Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Geral

Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 14 de Janeiro de 2015, 17h40
  • Última atualização 14/01/15
  • 18h17

A busca de uma mãe pelo parto normal

Luana Gonçalves e Renzo. Foto: Arquivo PessoalNo dia 07 de janeiro deste ano foram publicadas novas regras de estímulo ao parto normal. O objetivo é a redução de cesarianas desnecessárias na saúde suplementar. A cesariana, quando não tem indicação médica, ocasiona riscos desnecessários à saúde da mulher e do bebê: aumenta em 120 vezes a probabilidade de problemas respiratórios para o recém-nascido e triplica o risco de morte da mãe. Cerca de 25% dos óbitos neonatais e 16% dos óbitos infantis no Brasil estão relacionados à prematuridade. A recomendação da Organização Mundial de Saúde é que taxa de cesáreas seja de até 15% dos partos. No Brasil, na saúde suplementar, esse percentual chega a 84%. Na rede pública o número é menor, cerca de 40%.

Luana Gonçalves

Apesar de ser da cidade de Niterói e fazer todo o pré-natal pelo plano de saúde, tive muita dificuldade em encontrar uma obstetra que aceitasse me atender em um parto normal.

Na primeira médica que fui ela foi bem direta e disse que não atendia parto normal, pois tinha problema de coluna. Sempre pensei que o parto fosse da mulher e que ela devia ser respeitada em sua preferência e informada sobre os benefícios do parto normal. Quando ela me revelou esse motivo, sai espantada do consultório e entendi que não seria tão fácil ter um parto normal com o mínimo de intervenção como eu desejava.

Comentário (1) Hits: 8352
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 14 de Janeiro de 2015, 16h50
  • Última atualização 15/01/15
  • 15h24

Ministério da Saúde lança novo edital do programa Mais Médicos

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, divulga nesta quinta-feira (15/1) as regras do novo edital do programa Mais Médicos. A coletiva será transmitida pela TV NBR, pelo Blog da Saúde , Web Rádio Saúde e pelo Twitter @minsaude. Data: 15/01/2015Horário: 14hLocal: Auditório Emílio Ribas - térreo do Ministério da Saúde - Bloco G, Esplanada dos Ministérios – Brasília (DF) Fonte:...

Comentário (51) Hits: 60049
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 14 de Janeiro de 2015, 15h14
  • Última atualização 14/01/15
  • 15h14

Pais e estudantes devem preparar rotina de retorno às aulas

Foto: Monkey Business ImagesUma das coisas que a maioria das crianças mais gosta de fazer durante as férias é dormir mais tarde e acordar mais tarde. O problema é que a volta às aulas já está chegando e os pais devem começar a se preocupar com o retorno dos horários normais dos filhos.

A psicanalista do Hospital da Criança Conceição de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Viviane Jacques, recomenda que os pais comecem logo a lembrar aos filhos que a rotina das aulas já está voltando. "A constituição e a formação não entram em férias nunca, é do dia a dia. Mas é claro que existe um afrouxamento das regras que são necessárias e da rotina da escola. Mas é bom sempre manter uma rotina. Uma semana antes de começarem as aulas, que a criança já está organizando o material, organizando o uniforme, organizando a mochila, que se comece pouco a pouco a entrar em um ritmo de dormir mais cedo para acordar mais cedo no dia seguinte, porque vão ter que se confrontar com essa necessidade durante o período escolar."

A pastora Vanessa Silva é mãe do Carlos Eduardo, o Cadú, de nove anos. Ela conta que já conversou com o filho sobre a volta às aulas. "Eu conversei com ele ontem e daqui uns dias ele já tem que começar a voltar a dormir mais cedo para ele não ter esse choque de realidade, porque ele estuda de manhã em período integral e ele tem que acordar cedo e ele gosta de brincar demais. Ele mesmo tem falado: 'mamãe, quantos dias mais eu tenho de férias? Eu já começo amanhã? Já é amanhã?'. Então ele também está esperançoso para a volta das aulas."

