Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Promoção da Saúde > Retenção de líquidos pode se tornar um problema para quem quer emagrecer
Início do conteúdo da página
Promoção da Saúde
  • não publicado
  • Publicado: Sexta, 13 de Janeiro de 2012, 12h51
  • Última atualização: 04/10/13 12h46

Retenção de líquidos pode se tornar um problema para quem quer emagrecer

Foto: Corbis ImagesNa hora de emagrecer, muitas pessoas acabam tendo problemas com a retenção de líquidos. Os resultados desse inimigo oculto são: sensação de inchaço, rosto cheinho e a calça levemente apertada. Segundo o endocrinologista do Hospital da Lagoa no Rio de Janeiro, ligado ao Ministério da Saúde, Sílvio Voscaboinik, o sódio e o sal são os maiores causadores do incômodo. O especialista explica que os alimentos industrializados costumam ser repletos de sódio e, por isso, devem ser evitados.

Além disso, Sílvio Voscaboinik ressalta outros fatores que podem levar à retenção de líquidos. ”Você tem que ver se a pessoa tem alguma alteração renal, a alteração tereoidiana, o hipotireoidismo quando a tireóide também não funciona bem você pode ter,  alteração menstrual, alteração de TPM, que é muito comum. A mulher retém líquido porque a mulher tem um hormônio na segunda fase, quando ela ovula que é a progesterona, que faz ganhar peso e ganhar líquido. Então tudo isso tem que ser avaliado.”

De acordo com o endocrinologista, os membros inferiores, pernas e principalmente a panturrilha, são os mais afetados pela retenção de líquidos. Ele dá dicas de alimentos que ajudam na eliminação desses líquidos. ”Basicamente são as vegetais: brócolis, alface. Não haveria nenhum problema. O abacaxi tem um efeito diurético e também expectorante, interessante. Ele aumenta realmente a eliminação de líquidos.”

Segundo Voscaboinik, a melhor opção para quem precisa emagrecer é procurar um médico para fazer o acompanhamento correto, além de exames para saber como está a função renal e a parte endócrina.

Fonte: Amanda Mendes / Web Rádio Saúde

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página