Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 11 de Fevereiro de 2015, 17h17
  • Última atualização 11/02/15
  • 17h17

91% dos municípios tiveram todas as vagas preenchidas na primeira chamada do programa Mais Médicos

A demanda de 91% dos municípios que aderiram ao novo edital do Programa Mais Médicos foi integralmente atendida já com a primeira chamada de médicos com CRM Brasil. Dentre as 1.294 cidades, 1.181 conseguiram atrair profissionais para suprir 100% das vagas disponíveis no novo edital, lançado em janeiro. Outras 46 tiveram a solicitação parcialmente atendida e 67 municípios ainda não conseguiram atrair nenhum médico. Destas, 30 cidades não foram escolhidas por nenhum profissional dentre as quatro opções disponíveis. Apenas um, dos 12 Distritos Indígenas, não preencheu todas as vagas.

Confira a apresentação do ministro.

Das 4.146 opções disponíveis para os médicos, 3.936 já foram ocupadas. Ao todo, 1.227 cidades e 12 DSEIs atraíram médicos para ocupar integral ou parcialmente as vagas nas unidades básicas de saúde. Cerca de 50% (605) dos municípios escolhidos estão dentro do critério de vulnerabilidade social e econômico, como as cidades com 20% de sua população em extrema pobreza, com IDH baixo e muito baixo, localizadas no semiárido, Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Ribeira e nas periferias de capitais e regiões metropolitanas. Também foi garantida expansão para os distritos indígenas. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, avalia que os excelentes números de inscrição dos médicos e escolha de municípios demonstram a efetividade do Programa. “O Mais Médicos de fato está tendo uma resposta de credibilidade da população e dos gestores, que avaliam positivamente, além dos médicos que participam do Programa. Todos demostram uma satisfação muito grande com o Mais Médicos”, comemora.

O Sudeste foi a região mais atendida: das 1.019 opções disponíveis, 1.010 foram preenchidas. No Sul, das 520 solicitadas, 504 foram ocupadas, seguido do Centro-Oeste, com 380 ocupadas entre as 393 disponíveis, do Nordeste, com 1.708, das 1.784 possíveis e do Norte que 303 profissionais para as 395 vagas apontadas pelos municípios. As 210 vagas disponíveis serão abertas para a segunda chamada de profissionais.

Acesse a lista de municípios com vagas disponíveis na 2ª chamada.

Comentário (0) Hits: 5913
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 11 de Fevereiro de 2015, 16h21
  • Última atualização 11/02/15
  • 17h28

35143-Neste Carnaval, #PartiuTeste em Salvador

Ministro Arthur Chioro e Carlinhos Brown. Crédito: Rodrigo Nunes/ASOM/MS

Na última sexta-feira, 06 de fevereiro, o Ministério da Saúde realizou o lançamento da campanha de prevenção às DSTs e aids, no Museu du Ritmo, em Salvador, Bahia. Para levar aos jovens a mensagem de incentivo e conscientização do uso da camisinha, a ação reforçou o conceito “camisinha + teste + medicamento” de prevenção combinada, sobre a necessidade do uso da camisinha, da realização regular do teste de sorologia e, se der positivo, de iniciar do tratamento imediato.

O grupo percussivo Pracatum, projeto da Associação Pracatum Ação Social, que realiza programas educacionais, culturais e de desenvolvimento comunitário na capital baiana, sob incentivo do músico Carlinhos Brown, participou da ação com cerca de 20 músicos. Rafael Correia, de 23 anos, estudante do projeto, aprovou o conceito da campanha. “Eu achei a mensagem muito positiva, principalmente para os jovens da comunidade, que abraçaram a causa e estão espalhando para todos sobre a ação, que está precisando ser divulgada, porque é muito importante”, conta o músico.