Comentário (0) Hits: 6456
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 14 de Janeiro de 2015, 15h06
  • Última atualização 14/01/15
  • 16h53

Saiba como evitar a insolação durante as férias

Foto: Suzanne TuckerCom o calor que está fazendo, até mesmo quem vai tomar um simples banho de piscina precisa se proteger dos raios do sol. Eles podem provocar insolação, que acontece quando a pessoa fica exposta a altas temperaturas. O organismo fica desidratado e a pessoa tem febre que pode passar dos 39 graus. A insolação também pode provocar náuseas, vômitos e até convulsões.

A filha de seis anos da empresária Anne Elise Oliveira passou muito mal com insolação depois de um dia de praia no Rio de Janeiro."Estava um pouco quente, mas não estava aquele céu azul. Então, eu achei que não iria queimar tanto. Passei o filtro solar nela, só que ela ficou muito na água. Eu ainda reforcei o filtro. Quando chegou à noite, ela estava muito vermelha, sentindo enjoo, ânsia de vômito e febre. Aí eu vi que era insolação. Foi um perigo eu achar que por estar meio nublado, um mormaço, não iria ter algum problema. Mas, realmente, ela ficou passando muito mal. A pessoa sente calafrio, ânsia de vômito e quente e a pele muito avermelhada".
A professora e dermatologista do Hospital Universitário de Brasília, Izelda Maria Costa, explica de que forma é possível evitar a insolação."Primeiro eu acho que é evitar a exposição prolongada ao sol. Ficar mais à sombra. Se entrar na água, que não tem como se proteger, ficar um tempo menor, não ficar mais do que meia hora exposto ao sol. Uso de filtro solares, de chapéus, de óculos escuros com fator de proteção contra radiações e ingestão de líquidos".

Comentário (0) Hits: 7907
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 14 de Janeiro de 2015, 14h53
  • Última atualização 14/01/15
  • 14h53

Conheça alguns cuidados na hora de consumir alimentos vendidos por ambulantes

Foto: SuravidNa hora de comer alguma coisa vendida em carrocinhas de ambulantes é preciso ficar atento a alguns cuidados. Comida vendida na rua pode representar risco à saúde. Durante uma viagem de férias, o estudante Pedro Vinícius Santos e a família comeram camarão vendido na praia por um ambulante e todos passaram muito mal. "Eu comi um camarão, que o ambulante passa vendendo, eu comi um camarão que me deu uma intoxicação alimentar muito forte, como eu nunca tinha sentido. Tanto que eu necessitei de atendimento médico na UPA, tomei soro, antibiótico e toda a minha família tiveram caso de intoxicação alimentar. Agora a gente tem que tomar mais cuidado com os alimentos que a gente ingere, principalmente na praia, como eles são preparados. Foi um pouquinho ruim, atrapalhou um pouco as nossas férias".

A Consultora técnica da coordenação geral de alimentação e nutrição do Ministério da Saúde, Lorena Melo, explica quais cuidados são necessários na hora de fora de casa, principalmente em barracas, trailers e carrocinhas. "Sempre alguns vários cuidados são fundamentais compra, consumo, manipulação dos alimentos. A gente sempre tem que estar atento às condições de higiene do local que a gente compra o alimento, da pessoa que prepara e que vende esses alimentos também. Então sempre procurar os lugares limpos e organizados por serem opções de alimentos de boa qualidade, num bom estado de conservação. Se forem alimentos refrigerados, sempre ter também um cuidado de ver se ele está sob refrigeração e manter o menor tempo possível esse alimento exposto a temperatura ambiente".

A Consultora técnica da coordenação geral de alimentação e nutrição do Ministério da Saúde, Lorena Melo, explica que comida preparada de maneira inadequada pode fazer muito mal à saúde e causar doenças. "Os microorganismos são os principais causadores de doenças quando presente nos alimentos. os sintomas mais comuns das doenças transmitidas por alimentos são vômito, diarreia, náuseas, dor abdominal, dor de cabeça, febre e pode ter também algum tipo de efeito mais grave em algumas situações como algum tipo de desidratação severa, insuficiência renal ou respiratória, ou diarreia com presença de sangue".

