A exibição do player de áudio desta página depende de javascript. Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

banner-960x120

Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 12 de Janeiro de 2015, 11h55
  • Última atualização 12/01/15
  • 11h55

Fundação desenvolve novo teste diagnóstico para fibrose cística

Novo teste representa uma opção complementar no diagnóstico da fibrose cística  (Foto: Ascom IFF)Um novo teste diagnóstico para fibrose cística, doença genética que acomete 1,5 mil pessoas no Brasil, está sendo desenvolvido por uma pesquisadora do Instituto Nacional de Saúde da Mulher da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz). A assistente de pesquisa, pneumologista e pediatra do IFF, Izabela Sad, começou suas pesquisas sobre o teste da medida da diferença de potencial nasal (DPN) em 2004, quando viajou para a Bélgica.
Atualmente, o estudo inédito e pioneiro está em fase de validação em território brasileiro e conta com a colaboração da pesquisadora do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), Raísa Martins e consultoria da cientista polonesa Aleksandra Norek. Sad explica que, na época, não havia ainda um protocolo internacional para realização do teste, assim, cada país o fazia de maneira diferente.

Apenas em 2009 foi criado um procedimento padrão. “O DPN está incluído na lista de exames que possibilitam os critérios diagnóstico da doença, ao lado do teste do suor, do pezinho, análise genética e histórico clínico e familiar”, detalha.

Para a realização do novo DPN, a pesquisadora do IFF conta com a parceria de Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz), que cede substâncias para o preparo das soluções usadas no exame, cuja duração é em torno de uma hora. A parceria teve início em 2010, com colaboração do chefe da Seção de Soluções e Diluentes (Sesod), Jorge Batista de Almeida. Atualmente, Bio-Manguinhos produz 25 soluções utilizadas como insumos nos produtos do portfólio.

Comentário (0) Hits: 4605
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 12 de Janeiro de 2015, 11h47
  • Última atualização 15/01/15
  • 11h05

Ensp oferece mais de 3 mil vagas em curso de ensino à distância

Ensp oferece mais de 3 mil vagas em curso de ensino à distância (foto: Peter Ilicciev)Diversos cursos da Educação à Distância da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) estão com oferta de vagas durante o mês de janeiro de 2015. Entre as oportunidades, a Ensp oferece formação em nível de atualização, aperfeiçoamento e especialização. Os cursos com vagas disponíveis são Educação Alimentar e Nutricional no Programa Bolsa Família no Contexto da Intersetorialidade; Fortalecimento de Redes de Atenção e Prevenção à Violência no Território; Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa - Projeto Piloto; e Gestão de Redes de Atenção à Saúde.

Confira todos os detalhes de cada uma das formações:

Curso de Atualização em Educação Alimentar e Nutricional no Programa Bolsa Família no Contexto da Intersetorialidade

Em parceria com a Coordenação Geral de Educação Alimentar e Nutricional, do Departamento de Estruturação e Integração dos Sistemas Públicos Agroalimentares do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (Sesan/MDS), o curso tem como base a necessidade de parcerias e articulações entre os setores afetos ao tema de Segurança Alimentar e Nutricional e a Educação Alimentar e Nutricional (EAN) como uma das estratégias para a garantia do direito humano à alimentação adequada.

O objetivo é formar e capacitar gestores e/ou profissionais que atuem no Programa Bolsa Família (PBF), em município e estado, das redes de Assistência social, Saúde e Educação, de forma a articular e organizar ações intersetoriais de educação alimentar e nutricional integradas às políticas, programas e projetos no âmbito do território.

Comentário (6) Hits: 13202
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Domingo, 11 de Janeiro de 2015, 09h00
  • Última atualização 08/01/15
  • 14h53

Saúde da Mulher | Verão exige cuidados especiais

Crédito: levitanusEm época de verão e férias são comuns queixas relacionadas a doenças transmitidas em praias e piscinas. A pele costuma ser a principal afetada por micoses e por excesso de exposição ao sol, além de diarreias, desidratação e outros, que podem acometer homens e mulheres e crianças.

Para prevenir-se, a Coordenação Geral de Saúde da Mulher do Ministério da Saúde recomenda sempre certificar-se de que a praia é própria para o banho, estar atento aos alimentos consumidos nestes ambientes, bem como a procedência da água, e não deixar de ingerir bastante líquido e fazer uso de protetor solar.

Uma das doenças mais comuns que afetam as mulheres neste período do ano é a candidíase, que se prolifera mais facilmente em meios quentes e úmidos, proporcionados pelos biquínis e roupas molhadas. Desta forma, de acordo com a Coordenação Geral de Saúde da Mulher, sua prevenção passa por evitar permanecer com as roupas úmidas por muito tempo, além de lavar roupas íntimas e de banho com sabão neutro, enxaguar abundantemente e deixar secar em local arejado. O tratamento para candidíase é um antifúngico oral ou vaginal, que deve ser prescrito pelo médico.

Comentário (0) Hits: 9239
Registrado em:

Dietas sem indicação e acompanhamento médico trazem riscos à saúde

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 1,4 bilhão de pessoas com mais de 21 anos em todo o mundo apresentam sobrepeso. Destes, cerca de 500 milhões representam casos de...

  • publicado
  • 10/01/15
  • 09h00
Comentário (2) Hits: 9107

Saiba como desintoxicar o organismo depois dos excessos do final de ano

Panetone, rabanada, maionese, doces e bebida alcóolica. Depois dos excessos das festas de final de ano, muitas pessoas decidem fazer dietas no inicio de janeiro para desintoxicar o...

  • publicado
  • 09/01/15
  • 11h58
Comentário (2) Hits: 15989

Cuidados com higiene são fundamentais ao visitar bebês

Depois de a mamãe conhecer o rostinho do neném que esperou por tanto tempo, o momento após o parto é de adaptação e de aproximação com o filho. Ao mesmo tempo, todos os familiares e...

  • publicado
  • 09/01/15
  • 11h50
Comentário (0) Hits: 18239

Facebook

Twitter

Instagram

TV Saúde

Web Rádio Saúde

TUBERCULOSE: Ministério da Saúde lança Plano Nacional para enfrentar a doença 

Flickr Saúde

Fim do conteúdo da página