Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 14 de Janeiro de 2015, 14h43
  • Última atualização 14/01/15
  • 14h43

Into recebe a imagem de São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro

Foto: Divulgação IntoComo parte das homenagens a São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into) recebeu a imagem do santo em cerimônia religiosa realizada no auditório, na manhã desta quarta-feira (14/01), pelo cardeal e arcebispo dom Orani João Tempesta, que também percorreu enfermarias para visitar pacientes internados.

É o terceiro ano consecutivo que o Into integra a programação da Trezena de São Sebastião, organizada pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, antes da festa do padroeiro, celebrada no dia 20 de janeiro. “É uma honra muito grande para nós receber o cardeal e arcebispo aqui no Into. A mensagem que ele traz é de esperança aos nossos pacientes. Sabemos o quanto eles sofrem devido às lesões ortopédicas, ficando limitados ao leito, declarou diretor do Instituto, João Matheus Guimarães.

Coroinha da Igreja de Santo Afonso, na Tijuca, o paciente Vinícius de Souza, 14 anos, ficou bastante emocionado com a visita do arcebispo. “É uma benção enorme. Eu não esperava por isso. Estou feliz e alegre e, ao mesmo tempo, um pouco nervoso por causa da cirurgia de quadril que farei amanhã”, contou o menino acompanhado da mãe na enfermaria pediátrica.

Comentário (0) Hits: 3712
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 13 de Janeiro de 2015, 15h02
  • Última atualização 13/01/15
  • 15h36

Sete razões para você saber mais sobre o Conselho Nacional de Saúde

Hoje o Conselho Nacional de Saúde (CNS) completa 78 anos! O órgão é vinculado ao Ministério da Saúde e tem a função de deliberar, fiscalizar, acompanhar e monitorar as políticas públicas de saúde. Composto por diversos representantes, o CNS tem Presidente eleito entre os membros do próprio Conselho e, após a promulgação da Lei Orgânica da Saúde nº 8.080/1990, passou a ter poder decisivo e deliberativo.

1- Os Conselhos de Saúde são instâncias de Controle Social de acordo com a Lei n.° 8.142, de 28 de dezembro de 1990;

2- São fundamentais para a democratização da saúde;

3- O CNS tem a responsabilidade de aprovar a cada quatro anos o Plano Nacional de Saúde;

4- É competência do Conselho aprovar o orçamento da saúde e acompanhar a sua execução orçamentária;

5- É mais uma forma de diálogo entre administração pública federal e sociedade civil;

Comentário (0) Hits: 3687
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 13 de Janeiro de 2015, 14h49
  • Última atualização 13/01/15
  • 14h49

Ministério da Saúde promove criação de novos leitos para transplante

Novos leitos para transplante de medula óssea vão estar disponíveis no SUS até 2016. Com isso, aumenta a possibilidade para a realização de mais cirurgias. A expectativa do Ministério da Saúde é triplicar o número de leitos já existentes, passando de 88 para 250. A diretora substituta de Atenção Hospitalar do Ministério da Saúde, Inez Gadelha, explica que o aumento no número de...

Comentário (0) Hits: 4053
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 13 de Janeiro de 2015, 14h37
  • Última atualização 13/01/15
  • 14h37

Conheça os mitos sobre alimentos que ajudam na produção de leite materno

Foto: Artem FurmanMuitas mulheres deixam de comer determinados alimentos durante a amamentação com medo de que possa fazer mal ao bebê, provocando cólicas por exemplo. Por outro lado, durante a amamentação, algumas mães acrescentam alimentos à dieta na esperança de que eles façam com que ela produza mais leite para o bebê.

