A exibição do player de áudio desta página depende de javascript. Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

banner-960x120

Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 05 de Fevereiro de 2015, 12h00
  • Última atualização 05/02/15
  • 12h00

Doenças da infância: Coqueluche

Crédito: JPC-PRODA coqueluche é uma doença infecciosa aguda, transmissível, de distribuição universal, que compromete especificamente o aparelho respiratório (traqueia e brônquios) e se caracteriza pela tosse seca. Transmitida pela bactéria Bordetella pertussis, pode ocorrer com o contato direto entre a pessoa doente e a pessoa suscetível, por meio de gotículas de secreção da orofaringe eliminadas durante a fala, a tosse e o espirro. Suas principais complicações são a pneumonia, otite média, ativação de tuberculose latente, enfisema pneumotórax, entre outras.

A doença inicia com manifestações respiratórias e sintomas leves (febre pouco intensa, mal-estar geral, coriza e tosse seca), seguidos por gradual de surtos de tosse, cada vez mais intensos e frequentes, até que passam a ocorrer às crises de tosses paroxísticas (tosse súbita incontrolável, com tossidas rápidas e curtas em uma única expiração), seguidas de vômito.

A coqueluche possui elevada incidência e mortalidade, especialmente nos menores de seis meses de idade. Também há registro de casos da doença em adolescentes e adultos, considerados fontes de transmissão mais frequente para esse grupo etário, principalmente os menores de um ano. Entre 2011 e 2013, o Ministério da Saúde registrou 4.921 casos de coqueluche em menores de três meses no Brasil, o que corresponde a 35% dos casos. Essa faixa-etária é ainda mais afetada na mortalidade, com 81% dos óbitos registrados nesse período.

Comentário (0) Hits: 7980
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 05 de Fevereiro de 2015, 11h35
  • Última atualização 05/02/15
  • 11h35

Novo bloco começa a funcionar na fábrica, em Goiana

Ambiente abrigará, ainda, os (as) empregados (as) da Gerência de Engenharia e Automação (GEA)O Bloco B-12 da fábrica da Hemobrás, em Goiana-PE, já foi entregue pelo consórcio responsável pela obra de engenharia e está recebendo os (as) novos (as) empregados (as) a partir desta semana. Com 1.457 metros quadrados, o B-12 é o prédio dedicado às atividades de manutenção da planta industrial, onde ocorrerá o trabalho de manutenção mecânica, elétrica e de instrumentação (equipamentos usados para medição). Além dessa área técnica específica, o ambiente abrigará, ainda, a Gerência de Engenharia e Automação (GEA), que atualmente possui duas frentes de ação: uma no escritório operacional da estatal, no Recife, e outra em um espaço provisório construído no próprio canteiro de obras.

Dentro do montante investido na construção da fábrica, de R$ 855 milhões, o bloco recebeu um aporte aproximado de R$ 3,6 mi para a edificação de dois pavimentos. No térreo, considerado mais operacional, foi planejado o local reservado às atividades de conservação do patrimônio, com ferramentaria e almoxarifado que proporcionarão pronto-atendimento das necessidades de pequeno porte. Também nesse piso é possível encontrar recepção, instalações para copa, vestiário e salas para brigada de incêndio, prestação de serviços terceirizados e um espaço para eventos.

De acordo com o gerente de Engenharia da Hemobrás, Marcelo Carrilho, a área técnica foi projetada com um pé direito com mais de oito metros de altura, o que permitirá a realização do trabalho com conforto, em virtude das condições climáticas da região. Também em virtude disso, o ambiente possuirá exaustores eólicos, sistemas que exploram a força dos ventos para eliminar problemas de circulação de ar. Portanto, um processo natural que não afeta o meio ambiente.

Comentário (0) Hits: 3933
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quinta, 05 de Fevereiro de 2015, 11h25
  • Última atualização 05/02/15
  • 11h25

Novo teste rápido de HIV/Sífilis obtém registro da Anvisa

O Instituto de Tecnologia e Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz) recebeu o registro da Anvisa para fornecer um novo teste de reativo para diagnóstico: o DPP® HIV/Sífilis combo. Assim como os demais testes rápidos da carteira do Instituto, esse também traz resultados precisos em até 20 minutos. Com uma única gota de sangue, soro ou plasma, o usuário fica sabendo se está contaminado...

Comentário (0) Hits: 4460
Registrado em:

Faltam dois dias para a mobilização nacional contra a dengue e a chikungunya

Faltam apenas dois dias para o Dia D de combate à dengue e à chikungunya. Apesar da queda de 59% nos casos de dengue no ano passado, o Ministério da Saúde vai aproveitar a data para...

  • publicado
  • 05/02/15
  • 11h21
Comentário (0) Hits: 5215

Saiba por que o Ministério da Saúde quer reduzir as cesarianas desnecessárias no Brasil

Em 2013, a economista Sâmia Lacerda engravidou pela primeira vez. Assim que descobriu a gravidez, ela já teve certeza que deixaria o bebê chegar ao mundo de forma natural. "Quando eu...

  • publicado
  • 05/02/15
  • 11h16
Comentário (0) Hits: 4002

Municípios pedem mais 4 mil profissionais do Mais Médicos

O Programa Mais Médicos abrirá 4.146 novas vagas para atender as 1.294 prefeituras e 12 distritos indígenas que aderiram ao edital de expansão da iniciativa. Com isso, o governo federal...

  • publicado
  • 04/02/15
  • 16h48
Comentário (0) Hits: 4365

Facebook

Twitter

TV Saúde

Web Rádio Saúde

TUBERCULOSE: Ministério da Saúde lança Plano Nacional para enfrentar a doença 

Central de Arquivos

Agosto 2018
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2
Fim do conteúdo da página