Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 30 de Março de 2015, 14h50
  • Última atualização 30/03/15
  • 15h42

Instituto cria dispositivo que permite diagnóstico pré-diabetes tipo 2

Crédito: RoobcioUm sistema desenvolvido pelo Instituto de Física de São Carlos, da Universidade de São Paulo (IFSC/USP), vai possibilitar o diagnóstico pré-sintomático do diabetes mellitus tipo 2, doença que afeta o metabolismo da glicose, a principal fonte de energia do corpo.

Segundo levantamento da Sociedade Brasileira de diabetes, baseado em dados do Ministério da Saúde, há 14 milhões de diabéticos no Brasil, 90% deles com o tipo 2 da doença e o restante com o tipo 1.

O diabetes não insulinodependente ou do adulto - tipo 2 - ocorre geralmente em pessoas obesas com mais de 40 anos. Por ser pouco sintomático, o portador do diabetes tipo 2, na maioria das vezes, permanece por muitos anos sem diagnóstico e sem tratamento, o que pode provocar complicações no coração e no cérebro.

O dispositivo foi criado pelo Grupo de Nanomedicina e Nanotoxicologia do IFSC/USP com o objetivo de identificar alterações hormonais, de forma rápida e fácil, que possam indicar a possibilidade de surgimento do diabetes tipo 2 no futuro.

Comentário (0) Hits: 3148
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 30 de Março de 2015, 14h45
  • Última atualização 30/03/15
  • 15h40

Ministério da Saúde participa de simpósio internacional sobre uso de dados para programas de saúde em grandes eventos

"Em termos de comunicação, somos todos agentes, agora, da maior revolução de todos os tempos: a internet", disse na última quinta-feira (26) o chefe da Divisão de Publicidade e Promoção Institucional da Assessoria de Comunicação do Ministério da Saúde, Bruno Botafogo, durante sua apresentação no segundo dos três dias do simpósio internacional EpiCrowd – Detecção Digital de Doenças em Eventos de Massa, realizado em Recife (PE) entre 25 e 27 de março.

Inovador, o simpósio reuniu grandes nomes para discutir uma ideia extremamente valiosa ao mundo contemporâneo – como melhor usar o big data digital [ou “a nuvem”] em prol da saúde pública, especialmente em torno de grandes eventos de massa. Relativamente novo, o tópico participatory surveillance (ou “vigilância participativa”) – como o uso de redes sociais para a vigilância em saúde – ainda suscita inúmeras questões práticas e muitas dúvidas éticas quanto aos limites de sua atuação.

Neste contexto, na apresentação “Utilização dos aplicativos Tinder e Hornet para estratégias de prevenção em DST/AIDS”, Botafogo ressaltou que, num país complexo e continental como o Brasil, o conceito subjacente a toda a comunicação do Ministério da Saúde é “informação é saúde”, utilizando as múltiplas plataformas de comunicação hoje disponíveis à instituição e a seus esforços para engajar a população. “Ademais, o Ministério da Saúde sempre trabalha com a estratégia de comunicação envolvente”, explicou, acrescentando que a intenção básica dos esforços mais recentes tem sido deixar o maior número possível de “rastros digitais” na internet.

Comentário (0) Hits: 2810
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 30 de Março de 2015, 14h38
  • Última atualização 30/03/15
  • 14h38

Saiba como encontrar o melhor ovo de chocolate para a sua saúde

Crédito: Subbotina AnnaA pedagoga Simone dos Santos é chocólotra assumida. Nesta época do ano, ela conta que fica mais difícil resistir a tantas tentações. “Como chocolate todos os dias e quando chega essa época da Páscoa eu aumento mais ainda porque eu não sei entrar numa loja, ver um ovo de Páscoa, nem que seja aquele baratinho, mas tenho que comprar, nem que seja um coelhinho, mas tenho que comprar pra comer. Só chego lá pego e pronto, nunca dei importância pra olhar a quantidade de gordura, essas coisas assim. Agora eu vou passar a ler a embalagem, ver a importância que tem ali, já não vou pegar qualquer um, coisa que antes eu fazia”, relata.

De acordo com a nutricionista do Hospital Federal Cardoso Fontes, no Rio de Janeiro, Maria Valéria Fontoura, a Simone faz bem em começar a ler o rótulo dos ovos de chocolate antes de levá-los para casa. Segundo a nutricionista muitos desses produtos são ricos em gordura e açúcar.

A especialista dá dicas para escolher um chocolate mais saudável, como as opções com alto teor de cacau, por exemplo. “O cacau é um alimento considerado atualmente muito saudável com vários benefícios, temos algumas outras vitaminas, alguns minerais, mas, principalmente, flavonoides que são os antioxidantes que vão ajudar a manter as artérias. Alguns trabalhos mostram benefícios para o coração, estresse, pra memória também, atuando na ansiedade. Quanto mais amargo acima de 70%, mais saudável ele vai ficar”, explica.

