Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 30 de Dezembro de 2014, 12h43
  • Última atualização 30/12/14
  • 12h48

Quem não toma vacina contribui para a propagação de doenças contagiosas

O Brasil é referência internacional quando o assunto é imunização contra doenças. O Sistema Único de Saúde garante à população brasileira acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde. Ao todo são 17 vacinas contra mais de 20 tipos de doenças, algumas delas já eliminadas do país ou em fase de eliminação, como a paralisia infantil e o sarampo.

Conforme explica a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, existe o risco de reintrodução dessas doenças no país, bem como o aumento da propagação de outras, se as pessoas recusarem a vacinação. "Doenças que já foram graves, que já tiveram milhares de casos, com milhares de óbitos, hoje não são consideradas mais como problema de saúde pública no nosso país. Mas, para isso, é necessário mantermos, não só as crianças vacinadas, mas adolescentes e adultos, não só iniciando, mas também tomando as demais doses, dependendo da vacina ela pode ter uma, duas, três doses mais reforços, porque só quando você tem esse esquema completo é que você está devidamente protegido. Se a gente não tiver a nossa população devidamente vacinada, essas doenças podem voltar a acontecer", alerta.

Comentário (6) Hits: 12453
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 30 de Dezembro de 2014, 12h37
  • Última atualização 30/12/14
  • 12h38

Saiba mais sobre a importância do filtro solar

Crédito: wavebreakmediaDurante o verão, as pessoas precisam redobrar os cuidados quando forem se expor ao sol. Isso porque nesta época do ano, há maior incidência de raios ultra violeta que podem provocar câncer de pele.

Segundo a chefe do Departamento de Dermatologia do Hospital Federal de Ipanema, Rio de Janeiro, Alice Buçard, evitar a exposição ao sol e usar o protetor solar são as principais formas de proteção da pele. "O principal cuidado é evitar a exposição ao sol, tentar usar um filtro com fator de proteção solar no mínio de 30, mesmo os pacientes de pele mais morena, tentando reaplicar a cada duas a três horas. Nas crianças, a orientação cada vez maior é usar a proteção física mesmo. Com camisetinha, com chapéu o máximo de tempo possível. O filtro tem que ser um hábito como escovar os dentes. Proteção mesmo.Porque mesmo que a gente ache que está 100% protegido, na verdade a gente nunca está, porque a gente está pegando a radiação que reflete das superfícies que estão em volta". explica.

A secretária Suely Rocha, de 53 anos, tem a pele bem clara. Ela conta que não abre mão do filtro solar depois que sofreu uma queimadura grave provocada pela exposição excessiva ao sol. "Eu sou muito branca. Eu tenho que usar protetor solar, não tem como, até para evitar o envelhecimento da pele. Eu evito me expor ao sol. Não posso de maneira alguma ficar no sol, porque eu sou branca demais e já tive até queimadura de terceiro grau na minha pele por conta do sol. Então, é creme direto, o tempo todo tomando água para hidratação e proteção solar", conta.

Comentário (0) Hits: 15945
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 29 de Dezembro de 2014, 15h20
  • Última atualização 29/12/14
  • 15h20

ANS lança cartilha com orientações sobre cartões

Para dar cada vez mais poder de decisão consciente ao consumidor, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está lançando uma cartilha com informações sobre os cartões de desconto e cartões pré-pagos para serviços de saúde.

É preciso ficar atento a essas modalidades de serviço que não são planos de saúde e não possuem garantias como o Rol de Procedimentos editado pela ANS. Além disso, as operadoras de planos de saúde não podem oferecer esses tipos de produtos.

A cartilha possui linguagem de fácil entendimento com as principais dúvidas apresentadas pelos consumidores. A distribuição será feita através dos núcleos de atendimento da ANS localizados nas principais capitais do Brasil.

Comentário (0) Hits: 4085
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Sábado, 06 de Dezembro de 2014, 09h00
  • Última atualização 04/05/17
  • 16h34

Você sabe o que é Lúpus?

Créditos: STUDIO GRAND OUESTO Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença autoimune caracterizada pela produção de autoanticorpos e inflamação em diversos órgãos e dano tecidual. A causa do LES ainda é desconhecida, mas sabe-se que fatores genéticos, hormonais e ambientais podem resultar no desencadeamento da doença. As características clínicas variam de um indivíduo para outro, e a evolução costuma ser crônica, com períodos mais acentuados e outros de remissão.

De acordo com a Coordenação Geral de Média e Alta Complexidade – CGMAC/DAET/SAS, do Ministério da Saúde, para o diagnóstico de LES é fundamental a realização de anamnese, entrevista realizada por um profissional de saúde com o paciente, exame físico completo e alguns exames laboratoriais que podem auxiliar na detecção de alterações clínicas da doença.