Comentário (0) Hits: 11021
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Quarta, 14 de Janeiro de 2015, 14h43
  • Última atualização 14/01/15
  • 14h43

Into recebe a imagem de São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro

Foto: Divulgação IntoComo parte das homenagens a São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into) recebeu a imagem do santo em cerimônia religiosa realizada no auditório, na manhã desta quarta-feira (14/01), pelo cardeal e arcebispo dom Orani João Tempesta, que também percorreu enfermarias para visitar pacientes internados.

É o terceiro ano consecutivo que o Into integra a programação da Trezena de São Sebastião, organizada pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, antes da festa do padroeiro, celebrada no dia 20 de janeiro. “É uma honra muito grande para nós receber o cardeal e arcebispo aqui no Into. A mensagem que ele traz é de esperança aos nossos pacientes. Sabemos o quanto eles sofrem devido às lesões ortopédicas, ficando limitados ao leito, declarou diretor do Instituto, João Matheus Guimarães.

Coroinha da Igreja de Santo Afonso, na Tijuca, o paciente Vinícius de Souza, 14 anos, ficou bastante emocionado com a visita do arcebispo. “É uma benção enorme. Eu não esperava por isso. Estou feliz e alegre e, ao mesmo tempo, um pouco nervoso por causa da cirurgia de quadril que farei amanhã”, contou o menino acompanhado da mãe na enfermaria pediátrica.

Comentário (0) Hits: 4045
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 13 de Janeiro de 2015, 15h02
  • Última atualização 13/01/15
  • 15h36

Sete razões para você saber mais sobre o Conselho Nacional de Saúde

Hoje o Conselho Nacional de Saúde (CNS) completa 78 anos! O órgão é vinculado ao Ministério da Saúde e tem a função de deliberar, fiscalizar, acompanhar e monitorar as políticas públicas de saúde. Composto por diversos representantes, o CNS tem Presidente eleito entre os membros do próprio Conselho e, após a promulgação da Lei Orgânica da Saúde nº 8.080/1990, passou a ter poder decisivo e deliberativo.

1- Os Conselhos de Saúde são instâncias de Controle Social de acordo com a Lei n.° 8.142, de 28 de dezembro de 1990;

2- São fundamentais para a democratização da saúde;

3- O CNS tem a responsabilidade de aprovar a cada quatro anos o Plano Nacional de Saúde;

4- É competência do Conselho aprovar o orçamento da saúde e acompanhar a sua execução orçamentária;

5- É mais uma forma de diálogo entre administração pública federal e sociedade civil;

Comentário (0) Hits: 4047
Registrado em:
Geral
  • publicado
  • Publicado: Terça, 13 de Janeiro de 2015, 14h49
  • Última atualização 13/01/15
  • 14h49

Ministério da Saúde promove criação de novos leitos para transplante

Novos leitos para transplante de medula óssea vão estar disponíveis no SUS até 2016. Com isso, aumenta a possibilidade para a realização de mais cirurgias. A expectativa do Ministério da Saúde é triplicar o número de leitos já existentes, passando de 88 para 250. A diretora substituta de Atenção Hospitalar do Ministério da Saúde, Inez Gadelha, explica que o aumento no número de...

Comentário (0) Hits: 4467
Registrado em:

Conheça os mitos sobre alimentos que ajudam na produção de leite materno

Muitas mulheres deixam de comer determinados alimentos durante a amamentação com medo de que possa fazer mal ao bebê, provocando cólicas por exemplo. Por outro lado, durante a...

  • publicado
  • 13/01/15
  • 14h37
Comentário (0) Hits: 23868

Remador inicia travessia do Atlântico para pesquisa do Into

Com a missão de ajudar no financiamento da pesquisa do osteossarcoma, desenvolvida no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), o advogado carioca Caetano Altafin, 31 anos,...

  • publicado
  • 13/01/15
  • 14h29
Comentário (0) Hits: 4789

Portal da Transparência registra recorde de visitas em 2014

O Portal da Transparência do Governo Federal , mantido pela Controladoria-Geral da União (CGU), recebeu, em 2014, 14,6 milhões de visitas, recorde anual de acessos desde a criação do...

  • publicado
  • 13/01/15
  • 14h02
Comentário (0) Hits: 4295

Facebook

Twitter

Fim do conteúdo da página