Bárbara Trindade, 21 anos, percussionista no grupo Pracatum há três anos, espera que se fale mais sobre a campanha para que mais pessoas sejam alertadas. “Eu achei a campanha interessante, porque hoje em dia está se falando pouco entre a gente sobre um assunto que deveria se falar mais entre os jovens. Acho que com a campanha a pessoa cai pra realidade da vida, vai se proteger mais e ser mais responsável. Eu amei essa campanha e a apresentação que estamos fazendo para poder alertar as pessoas”, afirma.

Comentário (0) Hits: 4866
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 11 de Fevereiro de 2015, 12h11
  • Última atualização 11/02/15
  • 12h11

Saiba quais cuidados os pais devem ter com as crianças durante os dias de folia

Quem for levar crianças para aproveitar o Carnaval precisa ter alguns cuidados. Isso porque a exposição ao sol por um longo período pode provocar insolação e desidratação, conforme explica a coordenadora adjunta da Saúde da Criança e Aleitamento Materno, do Ministério da Saúde, Tatiana Coimbra. "Se o bloco de carnaval, por exemplo, for de dia, precisamos ter o cuidado com proteção...

Comentário (2) Hits: 7444
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 11 de Fevereiro de 2015, 12h07
  • Última atualização 11/02/15
  • 17h19

Ministro Arthur Chioro diz “mosquito não sabe ler plaquinha de quando termina uma cidade e começa outra”

Muita gente está colaborando com as ações de prevenção à dengue e chikungunya em todo o Brasil. Mas de acordo com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, todos devem tomar os cuidados necessários para evitar criadouros do mosquito transmissor das duas doenças, que se desenvolve em água parada. Segundo o ministro, a colaboração de todos eliminando recipientes ou locais onde a água limpa pode ficar parada é muito importante.

O mosquito se desloca para qualquer parte do país e pode transmitir a dengue e a chikungunya até para quem toma as medidas de prevenção. "Mosquito não sabe ler plaquinha de quando termina uma cidade e começa outra. Quando termina um estado e quando termina o outro. Então, ninguém pode colocar a responsabilidade no mosquito, a responsabilidade é nossa. Ou todos nós temos responsabilidade ou nós não vamos poder vencer a guerra contra a dengue, contra a chikungunya".

A cuidadora de crianças Maria da Conceição está alerta e toma todos os cuidados necessários para evitar a dengue e a chikungunya. Ela sempre conversa com os vizinhos para que todos não se descuidem, já que apenas um criadouro pode transmitir a doença para toda a comunidade. "Toda a vizinhança, não deixar lixo acumulado, nem água. Cuidar do seu quintal, tudo direitinho para que não chegue a esse ponto. Tem que todos colaborar para o mosquito de um não ir para a casa dos outros. Quem está fazendo o certo e se o vizinho não colaborar, quem pode ser prejudicado é até quem está se prevenindo"

Comentário (0) Hits: 4601
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 11 de Fevereiro de 2015, 12h01
  • Última atualização 11/02/15
  • 12h01

Campanha incentiva doação de sangue para pacientes ortopédicos

Fonte: Coffee LoverNa semana que antecede o carnaval, o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) promove campanha de sangue para incentivar a doação e beneficiar pacientes internados que necessitam de reserva sanguínea para cirurgias ortopédicas. A campanha organizada pelo Hemointo – posto de coleta e transfusão de sague do Into - convida a todos os voluntários a sair no “bloco da solidariedade” e fazer a doação na sede do Instituto, de segunda a quinta-feira (de 09 a 12/02).

“Nesse período que antecede o carnaval sempre ocorre uma diminuição no número de doações. Precisamos fidelizar esses doadores para que não falte sangue. Por isso, esperamos que a campanha nos ajude a aumentar a oferta para os nossos pacientes”, afirma a médica Fernanda Azevedo, responsável pelo Hemointo.

Em 2014, o Hemointo recebeu 2.148 doações, 14% a mais do que o ano anterior. O tipo sanguíneo com maior demanda por paciente no Instituto foi o “O” positivo. Já o “O” negativo continua sendo o de maior dificuldade em obter doações. Em média, 50 cirurgias ortopédicas por dia com a necessidade de, pelo menos, a reserva de uma bolsa de sangue por paciente para os procedimentos de grande porte como as artroplastias primárias de joelho e de quadril.