Lísia Souza, de 62 anos, foi diagnosticada com LES em 2008, no Rio de Janeiro, após iniciar tratamento para osteoporose e artrite. Este ano mudou-se para Minas Gerais em busca de um clima ameno para diminuir as reações da doença durante os períodos e calor e sol intenso. “Quando eu acordo, minhas mãos estão endurecidas e doem muito. Estou com complicações na tiroide, no fígado e na retina. Apareceram algumas manchas na pele também. Em abril deste ano, me mudei para Minas Gerais para ajudar a evitar as crises”, conta.

Comentário (6) Hits: 46350
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Segunda, 17 de Novembro de 2014, 17h43
  • Última atualização 22/05/17
  • 14h56

Ministério da Saúde disponibiliza no SUS vacina contra coqueluche para gestantes

Fonte: Matthias G. ZieglerGrávidas e recém-nascidos ganharam um novo reforço para proteção contra coqueluche. A partir deste mês de novembro, as gestantes têm à disposição a vacina acelular contra difteria, tétano e coqueluche (dTpa) no Calendário Nacional de Vacinação pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Dessa forma, o Ministério da Saúde busca reduzir a incidência e mortalidade causada pela doença entre os recém-nascidos. A vacina dTpa está disponível nos 35 mil postos da rede pública.

Perguntas e Respostas

Veja apresentação do ministro

A recomendação do Ministério da Saúde é para aplicação da dose entre as 27ª e a 36ª semanas de gestação – período que gera maior proteção para a criança, com efetividade estimada em 91%. Entretanto, a dose também pode ser administrada até, no máximo, 20 dias antes da data provável do parto. Esta é a quarta vacina para gestantes no calendário nacional. O SUS também oferece a influenza, a dupla adulto (difteria e tétano - dT) e a vacina contra hepatite B.

O público-alvo é composto por 2,9 milhões de gestantes e 324 mil trabalhadores de saúde. Para a implantação desta vacina no calendário, em 2014, o Ministério da Saúde adquiriu quatro milhões de doses, com investimento de R$ 87,2 milhões. Cada dose tem o custo de R$ 21,81. Já foram distribuídas para todas as unidades da federação 1,2 milhões de doses, para a incorporação da vacina no SUS. Além disso, o Programa Nacional de Imunizações vai fazer o envio mensal de 300 mil doses.

Comentário (51) Hits: 306321
Registrado em:
Serviços
  • publicado
  • Publicado: Terça, 05 de Agosto de 2014, 10h15
  • Última atualização 03/08/16
  • 11h08

Oswaldo Cruz: o sanitarista que mudou o Brasil

O sanitarista Oswaldo Cruz mudou a saúde pública no Brasil nos idos de 1900. Hoje, 5 de agosto, quando é comemorado o seu nascimento, o Blog da Saúde ressalta a importância da contribuição do médico para a história da saúde no país.

Filho do médico Bento Gonçalves Cruz e de Amália Taborda de Bulhões Cruz, Oswaldo nasceu no dia 5 de agosto de 1872, em São Luís de Paraitinga, São Paulo. Ele viveu na cidade até 1877, quando sua família se transferiu para o Rio de Janeiro.

Comentário (0) Hits: 49924
Registrado em:
Assunto(s): Oswaldo Cruz
Sem formatação
  • publicado
  • Publicado: Domingo, 22 de Dezembro de 2013, 16h03
  • Última atualização 16/07/15
  • 11h15

O que é RSS?

O RSS (Really Simple Syndication) é um formato de distribuição de informações em tempo real pela internet. Por esse sistema, o internauta não precisa abrir o navegador ou fazer busca de notícias, fotos ou vídeos em diferentes sites. Todo o conteúdo desejado vai até você automaticamente por um código de RSS. Basta escolher qual conteúdo quer receber. Há duas formas de usar RSS:...

Registrado em:
Sem formatação
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 23 de Outubro de 2013, 19h52
  • Última atualização 17/07/15
  • 16h06

Acessibilidade

Este portal segue as diretrizes do e-MAG (Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico), conforme as normas do Governo Federal, em obediência ao Decreto 5.296, de 2.12.2004.

Registrado em:

Contato

Área reúne as formas de contato entre o visitante do portal e o órgão

Tags: Internet , Comunicação
  • publicado
  • 23/10/13
  • 19h36
Comentário (0) Hits: 5311

Dor no peito e cansaço podem ser sinais de miocardite

Falta de ar, cansaço, dores no peito e falta de disposição podem ser sinais de miocardite. A doença é um processo inflamatório que atinge o coração. A pessoa pode contrair a doença...

  • publicado
  • 30/04/12
  • 09h09
Comentário (25) Hits: 413192

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página