Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 11 de Maio de 2015, 17h40
  • Última atualização 11/05/15
  • 18h11

Ministério da Saúde e UNA-SUS lançam curso Saúde da População LGBT

O Ministério da Saúde (MS) e a Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) lançam às 9h desta terça-feira (12), o curso “Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT)”. As inscrições são gratuitas e já podem ser feitas no site na UNA-SUS até 10 de setembro de 2015.

O lançamento do curso integra a programação do Seminário de Avaliação da Formação na Política Nacional de Saúde Integral LGBT e o Controle Social do SUS, que acontece de 11 a 13 de maio, em Brasília, para avaliar os cursos de formação para lideranças e ativistas LGBT já promovidos e construir projeto de formação para o biênio 2015-2016.

Ofertado na modalidade de ensino a distância, o curso é voltado para profissionais de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS), especialmente os que atuam na Atenção Básica, mas também está aberto a qualquer pessoa interessada no tema, incluindo gestores, conselheiros de saúde e lideranças e ativistas LGBT.

Comentário (3) Hits: 16879
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 11 de Maio de 2015, 15h36
  • Última atualização 11/05/15
  • 15h36

Ministério da Saúde divulga dados inéditos sobre redução de sódio em alimentos

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, apresenta nesta terça-feira (12), em Brasília, os resultados da 2ª etapa do Plano Nacional de Redução de Sódio em Alimentos Processados, acordo realizado com a indústria alimentícia para promover a redução voluntária de sódio em alimentos processados até 2020. Na ocasião também serão divulgados dados inéditos sobre hipertensão no país de...

Comentário (0) Hits: 4979
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 11 de Maio de 2015, 11h12
  • Última atualização 11/05/15
  • 11h12

Fiocruz concorre a Prêmio Nacional de Biodiversidade

O aplicativo pode ser usado por qualquer pessoa para registrar observações de animais no campo (foto: Rigel Romeu)O Sistema de Informação em Saúde Silvestre (SISS-Geo) da Fiocruz, um aplicativo de monitoramento da saúde silvestre para celulares e tablets, é um dos finalistas ao Prêmio Nacional de Biodiversidade, promovido pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). Na última terça-feira (5/5), teve início a votação eletrônica para a categoria Júri Popular.

“Ter chegado às finais do Prêmio Nacional de Biodiversidade nos deixa extremamente orgulhosos, pois é o reconhecimento do esforço de uma equipe jovem e da visão de duas instituições, a Fiocruz e o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), que reúnem competências distintas para contribuir com uma proposta tecnológica criativa e inovadora para monitorar a saúde da fauna silvestre em prol da conservação da biodiversidade e da saúde humana", comemorou coordenadora do projeto e do Centro de Informação em Saúde Silvestre da Fiocruz, Márcia Chame. "É, além disso, o impulso necessário à difusão do uso do sistema por toda a sociedade, de modo que possamos aplicar na prática seus resultados e reafirmar que biodiversidade faz bem à saúde”.

As 18 propostas selecionadas pelos integrantes da Comissão Julgadora, nas categorias Academia, Empresas, Imprensa, Organizações Não Governamentais, Órgãos Públicos e Sociedade Civil, estão disponíveis aqui até 19 de maio, data limite para a votação. A cerimônia de premiação ocorrerá no Palácio do Itamaraty, em Brasília, em 22 de maio, data em que se comemora o Dia Internacional da Biodiversidade.

Sistema de Informação em Saúde Silvestre – SISS-Geo: colaboração da sociedade - As mudanças ambientais geram impactos sobre a biodiversidade com repercussões importantes para a saúde. Com o avanço das transformações ambientais provocadas pelas atividades humanas nos ecossistemas naturais, vetores e hospedeiros se aproximam das populações humanas em busca de alimento e abrigo ou deixam de ser controlados por seus predadores, aumentando o risco de transmissão de zoonoses. Monitorar os agentes patogênicos que circulam na natureza ou nas bordas de ambientes rurais e urbanos, antes que atinjam as pessoas, é um desfio para países com as dimensões continentais do Brasil.