A nutricionista da coordenação geral da saúde da criança e aleitamento materno do Ministério da Saúde, Neide Cruz, explica quais os mitos e verdades sobre alimentos que podem ajudar na produção de leite materno."Realmente existem algumas dúvidas: 'Qual é esse alimento vai fazer com que produza mais leite? Esse outro pode causar cólica?'. Mas não tem nada comprovado cientificamente e o importante é orientar a mãe que ela observe. Porque existe toda uma historia genética. Um alimento que às vezes não é alergênico para um pode ser para outro. E se ela perceber que há alguma dificuldade, alguma dor, o bebê não se se sinta bem. Que ela observe esse alimento. Mas não há nada comprovado. É mito dizer que essa ou aquela alimentação, até agora não temos nenhuma comprovação cientifica, que alguns alimentos produzam uma produção maior de leite ou não".

A dona de casa, Stephanie Almeida, por exemplo, tem um filho de 11 meses e conta que sempre tirou as dúvidas sobre amamentação com a pediatra do pequeno Pietro."Foi o que eu mais escutei: canjica e cuscuz, até cerveja o povo fala que dá leite. Às vezes eu comia, por exemplo, feijão. Aí ele ficava sem fazer a necessidade. A médica mesmo falava que podia ser por alguma coisa que eu estava comendo, no caso do meu filho, foi o feijão. Sempre quando eu ia, era todo mês, aí eu sempre perguntava as coisas e ela me falava. Com ela eu tirava todas as minhas dúvidas".

Comentário (0) Hits: 17466
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 13 de Janeiro de 2015, 14h29
  • Última atualização 13/01/15
  • 14h29

Remador inicia travessia do Atlântico para pesquisa do Into

Crédito: site RemacaêCom a missão de ajudar no financiamento da pesquisa do osteossarcoma, desenvolvida no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), o advogado carioca Caetano Altafin, 31 anos, mais conhecido como Caê, inicia nesta quarta-feira (14/01) a tão sonhada travessia do Oceano Atlântico, ao lado de outros sete remadores estrangeiros, das Ilhas Canárias (Espanha) a Barbados (Caribe), percorrendo o total 5,5 mil quilômetros.

Inspirado no famoso navegador brasileiro Amyr Klink e no seu melhor amigo Rafael Cordeiro - que morreu em 2006 com osteossarcoma -, Caê está animado com os preparativos finais para a travessia e tomou uma decisão em relação à campanha “Remacaê”, criada na internet para conseguir financiamento cronwdfundig com doações para custear a viagem e a pesquisa.

“Publiquei nas redes sociais e no site do projeto algo que, espiritualmente, já havia decidido há muito tempo. Todos os valores arrecadados pelo crowdfunding serão direcionados para o Into. Até o momento, arrecadamos pouco menos de R$30 mil. A repercussão com os colaboradores da campanha foi muito positiva”, contou Caê que continua na expectativa de conseguir outros patrocinadores para ajudar no custeio da viagem e da embarcação.

Comentário (0) Hits: 4371
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 13 de Janeiro de 2015, 14h02
  • Última atualização 13/01/15
  • 14h02

Portal da Transparência registra recorde de visitas em 2014

transparenciaO Portal da Transparência do Governo Federal , mantido pela Controladoria-Geral da União (CGU), recebeu, em 2014, 14,6 milhões de visitas, recorde anual de acessos desde a criação do Portal em 2004. Por mês, a média ficou em 1,2 milhão, maior número já registrado.

Nos últimos dez anos, o Portal tem tido crescimento expressivo no número de visitas a cada ano. De 2013 a 2014, por exemplo, esse número foi de 32%, sendo que os três estados que mais acessaram o site foram: Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. A média de tempo gasto no Portal foi de 4 minutos e 38 segundos.

O Portal tem o objetivo de aumentar a transparência da gestão pública, ao permitir que o cidadão acompanhe como o dinheiro público é utilizado e ajude a fiscalizar. Em 2014, o Portal da Transparência trouxe mudanças que contribuíram para a melhoria da navegabilidade e da transparência dos gastos públicos. Houve novidades como a disponibilização de dados sobre imóveis funcionais, bem como a integração dos dados dos convênios do Portal com o do Sistema de Convênios (Siconv).