Comentário (0) Hits: 3609
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 11 de Fevereiro de 2015, 11h58
  • Última atualização 11/02/15
  • 11h58

Secretaria Municipal de Saúde promove blitz sobre o uso de preservativos

Com o intuito de disseminar informações sobre a importância do uso de preservativos para o controle do vírus HIV, causador da Aids, a Secretaria Municipal de Saúde vai promover, na próxima sexta-feira (13), uma blitz educativa, das 11h às 14h, no cruzamento entre as avenidas Governador Valadares e Amazonas.  Durante a blitz, serão distribuídos informativos e preservativos...

Comentário (0) Hits: 4815
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 11 de Fevereiro de 2015, 11h48
  • Última atualização 11/02/15
  • 11h48

Fiocruz Brasília abre inscrições para o IV Curso de Atualização em Introdução à Epidemiologia

A Fiocruz Brasília abriu inscrições para o IV Curso de Atualização em Introdução à Epidemiologia com 20 vagas. Aberto para profissionais com nível superior com interesse no tema, independente da formação, o curso será ministrado entre os dias 16 e 23 de abril, com carga horária total de 30 horas e as inscrições acontecem de 9 de fevereiro a 20 de março. O Curso de Atualização e...

Comentário (0) Hits: 4272
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 10 de Fevereiro de 2015, 18h38
  • Última atualização 11/02/15
  • 11h59

Ação do Ministério da Saúde nos aplicativos de relacionamento Tinder e Hornet surpreende usuários

Você já ouviu falar dos aplicativos de relacionamento “Tinder” e “Hornet”? Os dois são muito utilizados por pessoas de várias idades com objetivo de conhecer possíveis parceiros ou até mesmo dar início a um relacionamento amoroso a partir de localização geográfica e de interesse. O Tinder possui milhares de usuários no Brasil, que é um dos líderes do aplicativo. O Hornet é voltado, especificamente, para o público gay masculino e reúne milhares de usuários no país. O Ministério da Saúde, durante a campanha de Prevenção às DST e aids do Carnaval 2015, também está participando dos aplicativos como estratégia de publicidade para dar dicas aos usuários que utilizam as redes, que tem como público-alvo os jovens, heterossexuais, a população gay e HSH (homens que fazem sexo com homens). Afinal de contas, é difícil saber quem tem HIV apenas por um contato virtual.

A ação aconteceu por cinco perfis fictícios criados especialmente para a campanha, que exibem em suas descrições supostas frases de apoio ao sexo sem camisinha. Ao passar as fotos do perfil fictício, o usuário poderá ver as imagens da campanha do Ministério da Saúde com o alerta para o uso da camisinha e a importância de realizar o teste de HIV, que é rápido, seguro e sigiloso.

APP TINDER

Comentário (0) Hits: 14475
Registrado em:

Saúde vai custear 1.048 novas bolsas de residência médica em 2015

Egressos de faculdades de medicina terão mais oportunidades para se especializar. O Ministério da Saúde vai financiar 1.048 novas bolsas de residência em 47 especialidades prioritárias...

  • publicado
  • 10/02/15
  • 17h26
Comentário (0) Hits: 9491

Ministério da Saúde alerta para os riscos de beber antes de dirigir

Quem precisar ir de carro para chegar aos bailes de carnaval deve ficar longe de bebida alcóolica. De acordo com o Ministério da Saúde, muitas vítimas de trânsito atendidas nos...

  • publicado
  • 10/02/15
  • 14h18
Comentário (0) Hits: 6252

Armazenamento inadequado de água pode favorecer a reprodução do Aedes Aegypti

O Ministério da Saúde apoia a iniciativa, mas faz um alerta sobre as formas adequadas de armazenagem para evitar a reprodução do mosquito transmissor da dengue. É o que explica o...

  • publicado
  • 10/02/15
  • 14h10
Comentário (1) Hits: 6000

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página