Comentário (0) Hits: 3633
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 30 de Março de 2015, 13h23
  • Última atualização 30/03/15
  • 13h23

Into realiza mutirão de cirurgias de joelho no Acre

Com o objetivo de reduzir o tempo de espera por cirurgias ortopédicas, o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into) inicia nesta segunda-feira (30), na Fundação Hospital Estadual do Acre, em Rio Branco, mutirão de cirurgias para atender 30 pacientes que necessitam de procedimentos de joelho. A ação acontece até a próxima sexta-feira (3/04) e faz parte do projeto Suporte, que consiste em levar profissionais especializados para promover cirurgias em locais com baixa oferta de serviços na área de traumatologia e ortopedia.

Também estão previstas cirurgias para colocação de próteses e reconstrução de ligamentos de pacientes com diferentes patologias, como artrose e artrites, além de lesões e deformidades que comprometem a articulação normal do joelho devido à dor local, inchaço e rigidez. Os procedimentos têm alto grau de resolutividade e conseguem devolver a qualidade de vida ao paciente.

A ação é feita em parceria com as secretarias estadual e municipal de saúde, de acordo com a necessidade informada à Central Nacional de Regulação de Alta Complexidade do Ministério da Saúde. “Fazemos a articulação com o gestor solicitante e o médico segue até o local para a avaliação clínica prévia dos pacientes que serão operados. As cirurgias conseguem restaurar funções do joelho, além de aliviar a dor, permitindo que as pessoas retornem suas atividades cotidianas”, explica o coordenador do projeto, José Luís Ramalho.

Comentário (0) Hits: 2866
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Domingo, 29 de Março de 2015, 09h00
  • Última atualização 30/03/15
  • 09h09

Especial Otorrino - Amigdalites

Crédito: Piotr MarcinskiA amigdalite, doença inflamatória que pode ser causada por vírus e bactéria, atinge a região da amígdala e garganta, ocasionando placas de pus. Ela aparece com frequência na infância e juventude, sendo o inchaço, dor e vermelhidão dos gânglios do pescoço, febre e mau hálito os sintomas mais comuns.

O tratamento deve ser indicado por profissional de saúde, após avaliar o paciente. Em casos de inflamação causada por vírus, que atinge amígdalas e faringe, a indicação medicamentosa é de antiinflamatórios não hormonais. Na amigdalite bacteriana é necessário o uso de antibióticos, que devem ser utilizados durante período indicado pelo médico, além de medicações de suporte, como dipirona e paracetamol, para controle de dor e febre.

Quando o paciente que não segue corretamente as indicações médicas, se automedica ou suspende o tratamento antes do tempo determinado, no caso de amidalite bacteriana, corre risco de ter quadro agravado para febre reumática. Esta é uma doença inflamatória autoimune, e nefrite, nome dado à inflamação nos rins, porque a bactéria não foi totalmente eliminada e pode se alojar em outras partes do corpo.

Comentário (0) Hits: 35285
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 27 de Março de 2015, 17h47
  • Última atualização 30/03/15
  • 09h21

Seminário de Bio-Manguinhos/Fiocruz reúne governo e especialistas para debater imunobiológicos

O III Seminário Anual Científico e Tecnológico de Bio-Manguinhos/Fiocruz contará com a presença de representantes do Ministério da Saúde, da Fiocruz e instituições de destaque no cenário biofarmacêutico, entre 4 e 7 de maio. Participe do evento. As inscrições podem ser feitas até 27 de abril.

Em sua abertura, o evento conterá com as presenças do secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa; do presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha; do diretor de Bio-Manguinhos, Artur Couto; e do presidente do Conselho Político e Estratégico de Bio-Manguinhos, Akira Homma, selecionado pela organização Vaccination como uma das 20 pessoas mais influentes na indústria de vacinas no mundo.

Por fim, além de sua presença na abertura do evento, o secretário do Ministério da Saúde Jarbas Barbosa também palestrará sobre O que o Estado Brasileiro Necessita Fazer para Ativar o Desenvolvimento Tecnológico de Biológicos no Brasil?

Comentário (0) Hits: 3712
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 27 de Março de 2015, 14h52
  • Última atualização 27/03/15
  • 14h52

Ministério da Saúde e ANS selecionam 28 hospitais para projeto de incentivo ao parto normal

O Ministério da Saúde, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Hospital Israelita Albert Einstein anunciaram nesta sexta-feira (27/3) as 28 instituições selecionadas para participar de projeto de incentivo ao parto normal. O grupo que fará parte do piloto reúne 23 hospitais privados e cinco maternidades do Sistema Único de Saúde (SUS), escolhidas pelo Ministério da Saúde. A iniciativa, desenvolvida em parceria com o Institute for Healthcare Improvement (IHI), busca identificar modelos inovadores de atenção ao parto, capazes de promover a melhor qualidade do cuidado e a segurança da mulher e do bebê. O objetivo é incentivar o parto normal e reduzir a ocorrência de cesarianas desnecessárias, tanto na saúde suplementar como no sistema público.