Comentário (0) Hits: 3790
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 11 de Maio de 2015, 10h50
  • Última atualização 11/05/15
  • 10h50

Mobilização contra a gripe aconteceu neste sábado em todo o país

Dia D de Mobilização da Campanha de Vacinação Contra a Gripe -Porto Alegre/RS   Foto: Rodrigo Nunes/MSUm dia dedicado à mobilização de gestores, de profissionais da saúde e da população contra a gripe. Essa é a ideia do Dia D realizado neste sábado (09) em todo o Brasil para promover a vacinação contra a doença. Em Porto Alegre, o Dia D contou com a presença do ministro da Saúde, Arthur Chioro, e foi realizado na Usina do Gasômetro. A ação faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe que tem o objetivo de vacinar 80% do público-alvo, formado por 49,7 milhões de pessoas. Serão mais de 65 mil postos de vacinação abertos durante o sábado, que contarão com cerca de 240 mil profissionais e 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais. A campanha acontece até o dia 22 de maio.

O Ministério da Saúde adquiriu, para a realização da campanha, mais de 54 milhões de doses da vacina aos estados para garantir a meta de vacinar, pelo menos, 39,7 milhões de pessoas do grupo prioritário, ou seja, parte da população que tem mais riscos de desenvolver complicações causadas pela doença. São elas: crianças de seis meses a cinco anos incompletos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; povos indígenas; gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; e funcionários do sistema prisional.

"A vacinação é extremamente importante e segura, além de ser capaz de reduzir em 45% as internações e em até 75% os óbitos provocados pelas complicações decorrentes da gripe. Por isso, é fundamental garantirmos uma taxa de cobertura superior a 80%. Também não podemos deixar de valorizar esse momento importante de prevenção e convocar a mobilização da população brasileira, além de recomendar para aqueles que fazem parte do grupo prioritário, procurem um posto de saúde perto de sua casa", orientou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Também serão vacinados portadores de doenças crônicas não-transmissíveis ou pessoas com outras condições clínicas especiais. A definição dos grupos prioritários segue a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), além de ser respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

Comentário (0) Hits: 3803
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 11 de Maio de 2015, 08h11
  • Última atualização 07/05/15
  • 12h12

Prevenção de Acidentes com Criança – Queimaduras

Crédito: Lorelyn MedinaO cuidado é fundamental para o ser humano, principalmente nos primeiro anos de vida. Faz parte do desenvolvimento da criança a curiosidade. Elas passam a maior parte do tempo explorando o desconhecido, gastando a energia dessa fase da vida para mexer, tirar do lugar, cheirar, tocar e colocar na boca qualquer coisa que desperte sua curiosidade. Os responsáveis pela criança, sejam eles os pais ou cuidadores, devem estar sempre atentos para evitar que esta inquietação natural se transforme em um acidente que coloque em risco a saúde da criança e de sua família. O Sistema Único de Saúde (SUS), no período entre 2013 e 2014, registrou mais de 15 mil casos de internações por queimadura em crianças com idade entre 0 e 10 anos.

Medidas simples do dia a dia podem proteger a criança contra queimaduras. Ao cozinhar, por exemplo, o ideal é manter as crianças em outro cômodo sob o cuidado de outro adulto. Dê sempre preferência às bocas da parte de trás do fogão e mantenha o cabo das panelas direcionados para o centro e não para fora. Existe uma trava para impedir que a criança consiga abrir o gás e a porta do fogão que pode ser utilizada. Fósforos, isqueiros e álcool não devem ficar ao alcance delas.

Os alimentos e bebidas quentes devem ser provados antes para serem servidos na temperatura adequada e colocados longe de crianças para evitar situações de escaldamento na hora das refeições. Quando as crianças ainda são muito pequenas, pode-se evitar o uso de toalhas de mesa compridas, evitando o risco de crianças puxarem e derrubarem objetos e alimentos quentes. Explicar atentamente o perigo dessas situações para a criança é fundamental para que ela entenda e respeite as normas da casa.

Comentário (0) Hits: 14296
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 08 de Maio de 2015, 18h22
  • Última atualização 08/05/15
  • 18h22

Dia Internacional Talassemia

Crédito: ktsdesignAs Talassemias são um grupo de doenças hereditárias que se caracterizam pela redução ou ausência de hemoglobina - substância dos glóbulos vermelhos do sangue responsável pelo transporte de oxigênio para todo o corpo. A doença é herdada dos pais, e pessoas acometidas possuem uma variabilidade de sintomas, como anemia persistente, aparência pálida, aumento do baço, distúrbios cardíacos e endócrinos, atraso no crescimento e na maturação sexual, além de infecções recorrentes.

