e profissionais de saúde qualificados. Um exemplo de local que reúne tudo isso é a Casa de Parto da cidade de São Sebastião, no Distrito Federal, que desde 2009 atende gestantes de Brasília, cidades satélites e também de cidades de Goiás e Minas próximas à capital do país. A Casa já realizou mais de 1800 partos normais desde que foi inaugurada. Na Casa de Parto, não há médicos para realizar os partos. Todo o procedimento é feito por uma equipe de enfermeiras obstetras e técnicos de enfermagem.

Para a gestante ser atendida na Casa de Parto, é preciso apresentar o laudo médico. A Casa de Parto é reconhecida pelo Ministério da Saúde e preenche todos os requisitos necessários para o funcionamento. A enfermeira obstetra da Casa de Parto, Clarice Maciel, conta o que a maternidade oferece para as gestantes que escolhem o centro de parto para terem seus bebês. "É uma sala mais ampla onde a mulher fica sozinha com seu acompanhante, ela não divide a sala com outras mulheres. Nessa sala a gente permite que ela tenha bastante liberdade de movimentação, a gente sempre orienta para que ela se movimente, caminhe. Quanto mais a mulher fique em posições verticais, mais facilita o trabalho de parto. Tem um banheiro com chuveiro quente ajuda a mulher passar mais tranquilo pelo trabalho de parto, porque relaxa, diminui a dor. A gente tem uma banheira que também pode ser utilizada para reduzir a dor e a ansiedade da paciente como pode ser usado para o parto se for o desejo da paciente".

A professora, Patrícia de Souza Cordeiro, por exemplo, escolheu o parto normal. Ela e o marido gostariam que o filho nascesse de maneira natural e escolheram a Casa de Parto. "A gente pesquisou, eu e meu esposo, a gente queria muito ter o parto natural. E a gente não queria se não fosse alguma ordem médica, se não tivesse algum problema. Deu tudo certo. Quando eu entrei em trabalho de parto, eu vim para a Casa de Parto, fui super bem atendida, o pessoal maravilhoso, todos os profissionais que trabalham aqui, maravilhosos e estou muito satisfeita".

Comentário (0) Hits: 3374
Registrado em:

População vai poder comprar medicamento mais barato para tratar a endometriose

Um novo medicamento para tratar a endometriose deve chegar às farmácias até 35 % mais barato do que o tratamento atualmente disponível para a população. Esse novo medicamento terá um...

  • publicado
  • 28/01/15
  • 13h24
Comentário (0) Hits: 5450

Celebridades incentivam o parto normal

Em apoio à resolução do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que incentiva o parto normal e a consequente redução de cesarianas desnecessárias na...

  • publicado
  • 27/01/15
  • 18h50
Comentário (0) Hits: 5872

Ministério da Saúde apresenta campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, apresenta nesta quarta-feira (28), em Brasília, a campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval 2015. Além da campanha, também serão...

  • publicado
  • 27/01/15
  • 17h20
Comentário (0) Hits: 4203

Facebook

Twitter

Instagram

TV Saúde

Web Rádio Saúde

TUBERCULOSE: Ministério da Saúde lança Plano Nacional para enfrentar a doença 

Flickr Saúde

Central de Arquivos

Fevereiro 2018
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 1 2 3 4
Fim do conteúdo da página