Entre as instituições privadas selecionadas, oito estão entre as 30 maiores em volume de partos do país e 11 entre as 100 maiores, o que demonstra o compromisso social com a melhoria da qualidade da atenção ao parto e nascimento. Esses hospitais possuem taxa de cesarianas de 88,7% - superior à identificada na saúde suplementar (84%) e na rede pública (40%). Já os estabelecimentos do SUS foram escolhidos por apresentarem percentual de cesarianas acima de 60% e por realizarem mais de mil partos por ano.

“Estamos lançando um projeto que valoriza a qualificação do parto normal e as entidades que aderiram a essa iniciativa voluntariamente aceitaram esse desafio de qualificar sua assistência obstétrica. Queremos melhorar a qualidade e as condições de atendimento para enfrentarmos o que temos hoje, que é uma verdadeira epidemia de parto cesariano no sistema privado. Fico feliz em ver que as instituições abraçaram a causa e se propuseram a mudar essa realidade", destacou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

A estratégia de ação desenvolvida para os participantes do projeto envolve adequação de recursos humanos para a incorporação de equipe multiprofissional nos hospitais e maternidades; capacitação profissional para ampliar a segurança na realização do parto normal; engajamento do corpo clínico, da equipe e das próprias gestantes; e revisão das práticas relacionadas ao atendimento das gestantes e bebês, desde o pré-natal até o pós-parto.

Comentário (2) Hits: 25897
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 27 de Março de 2015, 12h21
  • Última atualização 27/03/15
  • 12h21

Lei prevê prisão e multa para quem vender bebida alcoólica para menor de idade

Agora é lei: quem vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar bebida alcoólica para adolescentes ou crianças poderá ser preso por até quatro anos. O estabelecimento comercial que descumprir a lei poderá ser interditado até o pagamento de multa que varia de três a dez mil reais.

A coordenadora geral de doenças e agravos não transmissíveis e promoção da saúde do Ministério da Saúde, Marta da Silva, explica que a nova lei fortalece o trabalho de prevenção realizado pelo Ministério da Saúde: “As ações de promoção da saúde são abrangentes. Então, mais do que fazer campanha pra não beber, evitar a venda de bebida alcoólica para criança e adolescente ou uma orientação para os pais do cuidado que eles têm que ter para que os adolescentes não bebam; também existe um trabalho para que tenha uma lei que de fato penalize quem está vendendo essas bebidas. Então, a lei vem reforçar o trabalho que nós estamos fazendo na área de prevenção, na área de promoção da saúde e na área de direitos humanos de crianças e adolescentes.”

O proprietário de um bar no Distrito Federal, Luiz Henrique, conta que já cumpre a lei desde a abertura do estabelecimento: “O bar é situado entre duas escolas. Geralmente, aparecem alguns menores querendo comprar, geralmente, eles vêm até de uniforme e em todas as situações eu nego, peço carteira de identidade porque realmente não é legal você vender bebidas pra menores. Já possuo o cartaz que alerta sobre a proibição da venda pra menores e eu acho que com a frequência que tem aqui de menores pedindo e eles vendo a proibição aqui até mesmo pararam de tentarem comprar e eu pretendo ser rigoroso.”

Comentário (6) Hits: 10289
Registrado em:

Pacientes atendidos pela rede particular também podem retirar medicamento de graça

Muitas pessoas sabem que podem ter acesso a medicamentos gratuitos em farmácias vinculadas ao programa Farmácia Popular. O benefício vale para qualquer pessoa, inclusive para aquelas...

  • publicado
  • 27/03/15
  • 12h11
Comentário (8) Hits: 62170

Proposta em tramitação no Senado Federal pode inviabilizar Programa Mais Médicos

Em reunião nesta quinta-feira (26) com o presidente do Senado, Renan Calheiros, e o vice-presidente, Jorge Viana, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, mostrou preocupação com projeto...

  • publicado
  • 27/03/15
  • 10h45
Comentário (0) Hits: 6737

Doenças Respiratórias Crônicas | Asma

A operadora de telemarketing, Alcione da Silva, 35 anos, foi diagnosticada com asma em 2007, e realiza tratamento em uma Unidade Básica de Saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais. A asma é...

  • publicado
  • 27/03/15
  • 09h00
Comentário (0) Hits: 7437

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página