A doença foi trazida para o Brasil principalmente pelos italianos, mas também pelos portugueses, espanhóis, gregos, turcos, egípcios, sírios, libaneses, entre outros povos oriundos de regiões próximas ao Mar Mediterrâneo (thálassa – mar; haema – sangue).

De acordo com a cadeia da hemoglobina afetada, as talassemias são classificadas em dois tipos: a alfa e a beta. As talassemias beta são as mais comuns, sendo classificadas, ainda, em beta menor (anemia leve), beta intermediária (anemia leve a grave podendo necessitar de transfusões de sangue regularmente) e talassemia beta maior (anemia grave, necessitando transfusões de sangue a cada 2-4 semanas desde os primeiros meses de vida).

Comentário (0) Hits: 6518
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 08 de Maio de 2015, 16h43
  • Última atualização 08/05/15
  • 16h43

ANS amplia o ressarcimento com a cobrança de procedimentos de alta e média complexidade

Exames e terapias ambulatoriais de alta e média complexidade passarão a ter seus valores ressarcidos ao Sistema Único de Saúde (SUS). É a primeira vez que as operadoras deverão fazer reembolso por esse tipo de atendimento, que é identificado por meio da Autorização de Procedimento Ambulatorial (APAC). Com isso, a Agência prevê incremento de 149% no volume de procedimentos cobrados. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (08/05) pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, e pela diretora-presidente substituta da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Martha Oliveira.

A medida integra o conjunto de ações do governo federal que objetivam o aprimoramento da cobrança do ressarcimento ao SUS. O cálculo será feito com base nas informações da APAC, que é um item necessário para a realização de determinados exames e terapias no SUS, e a cobrança será referente ao primeiro trimestre de 2014. Alguns exemplos são: quimioterapia, radioterapia, hemodiálise, cateterismo cardíaco e cirurgia de catarata, entre outros.

"O aprimoramento dos processos de ressarcimento das operadoras permiti produzir equidade para o Sistema Único de Saúde, pois quem mais precisa da rede pública de saúde vai poder contar com mais recursos, e quem contrata os planos terá mais justiça porque efetivamente vai poder contar com aquele serviço que foi contratado", destacou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Comentário (0) Hits: 6646
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 08 de Maio de 2015, 16h38
  • Última atualização 08/05/15
  • 16h44

Ministro da Saúde participa do Dia D contra a gripe em Porto Alegre

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, participa neste sábado (09), em Porto Alegre, do Dia D de mobilização contra a gripe. A mobilização nacional faz parte da 17ª Campanha de Vacinação contra a Gripe e acontecerá no Centro Cultural Usina do Gasômetro, na capital gaúcha. A expectativa é vacinar, pelo menos, 39,7 milhões de pessoas até o dia 22 de maio em todo o país. Em Porto...

Comentário (0) Hits: 2860
Registrado em:

Mobilização contra a gripe será neste sábado em todo o país

Um dia dedicado à mobilização de gestores, de profissionais da saúde e da população contra a gripe. Essa é a ideia do Dia D que será realizado neste sábado (09) em todo o Brasil...

  • publicado
  • 08/05/15
  • 16h12
Comentário (0) Hits: 4259

Quando você usa o SUS?

O Sistema Único de Saúde (SUS) é o serviço público de saúde do Brasil. Criado pela Constituição Federal de 1988, ele teve seu projeto elaborado durante 8ª Conferência Nacional de...

  • publicado
  • 08/05/15
  • 11h22
Comentário (6) Hits: 17493

Profissionais e gestores da saúde poderão tirar dúvidas sobre o e-SUS AB pelo serviço de teleassistência da RedeNUTES

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), em parceria com a Rede de Núcleos de Telessaúde de Pernambuco - RedeNUTES, o Departamento de Informática do SUS (DATASUS) e o Conselho de...

  • publicado
  • 08/05/15
  • 10h42
Comentário (0) Hits: 3915

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página