Comentário (0) Hits: 4061
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 12 de Janeiro de 2015, 13h18
  • Última atualização 12/01/15
  • 14h19

Aprenda a substituir o sal por temperos frescos e saudáveis

Crédito: aboikisTemperos industrializados, como caldos em cubos e molhos prontos são considerados alimentos ultraprocessados. No geral, esses produtos possuem quantidades excessivas de sal, gordura e açúcares, que contribuem para o maior risco de desenvolvimento de doenças do coração, diabetes e vários tipos de câncer. 

O sal é uma das principais fontes de sódio da alimentação e seu consumo exagerado pode resultar no aumento da hipertensão arterial. No Brasil, a doença é diagnosticada em cerca de 33 milhões de brasileiros. Destes, 80% são atendidos na rede pública de saúde.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a quantidade indicada de sódio na alimentação é de, no máximo, duas gramas por dia (o que equivale a cinco gramas de sal). No Brasil, estima-se o consumo médio diário de quase 12g de sal por pessoa, mais que o dobro do recomendado pela OMS. O Ministério da Saúde incentiva o uso moderado de sal no preparo dos alimentos e firmou um contrato com a Associação Brasileira das Indústrias Alimentares (ABIA), em 2011, para reduzir o teor de sódio em alimentos processados no Brasil. A expectativa é retirar, até 2020, mais de 28 mil toneladas de sódio do mercado brasileiro.

Comentário (35) Hits: 75221
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 12 de Janeiro de 2015, 12h19
  • Última atualização 12/01/15
  • 12h19

Casos de dengue caem 66 % na Região Sudeste

Em 2014, caiu o número de casos de dengue em todo o país. Mas foi o Sudeste que registrou a maior queda de casos da doença. Para se ter uma ideia, em 2013, havia 918 mil casos registrados na Região. Esse número caiu para 310 mil em 2014. No estado do Rio de Janeiro, por exemplo, diversas ações foram desenvolvidas junto à população para contribuir com a redução da dengue no estado.

É o que conta o superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, Alexandre Chieppe. "No ano de 2014 quando comparado com o ano de 2013, nós observamos uma redução aqui no Rio de Janeiro de 96% dos casos de dengue. Nós lançamos há alguns anos atrás a campanha dos 10 minutos contra a dengue, além disso, houve um trabalho junto aos municípios para estruturação de planos de contingência da dengue, dar uma resposta imediata em caso de aumento de transmissão de dengue. A participação da população é essencial na redução de criadouros do mosquito da dengue e consequentemente na redução de casos.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, reforça que a melhor maneira de evitar os focos do mosquito da dengue é a prevenção."A maneira de prevenir é evitar que tenha na casa da pessoa qualquer tipo de água parada. Se a caixa d'água estiver destampada, ela pode virar um criadouro de mosquito, se a calha estiver entupida, quando chover a água vai ficar parada, pode virar um criadouro de mosquito, se tiver vasos de planta com prato com água, pode virar criadouro de mosquito. Então, é muito importante que a cada família avalie a sua casa".

Comentário (0) Hits: 6688
Registrado em:

Saiba como usar o açúcar na alimentação

Muitas pessoas ainda acreditam que o açúcar não deve ser introduzido na alimentação. Mas de acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira, elaborado pelo Ministério da...

  • publicado
  • 12/01/15
  • 12h16
Comentário (0) Hits: 7737

Fundação desenvolve novo teste diagnóstico para fibrose cística

Um novo teste diagnóstico para fibrose cística, doença genética que acomete 1,5 mil pessoas no Brasil, está sendo desenvolvido por uma pesquisadora do Instituto Nacional de Saúde da...

  • publicado
  • 12/01/15
  • 11h55
Comentário (0) Hits: 5361

Ensp oferece mais de 3 mil vagas em curso de ensino à distância

Diversos cursos da Educação à Distância da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) estão com oferta de vagas durante o mês de janeiro de 2015. Entre as oportunidades, a Ensp...

  • publicado
  • 12/01/15
  • 11h47
Comentário (6) Hits: 14515

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página